Março 2015 archive

116 531 800

Temos uma probabilidade nesse enorme número de nos sair hoje os 64 milhões de euros.

 

euromilhoes 27 marco

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/116-531-800/

Aos “33”…

 

images[3]Não são 33, são centenas…

Nas redes sociais, tem-se dado enfase a 33 colegas do 1º ciclo que estão a defender um principio ético, através do direito à greve. Até é com orgulho que leio tal noticia. Não é característico deste grupo de professores um tal “finca pé”. Mas é um exemplo de união. Entre os professores de 1º ciclo, este tipo de luta não tem muita aceitação, mas os tempos mudam e as ideias também. O principio de que os professores são todos iguais quando toca à luta tem que se fomentar, sejam de que grupo forem, sejam contratados ou do quadro, a luta de um tem de ser de todos. Não vou estar aqui a “roubar” o papel a nenhum sindicato. Mas como professor, do 1º ciclo, é com orgulho e admiração que olho para os 33, surpreenderam-me… e, também, é com regozijo, que ouço falar das centenas de outros que, decidiram optar pelo caminho da união e defender um direito que não lhes está a ser sonegado. Tomaram em suas mãos a defesa dos direitos daqueles que, por muitos motivos (sejam eles quais forem), não se conseguiram defender.

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/aos-33/

O IAVE Reconhece o Erro Mas Chuta Para Canto

Erro na prova dos professores

 

Engano foi detetado durante a prova.

 

 

A prova de Português nível 1 realizada esta quinta-feira por 499 professores tinha um erro no enunciado. Os candidatos foram informados do problema quase no fim da prova e foi-lhes concedida mais meia hora, pelo que a prova teve 120 e não 90 minutos. Mas terá havido escolas que não tiveram tempo extra. Foi o caso do Liceu Camilo Castelo Branco, em Vila Real.

O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) confirmou ao CM o erro mas não pretende anular a prova e garante que o engano será tido em conta aquando da correcção das provas.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/o-iave-reconhece-o-erro-mas-chuta-para-canto/

Sobre a Prova de Português Nível 1

Há a dizer que a prova que o IAVE colocou no site não corresponde à que foi apresentada hoje de manhã.

Na primeira pergunta da parte 2 estava omisso o termo 1º Ciclo, tal como demonstrado já neste artigo e nos comentários deixados aqui.

Se o IAVE considera esta a prova real então deve anular a que foi feita hoje de manhã e que se demita o responsável pela incompetência na produção das provas originais.

 

portugues nivel 1

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/sobre-a-prova-de-portugues-nivel-1/

As Provas Específicas de Hoje

26 de março

 

Biologia e Geologia | Prova | Critérios de Classificação

Economia | ProvaCritérios de Classificação

Espanhol | Prova | Critérios de Classificação

Física e Química | ProvaCritérios de Classificação

Português — nível 1 | ProvaCritérios de Classificação

 

Educação Especial (GR 910) | ProvaCritérios de Classificação

Educação Especial (GR 920) | ProvaCritérios de Classificação

Geografia | Prova Critérios de Classificação

Informática | ProvaCritérios de Classificação

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/as-provas-especificas-de-hoje/

Os Treze

No projecto-piloto baptizado com o nome “Aproximar” estão envolvidos os municípios de:

Águeda (PS)

Amadora (PS)

Batalha (PSD)

Cascais (PSD/CDS-PP)

Crato (PS)

Matosinhos (Independente)

Óbidos (PSD)

Oeiras (Independente)

Oliveira de Azeméis (PSD)

Oliveira do Bairro (PSD)

Sousel (PSD)

Vila de Rei (PSD)

Vila Nova de Famalicão (PSD/CDS-PP)

 

Leonardo_da_Vinci_-_The_Last_Supper_high_res

 

Leonardo Da Vinci – A Última Ceia de Cristo,1498, no Convento de Santa Maria delle Grazie, em Milão.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/os-treze-13/

A PACC … parte MXVII …

Depois de tantas considerações já tecidas acerca desta prova absurda, que não cumpre sequer os desígnios para os quais foi criada, espero sinceramente que o próximo governo (ou o Tribunal Constitucional) lhe venha a colocar o seu merecido, e definitivo, FIM.

Pena que o MEC não tenha utilizado o tempo (e os recursos humanos) que disponibilizou em torno desta prova, para a realização de um debate/trabalho profundo acerca de questões verdadeiramente essenciais para a Educação, e com um real impacto na qualidade do ensino e da aprendizagem dos nossos alunos …

pacc_anvpc

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/a-pacc-parte-mxvii/

Sobre a Prova Específica de Português I de Hoje

Um relato na primeira pessoa à atenção do MEC e dos senhores do IAVE.

 

 

Eu não sou o tipo de pessoa que dá parte fraca, sofrida, que desiste, ou que chora. Mas hoje chorei.
 
Tenho a formação de 1º CEB e  não sei bem o que sou, quando sabem a minha formação chamam-me professora. Exigem de mim que me comporte como professora, como exemplo para os outros, mas eu não sei se sou professora. No momento, sei só como me chamo.
 
Talvez o meu desabafo não seja considerado ou relevante, mas hoje realizei a PACC específica português nível I.
 
Ao ler a prova, procedimento que recomendo a todos os alunos quando eles estão a realizar qualquer prova ou mesmo um simples exercício, fiquei boquiaberta, consternada e tive de respirar bem fundo para manter a calma e controlar a ansiedade, para poder fazer a prova. Isto porquê? No primeiro item, da parte II, pedia para recorrermos a uma obra do 2ºCEB para explicar e desenvolver a questão. Respirei e voltei a respirar. Depois de me acalmar iniciei e concluí a prova,respondendo a essa  questão da melhor maneira que  consegui. Antes do tempo previsto para a conclusão da prova fomos avisados que o tempo estipulado e registado no quadro estava errado e que os professores que estavam a realizar a prova de português nível I teriam mais 30 minutos de tolerância e que a prova dos outros docentes a realizar a prova  na mesma sala terminava à hora estipulada. Surgiu então a questão  sobre se teríamos que esperar até ao fim desses 30 minutos, para sair da sala ou se podíamos  sair durante a essa meia hora de tolerância. Depois de trocarem informações foi-nos respondido que poderíamos sair. Pouco tempo depois, já depois do toque para os 10 mn de tolerância para os docentes a realizar outras provas, vem uma docente com um aviso, neste dizia  que em relação ao item 1 da parte II os professores do 1º CEB poderiam responder de acordo com uma obra referente ao 1ªCEB.
 
Como podemos reformular, quando sentimos que todos os limites foram ultrapassados? A indignação de pensar que a prova pode nem ter sido desenhada a pensar nos docentes do 1º CEB desolou-me, a ansiedade ultrapassou todas as barreiras e chorei, sem me conseguir controlar chorei…  não sei se desestabilizei os colegas do 1º CEB que prestaram a prova comigo, mas nenhum ficou a corrigir a questão e por isso acredito estarmos todos prejudicados com esta pequena incompetência, este pequeno erro que pode se tornar grande e pesado, no resultado final que dita uma aprovação ou uma exclusão.

 

R

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/sobre-a-prova-especifica-de-portugues-i-de-hoje/

Comparação das Vagas Abertas no Concurso Externo com o Meu Estudo dos 461

Já no dia 10 de Setembro de 2014 elaborei uma lista dos docentes que estavam em condições de estar na 1ª prioridade neste primeiro concurso externo anual de ingresso na carreira.

Nesse estudo já constavam os docentes colocados na RR1 de dia 9 de Setembro e que tinham obtido sempre colocação em horário anual, completo e consecutivo pelas listas da DGAE no mesmo grupo de recrutamento.

Alertei sempre que podiam haver outros docentes a cumprir os requisitos da 1ª prioridade mas que eu nunca os conseguiria detectar.

 

Nessa altura fiz a distribuição dos docentes por grupo de recrutamento e QZP, hoje faço a comparação com os dados que lancei o ano passado com as vagas abertas neste primeiro concurso externo anual.

 

A primeira coluna de cada QZP são as vagas abertas pelo MEC (denominada V) e a segunda coluna as minhas previsões (P).

A verde encontram-se assinaladas as vagas que abriram e coincidem com as minhas previsões.

A amarelo as vagas que não trabalhei por ausência de dados.

A vermelho as vagas que previ e foram abertas em menor número pelo MEC (aconteceu em apenas 6 situações).

No QZP 5 acertei em praticamente todas as vagas a abrir com excepção do grupo 910, onde errei por duas.

Das 320 vagas de lugar de QZP e grupo de recrutamento que podia apurar (os grupos 120 e 290 não eram possíveis apurar) acertei em 200 casos.

Os locais que naturalmente mais errei foram os QZP 1 e 7 onde existem a maior parte das escolas TEIP e/ou com Autonomia e que se torna impossível determinar quem tem andado por lá colocado, por ausência de listas públicas de colocações de fácil tratamento.

O documento em pdf com melhor resolução da imagem de baixo encontra-se aqui.

Comparacao vagas externo

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/comparacao-das-vagas-abertas-no-concurso-externo-com-o-meu-estudo-dos-461/

São 13

… as câmaras que vão hoje em peregrinação a Lisboa.

 

jn

Jornal de Notícias (26-03-2015)

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/sao-13/

Sobre as Invalidações por Causa da Permuta

Chegam-me relatos de docentes que estão a ter a candidatura invalidada por terem realizado a permuta após publicação das listas da Mobilidade Interna.

Já tinha escrito sobre isso neste artigo e neste.

 

O aviso de abertura é bem claro dizendo quais os docentes impedidos de se candidatarem por terem realizado a permuta. São os docentes que ao abrigo do nº 3 do artigo 46º do Decreto-Lei 83-A/2014 a realizaram. E quem são eles? São os docentes que após publicação das listas de colocações do concurso Interno/Externo de 2013 fizeram essa permuta que é valida por 4 anos. Diz o número 3 desse artigo, A permuta autorizada entre docentes colocados nos concursos interno e externo vigora obrigatoriamente pelo período correspondente a quatro anos escolares, sem prejuízo da perda da componente letiva que ocorra no seu período de duração.

Essa permuta do concurso Interno/Externo foi pedida entre o dia 5 e 19 de Agosto de 2013 de acordo com estas orientações novas dadas na altura.

Os que realizaram permutas após publicação das listas da Mobilidade Interna não estão abrangidos pela exclusão prevista no aviso de abertura do concurso.

 

Causas de exclusão

6.4 — Candidatos a quem foi autorizada permuta e se encontrem abrangidos pelo n.º 3 do artigo 46.º do Decreto -Lei n.º 132/2012, de 27 de junho, na redação que lhe foi conferida pelo Decreto -Lei n.º 83 -A/2014, de 23 de maio.

 

E por fim o reparo à DGAE que ainda não alterou o Manual de Validação que pode estar a induzir em erro os docentes e as escolas.

 

permuta

 

Onde diz Sim (Valida) devia dizer Sim (Não Valida) e onde diz Não (Não Valida) devia dizer Não (Valida). No entanto dizem-me que na aplicação das escolas essa correcção está feita.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/sobre-as-invalidacoes-por-causa-da-permuta/

O Cúmulo do Rídiculo

Três professores vigiados por 200 em Almada

 

Sindicato diz que prova afetou a atividade do agrupamento.

 

Apenas três professores realizaram na manhã desta quarta-feira a componente específica da prova de avaliação de conhecimentos e capacidades (PACC) na Escola Emídio Navarro, em Almada, mas, segundo os sindicatos, foram convocados cerca de 200 docentes dos quadros para fazer vigilância.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/o-cumulo-do-ridiculo/

Amanhã por Cascais

Cascais assina acordo com o Governo sobre delegação de competências

 

Carlos Carreiras diz que o modelo proposto não é o melhor mas promete monitorizar o processo.

 

Carlos Carreiras admite que o tema da descentralização de competências vá motivar uma “ruptura” no congresso da ANMP Miguel Manso

 

O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras (PSD), anunciou que vai assinar nesta quinta-feira o acordo de delegação de competências na Educação, Saúde, Segurança Social e Cultura, integrando o grupo de projectos-piloto proposto pelo Governo.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/amanha-por-cascais/

Enunciados e Critérios de Classificação da PACC de Hoje

25 de março

 

Artes Visuais — nível 1 | Prova | Critérios de classificação

Música | Prova | Critérios de classificação

Português — nível 2 | Prova | Critérios de classificação

 

Alemão | Prova | Critérios de classificação

Eletrotecnia | Prova | Critérios de classificação

Filosofia | Prova | Critérios de classificação

Francês | Prova | Critérios de classificação

História | Prova | Critérios de classificação

Matemática — nível 1 | Prova | Critérios de classificação

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/03/enunciados-e-criterios-de-classificacao-da-pacc-de-hoje/

Load more

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: