adplus-dvertising

Escolas com Mais Distância Dentro de Cada QZP (dos 63 QZP)

O Ministro da Educação referiu que o alargamento dos QZP seria para que não houvesse distâncias superiores a 50 Km entre escolas.

Vou analisar para já o QZP1 do Porto (ainda sem número e sem nome)

As extremidades deste QZP são: Póvoa de Varzim (a norte), V.N. Gaia (a sul) e Paredes (a Este)

A escola mais a Norte da Póvoa de Varzim é o Agrupamento de Escolas Aver-o-Mar que tem 12 escolas a mais de 50 km, sendo que 4 delas estão a mais de 60 Km.

 

 

Quem tiver interesse em verificar distâncias entre escolas noutros QZP pode usar o meu calculador de distâncias e o mapa dos 63 QZP daqui e deixar identificadas distâncias superiores a 50 KM.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2023/01/escolas-com-mais-distancia-dentro-de-cada-qzp-dos-63-qzp/

9 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Luís on 24 de Janeiro de 2023 at 12:54
    • Responder

    Os artistas calculam em linha recta, como na MPD.

    • Pedro N on 24 de Janeiro de 2023 at 13:41
    • Responder

    O Ministro disse que as distâncias eram inferiores a 50 km em 95% dos novos QZPs e não em 100%… Foste logo escolher um em que isso não acontece! :p

    Já agora, o QZP7 ficou igualzinho, sem nenhuma sub-divisão… E entre Vila Franca e Setúbal/Palmela a distância pode ser superior a 70 Km. Já agora, é curioso o Ministro ter dito que era 95% dos QZPs que ficavam com menos de 50Km mas não disse que isso representava 95% dos docentes QZP. É que se virmos os docentes QZP da MI de 2021/22 aos que se juntam os que entraram o ano passado pela NT, em alguns grupos de recrutamento o QZP7 tem uma “quota” de perto de 50% de todos os docentes QZP!

      • Pedro N on 24 de Janeiro de 2023 at 14:19
      • Responder

      Afinal o QZP7 passou a 2 “mini-qzps”… nem tinha reparado.

    • Prof em luta! on 24 de Janeiro de 2023 at 14:16
    • Responder

    O que interessa saber é como será feita a transição dos atuais 10 QZP´s para os 63. E o critério apontado pelo ME na sua proposta de concorrer aos subqzp´s não é justo. O que me parece é que as pessoas que estão atualmente vinculadas a um QZP deveriam ficar vinculadas no novo QZP correspondente ao da atual escola de colocação, ou então poderia concorrer aos QZp´s que distam 50km da sua casa.

    De que importa QZP´s de 50 km se a pessoa ficar num a 100, 200, 300 km de casa?

    O lema nãoé aproximar, vincular e fixar? Ora não se fixam pessoas aos 50 anos, pois elas já têm casa há muito. Desde 2013 que o pessoal do quadro não pode concorrer às vagas de qzp´s abertas pelos extras, externos e norma travão e desde 2021 que os contratados foram obrigados a concorrer a todos os qzp´s. Se analisarmos a mobilidade interna de 21 e de 22 verificamos que os vinculados estão em escolas da sua preferência. Então se as escolas de coloção servem para abrir vagas de QZp´s para os contratadsos, parece-me justo que a escola de colocação dos QZp´s também sirva para o reafetar a essa zona. Não acham?

    Então não vão vincular 10 500 contratados. Ora vagas não faltasm para os atuais vinculados, certo?

    • JÁ CHEIRA MAL! on 24 de Janeiro de 2023 at 14:23
    • Responder

    Uma coisa é certa: Não podemos admitir o conselho local de diretores. Até porque eu acho que esse conselho iria implodir rapidamente. Há em todo o lado e até dentro das próprias cidades escolas rivais, cujos diretores não se entendem. Quem preside ao conselho??? Ia ser uma autêntica luta de galos. A não ser que o ministro proponha que no mesmo QZP, à semelhança do governo, o cargo de diretor seja ocupado por elementos da mesma família, cor partidária, sócios de qualquer coisa, etc. etc etc. como assistimos a noticias escandalosas todos os dias Que vergonha!

    • QueroMudança on 24 de Janeiro de 2023 at 16:39
    • Responder

    Onde está o €€€ para o uber ou manutenção da nossa viatura?
    Onde está o TEMPO de compensação desperdiçado nas deslocações?
    Esta ideia é uma caixa de pandora. Parece ser a optimização de recursos à custa da vida e do €€ do trabalhador.
    Alguém que explique ao ministro que quer Fixar, Aproximar e mais não sei o quê que este modelo de qzps e de Conselhos de Diretores transforma todos os professores, de QZPs a QA/QE em CONTRATADOS a vida inteira.

      • prof on 24 de Janeiro de 2023 at 16:51
      • Responder

      Além dos €€€€. Serão reuniões de toda a espécie em 2 escolas, critérios e manuais diferentes, tudo a dobrar e obedecer a 2 diretores em simultâneo. A DGAE que faça o trabalho dela ao invés de impurrar para os diretores.

      Queremos vagas de QA/QE onde está a lista????? A tal equipa ainda não as apurou. AH entºão é porque devem ser muitas!

    • maria1 on 24 de Janeiro de 2023 at 19:27
    • Responder

    De facto 63 QZP´s pode ser um problema extra. O QZP 7 tem imensos professores que têm ficado colocados noutros QZP na MI. Se todos tiverem que concorrer à subdivisão do QZP7, “o lençol vai ficar curto” noutros QZP. Por outro lado, esta nova regra fará com que muitos docentes que não vão conseguir vaga em QA, fiquem muito mais longe de casa, ao contrário do que quer fazer crer o ME. Também não é justo que, perante novas regras, todos os docentes não possam manifestar as suas preferências em vagas que estão a abrir.

    • Pedro on 25 de Janeiro de 2023 at 9:58
    • Responder

    Porque é que os QZP’s do Porto e Lisboa têm ambas as margens dos rios?? isso também dificulta nas deslocações… Bastava fazer qzp a norte do rio e outro qzp a sul do rio, tanto no Porto como em Lisboa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: