Confinamento Geral confirmado pelo governo

Bastante nervosa, a Sr.ª ministra…

Depois de terminadas todas as audições em São Bento, a ministra da Presidência confirmou que o país vai avançar para um novo confinamento, mas adiou o anúncio dos detalhes para depois do Conselho de Ministros.

O confinamento será semelhante aquele que foi vivido no início da pandemia de covid-19 e poderá implicar o encerramento da restauração e do comércio não-alimentar.

Clica na imagem

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2021/01/confinamento-geral-confirmado-pelo-governo/

9 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Roberto Paulo on 9 de Janeiro de 2021 at 15:53
    • Responder

    Canalhas! Todos: o governo, a oposição que apoia, incluindo o PSD, e os populares irresponsáveis que viveram o Natal e a Passagem de Ano como se não houvesse amanhã.

    Esta medida vai afundar este país economicamente. Celebrem, canalhas!

    • SempreAlerta on 9 de Janeiro de 2021 at 16:03
    • Responder

    Noticia de 7 Setembro 2020 – Extraída de http://www.rtp.pt
    “António Costa: novo confinamento não seria sustentável”
    “O Governo lançou alertas para a pandemia. António Costa avisou que Portugal está a entrar “numa fase crítica”. Mas não vai haver um novo confinamento geral, pois o primeiro-ministro considera que um novo encerramento do país não é sustentável.”
    … mais palavras para quê?
    … estamos à deriva (e lamentavelmente nas mãos de AC e MRS) … é só o que se pode dizer …

    • Rosinha on 9 de Janeiro de 2021 at 16:32
    • Responder

    Isto é um nojo. O Costa e o “cientista” são uma “m***a.

    • Monike on 9 de Janeiro de 2021 at 17:10
    • Responder

    Bem… Se já está confirmado novo confinamento geral, só espero que os próximos a serem vacinados sejam aqueles que trabalham e estudam nos locais que não fecham (farmácias, hipermercados, escolas, transportadores, empresas de limpeza, etc). Se assim não for não entendo… sinceramente não vou entender.

      • Home sweet home on 9 de Janeiro de 2021 at 19:39
      • Responder

      Colegas, querem ficar em casa e continuar a receber o mesmo guito?
      Não percebem que há quem tenha progredido de escalão no ano anterior e continua a receber como se não tivesse progredido?
      Quem estiver com medo/preguiça que entregue 1 declaração de grupo de risco.

        • Roberto Paulo on 9 de Janeiro de 2021 at 20:45
        • Responder

        Olha, um xuxalista defensor do costa.

        Vocês, professores, nunca foram uma classe e nunca serão, porque têm no vosso seio muitos lambe-botas e sem coluna como este canalha.

    • farto de emplastros do governo on 9 de Janeiro de 2021 at 20:19
    • Responder

    Este Governo é assassino. Já levaram a que pelo menos 2 colegas morressem, em pleno exercício da sua profissão, por não implementar medidas adequadas de segurança, para uma pandemia.

    • Paulo Anjo Anjo Santos on 10 de Janeiro de 2021 at 0:52
    • Responder

    O nervosismo da Ministra é vincado, não tem arcaboiço para o cargo, está lá apenas porque é filha do «outro»… é pena que o nosso país ainda permita isto! Quanto ao manter as escolas abertas não me parece mal, confiando que estão a tomar as medidas com base em evidências científicas… na minha escola, em todos os casos de alunos com covid, os colegas fizeram teste e todos deram negativo. Parece-me que haverá alguma segurança de que nas escolas o contágio que houver será bastante reduzido ou mesmo nulo.

    • JoaoNogueira on 10 de Janeiro de 2021 at 18:02
    • Responder

    Enquanto professor com um horário exclusivamente composto por disciplinas da componente técnica de cursos profissionais, sou terminantemente contra a passagem generalizada para um regime no presencial… Porquê? Porque me recuso ao ensino “faz de conta” e não é com pseudo trabalhos de pesquisa e com PowerPoints plagiados que formamos jovens para posições de técnicos intermédios que o nosso país tanto precisa!

    Agora, obviamente que há 2 realidades incontornáveis: 1o) disciplinas de índole mais teórico entre o 7′ e o 12’anos de escolaridade podem passar para um regime misto (1 presença semanal na escola para aferir a realização das atividades online da semana anterior e o lançamento das atividades da semana seguinte, bem como a realização de testes de avaliação, as restantes aulas em videoconferência!) 2o) TODOS os professores e funcionários devem ser vacinados nesta primeira fase, permitindo assim um mais tranquilo funcionamento das atividades lectivas presenciais.

    Infelizmente constato que a maioria dos defensores do confinamento escolar o fazem não por convicção, mas por vontade de ir para casa fazer pouco ou nada e continuar a receber integralmente o seu salário sem contemplações… Somos infelizmente uma classe auto-centrada e individualista em que a maioria dos docentes pouco ou nada se preocupa com aquilo que deveria ser mais importante, a aprendizagem e o desenvolvimento dos alunos!

    Perdoem-me o desabafo, Mantenham-se saudáveis… Mas não fujam às vossas responsabilidades!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: