Aulas à distância estão de regresso

Mangualde: regressam as aulas à distância

Aulas não presenciais regressam a Mangualde esta segunda-feira, dia 4 de janeiro, na abertura do segundo período letivo. A medida foi aplicada pela Direção-geral da Saúde (DGS) devido ao agravamento da situação pandémica no concelho, que o coloca em risco extremo de contágio.

Os ensinos do pré-escolar, 1.º Ciclo e 2.º Ciclo continuam com aulas normais, mas os alunos que frequenta o 3.º Ciclo e o ensino Secundário passam a ter aulas online até à próxima sexta feira, dia 9 de janeiro.

O diretor do Agrupamento de Escolas, Agnelo Figueiredo, contou ao Jornal do Centro que, perante a situação “crítica” sugeriu as alterações à DGS, que por sua vez entendeu que seria a melhor opção. O responsável acrescenta que a próxima semana é importante manter os alunos em casa depois de dois momentos (Natal e Ano Novo) em que houve maior movimentação e ainda pelo facto de “o vírus estar a circular na comunidade”. “Desta maneira iremos diminuir a possibilidade de haver contágios dentro da escola. Foi uma decisão muito boa da senhora delegada geral da saúde, que eu saúdo e que pode ser muito boa para Mangualde”, explica Agnelo Figueiredo.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2021/01/aulas-a-distancia-estao-de-regresso/

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • José on 1 de Janeiro de 2021 at 19:46
    • Responder

    Dualidade de critérios. E os outros concelhos que estão na mesma situação?

    • Lucas on 1 de Janeiro de 2021 at 20:54
    • Responder

    ?????????

    Mas isto está a acontecer em centenas de concelhos!!!!!

    Estamos no mesmo país?

    • ... on 1 de Janeiro de 2021 at 21:48
    • Responder

    Parabéns à DGS, mas deveria ser para todas as escolas do país, nos concelhos de risco elevado.

    • Mónica on 2 de Janeiro de 2021 at 12:49
    • Responder

    Mas Mangualde está assim com tantos casos por 100 mil habitantes? Está em risco muito elevado é isso? O senhor diretor propõe e a DGS aceita? Confesso que não estou a perceber…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: