9.000 casos positivos durante o 1.° período

No primeiro trimestre de aulas, foram detetados nove mil casos positivos na comunidade escolar e 800 turmas tiveram que ficar em confinamento. O Governo faz um balanço “muito positivo” dos primeiros três meses de escola (que findou a 18 de dezembro), num relatório do Ministério da Administração Interna (MAI) sobre o estado de emergência.

No documento, que vai ser discutido esta quarta-feira em plenário parlamentar, revela-se que, segundo o Ministério da Educação, no final do primeiro período de aulas, registavam-se “mais de nove mil casos positivos na comunidade escolar”. Mas não se especifica quantos.

Segundo ainda o reporte do ministério de Tiago Brandão Rodrigues, esses casos levaram a que, desde o início do ano letivo, 800 turmas tenham tido “atividade letiva não presencial”. Um número que não coincide com o que tem vindo a ser revelado pela Fenprof, cuja listagem de escolas com casos de covid atingiram 1048 estabelecimentos de ensino, no final do primeiro trimestre. Na altura, aquela central sindical, liderada por Mário Nogueira, acusou o Ministério da Educação de lançar números com “credibilidade muito duvidosa”.

Ainda assim, e apesar dos nove mil casos assumidos, o Governo, no relatório do MAI, faz um balanço “muito positivo” dos primeiros três meses de aulas, “tendo as atividades letivas e não letivas presenciais decorrido dentro da normalidade”.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2021/01/9-000-casos-positivos-durante-o-1-periodo/

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Falar verdade on 6 de Janeiro de 2021 at 17:49
    • Responder

    9000 os sintomáticos, porque houve e há muitos assintomáticos que não foram contabilizados , porque a decisão era de não fazer testes!!!!!!!!!

    • PROFET on 6 de Janeiro de 2021 at 19:03
    • Responder

    9.000 casos nas escolas?
    Isto é a mentira do século. Mas já nada me admira neste governo de mentirosos.

    No boletim da DGS, cheguei a constatar só num dia 900 casos, isto apenas em indivíduos dos 10 aos 19 anos… estava tudo em abandono escolar!

    Garanto-vos que não foram 9.000… no mínimo, foram 90.000. Acreditem no que quiserem. Eu já não me considero português, tenho vergonha de o ser… a minha nacionalidade passou a ser outra.

      • PROFET on 6 de Janeiro de 2021 at 21:36
      • Responder

      Só no dia de hoje: cerca de 1500 novos casos positivos em indivíduos dos 0 aos 19 anos… Está tudo em abandono escolar, está tudo normal, as escolas são seguras. Podem continuar a ir à escola, não há problema. Os hospitais podem entrar em rotura e os profissionais de saúde em exaustão, não há problema. Podem continuar a morrer uma centena por dia, não há problema. Podem continuar a votar nestes mentirosos, negligentes e criminosos do governo, não há problema. E, já agora, a comunicação social (comprada) pode continuar a fazer manchetes com as desgraças dos outros países e dizer que por cá se tem feito uma boa gestão da pandemia, não há problema.

      Mais de 10.000 novos casos num só dia em Portugal… ora vejamos: os EUA, ainda de trump, teriam que registar 320.000 novos casos num só dia para serem tão maus como Portugal, o que nunca aconteceu, nem estiveram sequer próximos.

    • PROFET on 6 de Janeiro de 2021 at 21:40
    • Responder

    Que fique registado:
    Só no dia de hoje: cerca de 1500 novos casos positivos em indivíduos dos 0 aos 19 anos… Está tudo em abandono escolar, está tudo normal, as escolas são seguras. Podem continuar a ir à escola, não há problema. Os hospitais podem entrar em rotura e os profissionais de saúde em exaustão, não há problema. Podem continuar a morrer uma centena por dia, não há problema. Podem continuar a votar nestes mentirosos, negligentes e criminosos do governo, não há problema. E, já agora, a comunicação social (comprada) pode continuar a fazer manchetes com as desgraças dos outros países e dizer que por cá se tem feito uma boa gestão da pandemia, não há problema.

    Mais de 10.000 novos casos num só dia em Portugal… ora vejamos: os EUA, ainda de trump, teriam que registar 320.000 novos casos num só dia para serem tão maus como Portugal, o que nunca aconteceu, nem estiveram sequer próximos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: