adplus-dvertising

Inscrições para os Autocarros de Dia 28 Janeiro

LINKS para as INSCRIÇÕES nos AUTOCARROS para a MARCHA NACIONAL pela Escola Pública a 28 de janeiro (inscrições ATÉ esta quarta-feira às 20h)
Barcelos / Braga / Famalicão https://forms.gle/hszJHfsndASHADut7
Chaves: Contactar Marisa Pires (934941044).
Fermentelos/Anadia/Mealhada/Condeixa:
Guarda/Covilhã/Fundão/Castelo Branco
Matosinhos Partiremos junto à escola sede ( Padrão da Légua), Matosinhos
Contactar: Carla Gomes (934258266).
Oliveira do Hospital:
Oliveira de Azeméis /Ovar
Santa Maria da Feira:
Silves:
stopaesilves@gmail.com
Vila Nova de Famalicão:
Os autocarros deverão organizar-se para chegar às 13h na sede principal do ME (Avenida Infante Santo/Avenida 24 de julho) e sair pelas 18h30 na zona do Palácio de Belém.
A partilhar com mais Profissionais da Educação (docentes e não docentes).
DUAS NOTAS IMPORTANTES:
1.Possivelmente colocaremos mais links brevemente;
2. Enviem-nos as vossas dúvidas/questões sobre a greve APENAS para o email: S.TO.P.SINDICATOGREVE@GMAIL.COM

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2023/01/inscricoes-para-os-autocarros-de-dia-28-janeiro/

2 comentários

    • Jurídico on 24 de Janeiro de 2023 at 10:43
    • Responder

    Embora concorde que deve dar-se visibilidade aos nossos protestos, acho que se deve dar uma palavra também aos respetivos serviços jurídicos dos sindicatos para combater esta nova ilegalidade do ministro.
    Na educação, a obrigação de serviços mínimos está fixada por lei, apenas para o caso de avaliações nacionais, como os exames, isto desde a greve aos exames de 2013, e tudo porque os sindicatos do sistema (Fenprof e FNE) em vez de atuarem de imediato quando o governo avançou com este golpe, limitaram-se a protestos de circunstância e marchinhas com meia dúzia de professores, não se apercebendo (ou não querendo que nós nos apercebesse-mos…) que acabávamos de perder a principal arma de pressão. De certeza que o Costa vai falar em “necessidades sociais impreteríveis”: contamos com os departamentos jurídicos para desmontar esta cabala.


  1. Podem arranjar as formas de luta que quiserem. Ter os pais, os alunos… a comunidade educativa do nosso lado. Enquanto o PS for governo, com maioria absoluta… não há volta a dar. A oportunidade perdida deve-se a um só partido PSD, quando António Costa fez uma comunicação ao país que caso fosse votada a recuperação do tempo de serviço dos professores se demitia. Rui Rio com a imposição da disciplina de voto fez com os deputados do PSD se abstivessem. Se querem a minha opinião: O PS vai decidir de acordo com a sua vontade e birra socrática, ou seja, em modo Milú.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: