Novas Formas de Comunicação com os EE

Eu sei que muitas escolas estão a passar estes dias a pedir aos diretores de turma para ligarem aos Encarregados de Educação para questionar tudo e mais alguma coisa.

A aproximação das escolas com as famílias pode fazer-se de muitas outras formas que não implique a envolvência de tanta gente e com muita demora em obter uma informação que neste momento precisa de ser rápida e precisa.

Tal como aqui no blog, uso na escola algumas ferramentas que permitem obter essas respostas de forma rápida e precisa. E as redes sociais são também um bom meio de fazer chegar rapidamente a comunicação.

Em pouco mais de 5 horas obtive num simples inquérito os dados que preciso para pensar no 3.º período e mais de 1/3 dos Encarregados de Educação deram as respostas que necessitava (atualmente vai em 404 respostas e cresce muito rapidamente a cada hora que passa).

No entanto, como 2/3 ainda não responderam presumo que a qualidade das respostas não sejam idênticas às que tenho até agora, porque provavelmente serão os mais distantes das ferramentas digitais e por conseguinte farão baixar os bons níveis de resposta obtidos até agora.

O que se verifica é que a Internet está mais presente em casa do que os computadores de mesa ou os telemóveis.

Se 20% dos alunos não têm PC dificilmente se conseguirá pedir a todos os alunos trabalhos que impliquem a necessidade de um computador.

As respostas à questão sobre o telemóvel são normais tendo em conta que este inquérito é também para alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo.

Mais um ou dois dias e optarei pela forma de ensino não presencial para o 3.º período em função dos resultados finais que conseguir obter.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/03/novas-formas-de-comunicacao-com-os-ee/

2 comentários

    • Fernando Figueiras on 18 de Março de 2020 at 0:45
    • Responder

    Olá!
    Qual foi a ferramenta utilizada para fazer o inquérito?
    Obrigado pela atenção.

    • Carlos on 18 de Março de 2020 at 12:40
    • Responder

    Pois boa pergunta, pois os que não têm internet como responderam ao inquérito? Estranho…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: