Canceladas as Reuniões da DGAE no Norte

Parece apenas o começo de muitos cancelamentos que irão surgir em breve.

Já se começou nas viagens Erasmus, em breve serão as visitas de estudo e não me admira que alguns planos de contingência aprovem reuniões de avaliação de final de período por videoconferência.

 

 

Cancelamento das Sessões de Esclarecimento DGAE – Progressão na Carreira – 5 e 6 de março 2020 – Porto

Exmºs Senhores Diretores de AE e ENA e Presidentes de CAP

No âmbito das determinações da MODERNIZAÇÃO DO ESTADO E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, TRABALHO, SOLIDARIEDADE E SEGURANÇA SOCIAL E SAÚDE, Despacho n.º 2836-A/2020, de 2 de março, concretamente no que se refere ao plano de contingência alinhado com as orientações emanadas pela Direção-Geral da Saúde, no âmbito da prevenção e controlo de infeção por novo Coronavírus (COVID-19), ficam canceladas as Sessões de Esclarecimento Progressão na Carreira, agendadas para o Porto (5 e 6 de março).

(…) 4 — Ainda no âmbito do plano de contingência previsto nos números anteriores, devem ser

equacionadas, nomeadamente, a eventual ocorrência das seguintes situações:

  1. a) Redução ou suspensão do período de atendimento, consoante o caso;
  2. b) Suspensão de eventos ou iniciativas públicas, realizados quer em locais fechados quer em locais abertos ao público;
  3. c) Suspensão de atividades de formação presencial, dando preferência a formações à distância;
  4. d) Suspensão da aplicação de métodos de seleção que impliquem a presença dos candidatos, no âmbito de procedimentos concursais;
  5. e) Suspensão do funcionamento de bares, cantinas, refeitórios e utilização de outros espaços

comuns.

Certos da melhor compreensão,

Com os melhores cumprimentos,

A Diretora-Geral da Administração Escolar

Susana Castanheira Lopes

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/03/canceladas-as-reunioes-da-dgae-no-norte/

11 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Maria on 3 de Março de 2020 at 18:27
    • Responder

    Mas, enquanto isto acontece, há alunos e professores que estiveram em Itália nas férias do Carnaval e que regressaram, na boa, às suas escolas…..

    • Maria on 3 de Março de 2020 at 18:30
    • Responder

    E há quem esteja a fazer planos para viajar para o Reino Unido e Itália nas próximas férias da Páscoa….
    E o Ronaldo não veio também de Turim para a Madeira?

    • Lelo on 3 de Março de 2020 at 18:34
    • Responder

    O Governo ordenou, por despacho, que os empregadores públicos elaborem planos de contingência para o novo coronavírus. Ordem surge depois de sindicatos da administração pública terem denunciado ao JE a inexistência de instruções para lidar com o Covid-19, reclamando medidas de prevenção e controlo do novo coronavírus ao nível dos funcionários públicos. E terá de ser executada no prazo de cinco dias úteis, contados desde a publicação nesta segunda-feira, 2 de março, do despacho conjunto dos ministérios da Administração Pública, do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social e da Saúde.

    • maria on 3 de Março de 2020 at 19:13
    • Responder

    Sem querer brincar com coisas sérias , ouso dizer que os cancelamentos que se avizinham poderão trazer algo de muito positivo : como ninguém dará pela falta de muita tralha cancelada, fica a prova provada de que, afinal, há um rol de “actividades” , reuniões e afins perfeitamente dispensáveis . Coisa que, aliás, se presumia . Mas agora com maior consciência do tempo e do esforço poupado.

    • Manuel Ferreira on 3 de Março de 2020 at 19:13
    • Responder

    O Arlindo devia colocar de quarentena ad eternum um tal de Pardal, especialista em dar coices nos professores.

    • Pardal on 3 de Março de 2020 at 19:38
    • Responder


    Até que enfim que impera o Bom Senso.

    A “prudência” palavra que muitas TONTINHAS e TONTINHOS (também chamados de setôras e setôres) desconhecem parece estar a fazer o seu caminho fruto das diretivas superiores. É TRISTE que tenha que ser assim. É TRISTE que tenha que ser pela força. É TRISTE que as escolas (digo professores, nos quais incluo aqueles que as dirigem) não saibam tomar medidas de Bom Senso.

    Li aqui que há professores que vão viajar para Espanha e para o Norte de Itália…..eu pergunto: – e que tal fazerem também uma visita de estudo aos internados com COVID-19 que se encontram no Hospital de São João?????

    As tomtinhas querem é visitas de estudo, formações de treta e reuniões. Muito triste.

      • Manuel Ferreira on 3 de Março de 2020 at 19:42
      • Responder

      Afinal a besta do Pardal continua a defecar aqui!

    1. És mesmo tontonho , pardalito, então isto é um plano????!!!!
      O plano então é: não pode estar uma dezena de pessoas juntas, mas podem estar mil!!!!!
      Parabéns, és um génio!!!!
      Aliás, somos governados por génios!!!

    • Contingência on 3 de Março de 2020 at 23:14
    • Responder

    Como é que é, Sr/ Sres Pardais deste retângulo? Não se discorre nada qto a grande concentração de massa humana, só por exemplo nas fábricas, nos centros comerciais, nos restaurantes… há lá muitos professores : os que ganham mal fazem horas extras nas fábricas e nas caixas dos supermercados para depois frequentarem os restaurantes deste país. Sr, Sres Pardais – vamos lá e sem demoras. Divulguem vosso plano de contingência. P. S. Não vale a sugestão do extermínio… Sob pena de ser liminarmente excluído.

    • Contingência on 3 de Março de 2020 at 23:19
    • Responder

    Como é que é, Sr/ Sres Pardais deste retângulo? Não se discorre nada qto a grande concentração de massa humana, só por exemplo nas fábricas, nos centros comerciais, nos restaurantes… há lá muitos professores : os que ganham malfazem horas extras nas fábricas e nas caixas dos supermercados para depois frequentarem os restaurantes deste país. Sr, Sres Pardais – vamos lá e sem demoras. Divulguem vosso plano de contingência. P. S. Não vale a sugestão do extermínio… Sob pena de ser liminarmente excluído.

    • Antero on 4 de Março de 2020 at 11:47
    • Responder

    O Sr. Pardal nunca andou na escola pública portuguesa???!!!… Ah já sei estava na Austrália, nessa altura, no interior e não tinha profs… Eram aulas à distância, pela rádio… E depois, não sabe, já não se lembra… dos profs que teve ou não teve, eis a questão!?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: