“Com escassez de professores não é possível recuperar aprendizagens”

 

Ainda não vi efeitos práticos do PRA nas escolas. Crédito horário para mais recursos humanos, nada.

Pais, diretores e sindicato afirmam que o Plano de Recuperação de Aprendizagens está em causa por falta de recursos humanos. E também apontam necessidade de “rever programas”.

O ano letivo 2021-2022 é o primeiro de três anos da implementação do Plano de Recuperação de Aprendizagens “21-23 Escola+”, aprovado pelo Governo em junho. Representa um investimento superior a 900 milhões de euros na escola pública para reforço dos recursos humanos nas escolas, formação e capacitação do pessoal docente e não docente, incremento dos recursos digitais e apetrechamento das escolas em equipamentos e infraestruturas. Contudo, um mês e meio após o arranque do ano letivo, pais e diretores receiam que o cumprimento do plano possa estar em causa, apontando como principal fator a escassez de professores.

“Com escassez de professores não é possível recuperar aprendizagens”

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/11/com-escassez-de-professores-nao-e-possivel-recuperar-aprendizagens/

16 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Pedro Fernandes on 1 de Novembro de 2021 at 12:47
    • Responder

    Car@s Coleg@s,
    Li a notícia (DN) com a devida atenção.
    Problemas vários, quase tudo conhecido é identificado!
    No entanto, e na equação “Indisciplina vs Sucesso Escolar”, neste artigo e em muitos outros, nunca são referidos os blocos de 90 minutos!
    Pesados, longos…
    Para alunos, e principalmente, para os alunos!
    A Escola de hoje não se coaduna com “massacres” de 90 minutos!
    Depois, obviamente, falam de indisciplina e pouco aproveitamento escolar!
    Claro!
    Como querem que os alunos estejam “sentadinhos” e concentrados durante tanto tempo???
    Enfim…

      • Opções on 1 de Novembro de 2021 at 13:37
      • Responder

      Os blocos de 90 minutos são uma opção de cada escola. Nada na legislação obriga que a existam.
      É na sua escola que deve apresentar esse texto/reclamação.

        • Pedro Fernandes on 1 de Novembro de 2021 at 16:48
        • Responder

        Mesmo?
        Não sabia…
        Não sejamos ingénuos!

        • Ricardo on 1 de Novembro de 2021 at 20:32
        • Responder

        São uma opção do diretor. Desde quando a escola é uma democracia????
        Têm opinião os lambe-botas…e é a opinião do diretor!!!!
        Nota: o diretor não dá aulas… mas até as classificações pode mudar!🤣🤣🤣

    • Sardão pró Karamba on 1 de Novembro de 2021 at 15:07
    • Responder

    O Karamba deve estar a chegar pois esta matéria fala da falta de professores.
    Mas temos de esperar um pouco ainda, dado que o patife está na sardoaria e ainda não acabou.
    Depois do Sardão entalado, fica contente e já vem daqui a pouco com as suas habituais postas de pescada.

    • Pedro Fernandes on 1 de Novembro de 2021 at 16:18
    • Responder

    * Para professores, e principalmente, para os alunos!

    • ella on 1 de Novembro de 2021 at 17:58
    • Responder

    Onde está a oposição ao governo para esfregar isto na cara?

      • Bruno on 1 de Novembro de 2021 at 18:16
      • Responder

      parece que vai haver eleições.

    • Rui Pedro Soares on 1 de Novembro de 2021 at 18:26
    • Responder

    A notícia do DN não traz nada de novo, serve só para encher espaço. No plano 21|23+ qualquer coisa que ainda não se sabe o quê não há nenhuma medida que implique mais professores dos que existem. Penso até que não há falta de professores, mas sim professores mal distribuídos como se vê em muitas escolas em que há dezenas !? de professores sem horário porque estão doentes, coitados.
    Mas,a respeito deste post li um outro que me deixou mais preocupado. Vejam aqui: https://dareitoria.blogspot.com/2021/11/tem-razao-stor-lima-digo-mais-nao-e.html

      • Pedro Castro on 1 de Novembro de 2021 at 21:24
      • Responder

      Caro Rui Pedro Soares

      Sabia, por acaso, que dentro do Ministério existe um alerta “classificado”, só para governante ler e colocar na gaveta, de que em 2024-2025 , tal como no SNS, o ensino não superior entrará em ruptura?
      E qual o ciclo? Ah, pois o 1º ciclo….
      Eles podem estar mal distribuídos, mas que estão a desaparecer é um facto!

    • José Silva on 1 de Novembro de 2021 at 18:38
    • Responder

    A escassez de professores resulta da quantidade exagerada de professores que mamam e não dão aulas. Progridem na Carreira como se lecionassem, trabalham para a convivialidade e para os almoços bem recheados e por isso estamos como estamos, a ter que ficar nas Escolas até aos 67 anos! Tenham vergonha da cara e escondam-se.

      • Pedro Castro on 1 de Novembro de 2021 at 21:16
      • Responder

      A sério José Silva? Daqui a dois aninhos vai andar de lupa à procura de professores….
      Os poucos que saírem das faculdades ou das escolas superiores de educação irão diretamente para o privado.
      Há dias uma colega minha contratada, com formação incial de professores, no 3º escalão foi para o ensino privado com o salário ilíquido mensal de 3500 euros …..pois pois….
      Os Josés Silvas deste país vão pagar e não bufar!

    • Pedro Castro on 1 de Novembro de 2021 at 21:06
    • Responder

    ah, ah, ah … o troll do professor Karamba pode dar uma ajudinha!

      • Sardão pró Karamba on 1 de Novembro de 2021 at 22:54
      • Responder

      Mas o katamba hoje está numa total. Só amanhã é que vem ajudar depois de farto.

    • bb on 2 de Novembro de 2021 at 10:42
    • Responder

    Seria mais acertado e verdadeiro dizer :

    ” COM A REDUÇÃO QUE TEM VINDO A SER FEITA NOS SUCESSIVOS ORÇAMENTOS PARA A EDUCAÇÃO , NÃO È POSSIVEL RECUPERAR AS APRENDIZAGENS. ”

    Mas isso não é um problema é uma vantagem competitiva.

    • vg on 7 de Novembro de 2021 at 11:47
    • Responder

    Concelho de Oeiras, Português; horário completo; alunos do 8°ano que no 7°(a meio do 2°período) ficaram sem Professor); concurso continua deserto; solução local até agora…nada. Pais inquietos a tentar encontrar respostas e soluções. Ministério 0, Escola ?, Câmara…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: