Professores pedem saída de ministro da Educação em frente ao Parlamento

Professores pedem saída de ministro da Educação em frente ao Parlamento

Dirigentes da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) colocaram esta quinta-feira grandes faixas com reivindicações junto da Assembleia da República e criticaram o ministro da Educação, que tem que “ir embora”.

“Quem não sabe ter uma atitude democrática só tem um caminho, é sair, ir embora, dar lugar a quem saiba fazer melhor, coisa que este ministro já provou não ser capaz”, disse o secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, ao dirigir-se aos dirigentes, delegados e ativistas da organização sindical.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/10/professores-pedem-saida-de-ministro-da-educacao-em-frente-ao-parlamento/

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • maria on 30 de Outubro de 2020 at 10:56
    • Responder

    Nada contra a pessoa em si. Mas convenhamos : um ministério “ingovernável”, num momento tão delicado como este , ter “à frente ” uma pessoa inepta e absolutamente inapta para o cargo é algo de insustentável e surrealista.

    Quem o designou e mantém no cargo é um irresponsável ; o próprio, já tem idade suficiente para entender que esta função não é para as suas barbas. Aparentemente, não tem noção do ridículo.

    • Alexandre Oliveira on 30 de Outubro de 2020 at 11:28
    • Responder

    É surpreendente essa afirmação, afinal de contas o que fez durante estes cinco anos? Já é tarde para remediar está situação. Narra a história do Ministério da Educação que o próximo é sempre pior do que saiu.

    • Apache on 30 de Outubro de 2020 at 11:46
    • Responder

    O ministro da educação, devia ser alguém com muitos anos de experiência nas escola. Isto é professor de carreira com provas dadas. Não um partidário qualquer/tacho.

    • Maria Madalena Vieira Mendes on 30 de Outubro de 2020 at 15:08
    • Responder

    Ohhh! Ainda não tinham percebido que ele já foi embora há tantos anos?…

    • Maria on 30 de Outubro de 2020 at 16:04
    • Responder

    Um ministro que não Ouve a sua classe profissional Reiteradamente … não tem condições para ser ministro!
    Não representa nenhum professor. Aliás, ninguém o vê. Será que está de quarentena? Faz 14 sobre 14 dias….quando o país está a “arder”!
    triste… Muito triste…

    • Fernando, el peligroso de las verdades. A dizer que o NOGAS foi um verdadeiro bandido para os professores. on 30 de Outubro de 2020 at 19:31
    • Responder

    E este NOGAS é também um bandido para os professores. Foi culpa dele e do seu sindicato comuna não ter sido dado aos professores tempo de serviço para a reforma, em vez de exigir tudo, todos os anos.
    Assim, ficou sem quase nada. Ao tempo, o governo dava alguma coisa para a reforma. Como foi o tudo ou nada, levou vanhada. Mas como o palhaço não dá aulas nem se importou. Foi bandido!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: