Depois de ouvir, o tal, ministro da Educação fiquei com a ideia…

… que nada percebe e sabe do que se está a passar nas escolas portuguesas.

É tão bom quando os nossos amigos nos preparam um discurso que sabemos que todos querem ouvir, o discurso do “está tudo bem”.

Não, senhor ministro, não está tudo a correr bem como o senhor quis fazer passar na sua entrevista que deu à hora de almoço. Desafio-o a visitar a escola de Carqueja de São Tiago sem aviso prévio, talvez assim fique a saber a realidade e comece a preocupar-se realmente, como nós estamos preocupados.

No seu discurso, as escolas estão a fazer tudo como o manual manda. A realidade é diferente, nós estamos a fazer os possíveis e os impossíveis (mais impossíveis do que possíveis).

A sua fuga às questões do jornalista são um ponto fulcral da entrevista. quando não lhe interessa responder, foge ao assunto como o diabo foge à cruz (politico). Dou-lhe um exemplo: quando foi questionado sobre os professores de risco, nada disse, apenas elencou o diploma que permite a funcionários públicos e do particular a possibilidade da entrega da declaração para poderem usufruir de 30 dias de faltas justificadas, nada esclareceu, nada disse do que acontece depois como era intenção do jornalista ao questioná-lo (politico da velha guarda que não tendo conhecimento global se limita ao que os amigos e secretários lhe transmitiram).

Nas escolas os entraves são mais do que muitos, o orçamento limitado não chega para se realizar uma limpeza adequada, os problemas vão começar por aí, não é suficiente, para que durante todo este ano letivo, se tenha as quantidades de material de produtos de higienização e desinfeção necessários para a segurança de todos.

Mais uma vez o desafio, tenha a coragem de aparecer na Escola de Carqueja de São Tiago sem aviso prévio e sem amigos à mistura. Ou isso ou continue a ir aos jogos de futebol bater palmas aos golos dos seus ídolos.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/09/depois-de-ouvir-o-tal-ministro-da-educacao-fiquei-com-a-ideia/

14 comentários

14 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Prof Possível (aka Maria Indignada) on 15 de Setembro de 2020 at 14:29

    Basta aparecer numa escola qualquer sem aviso, que não seja do seu núcleo duro de apoio (ie, acedem a fundos que mais ninguém consegue, por relações preferenciais com a tutela)

    Ontem estive a ver as escolas que foram visitadas e as imagens que passaram na comunicação social das salas.

    Algumas delas de alunos a realizar exames e não em aulas normais.

    Insisti em ver, apesar de sentir uma revolta enorme por tamanha falaciosa representação das condições genéricas da generalidade das escolas.

    Não terão eles a noção de quão insultuoso e revoltante isso é para a generalidade de quem trabalha e estuda nas escolas portuguesas reais?

    • Eu on 15 de Setembro de 2020 at 14:42

    A situação é muitos locais, não todos, é caótica e nem sequer há plano nenhum, até porque não é possível… Os alunos estão apinhados, as salas não podem ser ventiladas e os catraios usam máscaras com buracos…
    Especificamente, na escola do meu descendente, os alunos entraram todos ao mesmo tempo, centenas e em proximidade, alguns nem usavam máscara… Cá fora, isso vi eu, aglomeravam-se dezenas de adolescentes em alegre cavaqueira e sem máscara, claro… Isto não é uma censura eles são jovens e querem conviver… A situação é que tem de ser mais controlada pelos adultos para que as escolas não comecem a fechar já amanhã…

    • Kita on 15 de Setembro de 2020 at 14:44

    Têm noção, claro, mas isso não importa. Importa é que a imagem social passe para os ignorantes, que constituem uma parte significativa da população. E não digo ignorantes no sentido direto, se alguém, apesar de algum percurso académico, viver a leste do paraíso, também é um ignorante para o efeito. Todos estes e mais alguns são colocados diariamente contra a classe docente (culpa nossa, há que dizer) recorrendo a todas as falácias possíveis. É e sempre será assim que os políticos levam água ao seu moinho…com a agravante, agora, que estamos a falar de saúde individual e coletiva. Com isso não se brinca. Mais uma vez, se não formos nós, a batalha perde-se novamente. Para o que se vislumbra, acho tudo muito escondido atrás de uma cobardia e um acenar de cabeça que irá sair caro a todos!

    • Rosinha on 15 de Setembro de 2020 at 14:45

    Não é só em Portugal. O mesmo está a acontecer noutros países. As expetativas nas escolas são confusas e altamente irrealistas tanto para os professores como para os alunos.

    • Atento on 15 de Setembro de 2020 at 15:08

    ………………………..
    ……………………………………………………….

    Mas alguem merece ouvir este oportunista que fez carreira no partido xuxalista (da treta)?…e não se esqueçam que o gajo (tambem ha quem lhe chame xientista) foi esperto, inscreveu-se no partido xuxalista e agora tem um valente de um Tachu e com ordenado, carro e chofer…..gande ministrinhu …….é isto o XUXALISMO……….Viva o Torresmo (também conhecido por Atónio BOSTA)…Viva o partido da maosinha fechada.

    Até dá vomitos!….

    …………………………
    …………………………………………………

    • Tachista on 15 de Setembro de 2020 at 15:15

    0lha, o Ruizinho acordou para a vida. Pede ao teu amigo diretor Arlindo e ele explica-te como se fazem omeletes sem ovos. É preciso é manter o cargo. Hehehe

    • OSVALDO LUCAS on 15 de Setembro de 2020 at 18:35

    Ou seja a culpa é do min…. jornalista(s) que se esquecem de ir a outras salas, a outras escolas, falar com mais pessoas. etc etc. Será que os jornalistas são do Governo e eu não sabia?

    • Mim on 15 de Setembro de 2020 at 19:32

    E será que aquilo que foi mostrado é mesmo a realidade? Deixo a questão!

    NÃO!!

    • Rui on 15 de Setembro de 2020 at 19:46

    Fantoche do regime.

    • Pirilau on 15 de Setembro de 2020 at 20:37

    Abro esta página e, mesmo a encima este post, está um vídeo que, pela imagem estática, mostra bem que se trata de uma cena de sexo anal. Eu sei que a publicidade dá dinheiro mas fez-me lembrar o que estão a fazer aos e às docentes. A

    • Pirilau on 15 de Setembro de 2020 at 20:40

    Desculpem, não era por cima do poste mas por baixo.

    • Fernando, el peligroso de las verdades. A pôr os queixinhas em ordem. on 15 de Setembro de 2020 at 21:56

    Mas que é isto? Se há escolas que estão mal o que é que estão lá a fazer os que mandam nelas? A tocar piano?
    Fazem o que podem e não têm nada que queixar-se! Mas o que é que queriam? Uma escola nova?

    • Fernando, el peligroso de las verdades. A dizer que o Pirilau quer no lombo. on 15 de Setembro de 2020 at 21:59

    O Pirilau anda sempre a pensar no mesmo. Agora anda a ver filmes… Cavalete no seu lombo era o que ele precisava.

    • Fernando, el peligroso de las verdades. A não gostar de ver publicidade de ela de quatro. on 15 de Setembro de 2020 at 23:51

    Peço desculpa ao Pirilau.
    De facto, a publicidade mostra uma jovem de quatro a ser fornicada por trás e ela a gemer por causa disso.
    É preciso tirar esta publicidade que está neste blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: