Crónica COTIZADA e EXCEDENTE (ou brofezzores Gosndipados)

 

Há cerca de 2000 anos, (ainda não havia cotas para professores), e Jesus Cristo, falava muito usando “parábolas”… então vai que usa uma, que dizia ser “mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha, que um rico entrar no Reino dos Céus”.
E usava também muito a expressão “noutros tempos/naquele tempo”… então “eu agora digo”; e seguia com as suas narrativas e parábolas.
Nestes tempos, digo eu, será mais fácil um camelo e um rico passarem abraçados pelo fundo de uma agulha, que um professor aos 56 anos estar no 5º ESCALÃO! (ou outro mais velho ou mais novo subir aos 5º e 7º escalões).
Sem falar aqui na experiência na primeira pessoa (por singular… ou do singular… ou aos que faltar o ar SINGULAIR). Generalizando portanto, teremos nestes funis, um alargadíssimo (desculpem, apertadíssimo) número de docentes que além da congelação que já sofreram dos 9 (anos), 4 (meses) e 2 (dias); sofrem agora num purgatório sem confessor.
Falando em modo aberto e generalista (ups… LISTAAAAAAA… lista Nãããooo !!); falando assim, coiso… conseguimos criar nas escolas o clima ideal para cativar professores prá carreira (ALTÓ CARRO e para o BAILE!). Sabendo como anda a vida dos professores (e ainda nem considero neste texto a MISERÁVEL dos CONTRATADOS) e das escolas.
Sem querer aqui lançar a CULPA ENTRE PARES, a verdade é que tal transparece mais e MAIS, a cada dia que passa (e avança). O sonho (qual polução nocturn) de qualquer GOVERNO (este, o anterior e o seguinte) é que com estes episódios de professores que avançam, e professores que congelam; professores que mostram evidências e professores que se evidenciam… isto e outras coisas; anda o nosso FUTURO-EX ministro e Costa contentes – guerreai-vos vós professores UCRANIANOS (com ou sem traumatismos U”cranianos” ou já RUSSOS de tanto penar).
Quando um professor atinge no somatório das avaliações INTERNA e EXTERNA a menção de MUITO BOM ou EXCELENTE; mas por DECRETO é DESTITUIDO à humilhante classificação de BOM (e por conseguinte fora da possibilidade de subir).
Resta-me em tempos COVID pensar que se trata de um Broblema DAZAL… os brofezzores esdão dodos gonsdipados e bazzaram de EXDENTES, a EXCEDENTES. Zaragatoar DARIZZES ZARAGATOAR!
O hilariante chega! E chega em força. Já sabemos hoje que há agrupamentos em que os docentes, estão a reclamar sobre nota 10 (DEZ – máximo possível- em que depois de um professor nota 10, só DEUS PAI – que não agrada a todos- com nota 9,5).
URGE, urgentemente pleonasmado, resolver esta situação que deixa professores a olhar de soslaio para colegas; directores a serem acusados (mais ou menos) de isto e daquilo (não me interessa aqui se com ou sem); os próprios docentes que tiveram a “sorte” de superar o ESCALÃO, sentem-se mal, tendem a esconder que foram bafejados… e pior ainda: não consta que os resultados sejam públicos, publicados e notórios.

Como diria alguém (MUITOS), publique-se a lista dos EXCELENTES, para que os demais possam seguir-lhes as pisadas (e em não raros casos – nunca particularizaria aqui) SURPREENDAM-SE!
“Quem tem telhados de vidro que atire a primeira pedra”.. ai, não era este.. “Quem cabritos vende..”.. também não… “diz-me com quem andas..” “mais vale cair em graça que ser engraçado”
Pronto, espero que tenham entendido: faltou-me a clarividência pra mostrar (à evidência) a penumbra!

Agostinho Silva

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2022/02/cronica-cotizada-e-excedente-ou-brofezzores-gosndipados/

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Apensio_culote on 23 de Fevereiro de 2022 at 10:33
    • Responder

    Denota a nota inclusivamente e nunca as mordomias.

    Insignificante a semelhança Bom/Excelente

    Como é possível a dicotomia ausente/presente

    Logo porque fica mais em conta pisando no valor do agente fertilizante com pseudónimo de professor

    • jomar on 23 de Fevereiro de 2022 at 11:22
    • Responder

    É provável que a cota de avaliação se estenda a todos … incluindo alunos.
    Um colega, contou-me que que foi questionado pela Inspecção sobre a quantidade de classificações de 20 que deu aos alunos.

    • João on 23 de Fevereiro de 2022 at 14:42
    • Responder

    Segundo a lei os professores Excelentes(com excelente) devem servir de referência e modelo aos outros professores. A maior parte não se sabe quem são os ditos professores Excelentes ou Muito bons. Escondem. A proteção de dados serve de justificação para muita coisa e ilegalidades….Os Zecos vão para as listas não se sabe bem porquê…

    • João on 23 de Fevereiro de 2022 at 14:47
    • Responder

    Os Zecos que estão nas listas e tiveram Bom têm lá os seus nomes e sabemos quem são. Os Professores Excelentes e Muito Bons nem os colegas do próprio Agrupamento sabem quem são.Porquê? Não são professores de referência? Modelos a seguir?
    Ou é só porque pediram aulas assistidas? Não me parece …

    • Rui Monteiro on 23 de Fevereiro de 2022 at 15:13
    • Responder

    Senhores professores….quotas…ou são todos brasileiros?

    • Luluzinha! on 23 de Fevereiro de 2022 at 16:35
    • Responder

    Pronto, instalou-se, de vez, a pretexto do AO90, o brasileirismo, isto é, a barbárie! Escreve-se QUOTAS, porque cota refere-se a algo absolutamente distinto. Oh Meu Deus!

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: