Uma Educação Mínima

  

Uma Educação Mínima

Num tempo em que tanta gente escreve sobre a Educação e verte lágrimas de dor pela Escola Pública e pelos mais desfavorecidos, seria importante que entendesse o que esta lógica de Educação Mínima representa para a Escola Pública: a sua redução a um currículo de trivialidades, em que tudo o que não é “essencial” é apelidado de “enciclopédico”.

Enquanto o ano lectivo terminava, os exames nacionais do secundário arrancavam e se discutia quando sairiam as listas de colocação do concurso de professores, eis que é publicado de forma quase despercebida o despacho n.º 6605-A/2021. Os menos atentos pensarão: mais um despacho, não deve ser nada de relevante, mais um diploma a juntar a tantos, nem sequer é um decreto.

No entanto, apesar de escrito naquele tipo de linguagem algo circular que os leigos têm dificuldade em compreender, o sumário do dito despacho deixa alguns sinais de não ser um daqueles diplomas menores, que apenas pretendem “operacionalizar” ou “clarificar” um dado ponto de outro diploma que deixou espaços por preencher. Diz-nos o sumário do despacho 6605-A/2021 que “procede à definição dos referenciais curriculares das várias dimensões do desenvolvimento curricular, incluindo a avaliação externa”. Como de referenciais (e guiões ou guias) andamos nós mais do que repletos, porque os há de todos os formatos para os mais variados temas (basta uma rápida pesquisa online para os descobrirmos para a Saúde, mas de igual modo para o Desenvolvimento, para a Educação Financeira, para o Mundo do Trabalho, para a Educação Ambiental, até mesmo para o Empreendedorismo), a primeira reacção pode ser a de indiferença. Só que sob a superfície, conhecendo-se o modo operatório do actual poder na Educação, há campainhas de alarme logo sob a superfície. O primeiro deles é que num diploma com menos de 8000 caracteres, mais de 6500 são de preâmbulo explicativo. O que, mesmo para quem é moderadamente iniciado nestas andanças, significa que está ali uma justificação demasiado longa para ser inocente ou tratar-se de matéria pouco importante. Introduções deste tipo, que em muito ultrapassam o articulado, significam que não estamos perante um despacho qualquer.

CONTINUA AUI

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/07/uma-educacao-minima/

7 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Atento on 12 de Julho de 2021 at 10:46
    • Responder

    —————
    ————————-

    Até que enfim!………

    Agora é Paulo Guinote a falar deste NOJO!… só quem é ceguinho é que não vê………

    “As escolas onde a função assistencial se tornou tão grande que se sobrepôs à educativa.”

    Muito Bem Dito!…….Haja Lucidez!……SITÔRAS e SITORES deixem-se de ser Otárias e Otários!………

    Hoje aquilo a que chamam “ESCOLA” não passa de um enorme “ARMAZEM” onde os progenitores colocam os seus rebentos para poderem desenvolver as suas atividades ludicas, profissionais ou outras…….

    Hoje aquilo a que chamam “ESCOLA” não passa de uma enorme “CANTINA SOCIAL” onde se dá de comer aos FAMINTOS desta vida (Filhos de Desempregados; Filhos daqueles que vivem do Rendimento Social de Insersão (RSI); Filhos de Prostitutas; Filhos de Delinquentes; Filhos de Presidiários; Filhos daqueles que auferem o Salario Minimo Nacional no valor de 635 Euros e que levam para casa á volta de 500 euros…….

    Hoje aquilo a que chamam “ESCOLA” não passa de uma enorme INTRETEM onde os designados professores dão umas TRETAS de que são exemplo as “cidadanias”, “educação ambiental”, “educação sexual”, “desporto escolar/toma lá uma bola para dares uns chutos”………..

    Hoje aquilo a que chamam “ESCOLA PUBLICA” não passa de uma enorme FRAUDE onde os pobres são acolhidos…..Sim!….porque os filhos da classe média e alta são colocados em Escolas de Bandeira e em Colegios Privados onde possuem uma boa preparação para a Vida Futura.

    Ao que a ESCOLA PUBLICA chegou!…….Não!….isto não merece ser chamado de “ESCOLA”…………A ESCOLA é um local de ENSINO-APRENDIZAGEM e não um HOSPICIO para os Desgraçados da Vida.

    VERGONHA!……..NOJO!……………….

    É isto o trabalho do Partido Socialista e do seu Grande Lider António Bosta. BLOCO DE ESQUERDA e PARTIDO COMUNISTA na definição e apoio a este HOSPICIO chamado indevidamente de “escola”

    Sinto Tristeza, Nojo e Repulsa por grande parte do professorado não ter discernimento para enchergar o que se passou no Ensino e, em particular, na ESCOLA PUBLICA, a qual foi transformada num CENTRO ASSISTENCIAL.

    ———————-
    —————————————————–

      • Mirtha on 12 de Julho de 2021 at 11:40
      • Responder

      Jajaja… lolololol… kkkkkkkkk………………………………………………
      Aproveitar para fazer propaganda anti é piada de mau gosto!!! Mau demais para ser verdade!!! Pior a possível emenda que o soneto, dá de si muitíssimo fraco… Como a degradação do ensino tivesse começado agora com o PS e demais lambe-botas… Já ando nisto desde 1980 e logo em 1982 ou 83 houve uma enorme reforma do ensino em Portugal. Fomos todos convocado pelo ministério da educação para umas sessões de esclarecimento para o que estava chegando às escolas. Quando estávamos a tentar beber toda a nova ideologia de ensino, olhamos uns para os outros e dissemos: “Isto é o fim do ensino com qualidade”.
      A degradação começou com a pseudo-democracia. E se bem me lembro tem desgovernado este país, sempre os suspeitos do costume.
      Enquanto não houver uma autentica revolução começada num país poderoso, vamos continuar a assistir à degradação geral nas sociedades ocidentais e ocidentalizadas.
      Ou há essa revolução, ou caminhamos a passos cada vez mais largos para o abismo, para o fim da existência dos humanos neste planeta.
      António Fernandes (marido da Mirtha)

        • Atento on 12 de Julho de 2021 at 12:08
        • Responder

        ………………
        …………………………………

        A esmagadora maioria das Sitôras e Sitôres não encherga um palmo á frente dos Olhos.

        Desde a ABRILADA que a Degradação da dita Escola Publica está em Marcha.

        Aquilo a que hoje chamam de “escola publica” destina-se cada vez mais aos pobres……..as ELITES tem as Escolas de Bandeira (Colegio Alemão, Colêgio Inglês, Escola Francesa….) e os Bons Colegios onde os níveis de exigência são muito elevados (não, não falo de Ribadouros e outros Tascos)…..

        As Sitôras e Sitôres embora não ENCHERGUEM já começam a sentir no corpo este abastadamento através da Degração da sua própria Condição Profissional…..

        Para uma “escola” dos pobres não são necessários professores muito qualificados, apenas uns tantos que, formados á Bolonhesa em cursecos de 3 anitos, entretenham as criancinhas enquanto os progenitores dão no Batente.

        Neste sentido, podemos afirmar que os atuais professores da dita escola publica estão Demasiadamente Bem Pagos…..Uma Carreira cujo Topo sejam 2.000 Euros Iliquidos chega perfeitamente e não Falta Mão de Obra (Sitôras e Sitôres da Tanga) para assegurar este INTRETEM chamado de “Escola Pública). A apregoada falta de professores aqui no BLOG apenas se deve ás mais de 12.000 Baixas Médicas Anuais e Permanentes que se verificam porque são pagas a 100% pela CGA a qual Terminou em 2005. O que significa que este fenómeno dos “doentinhos” vai desaparecer progressivamente. Agora vai tudo para o Regime da Segurança Social em que as pessoas de Baixa Médica recebem cerca de 60% e portanto só quem estiver efetivamente doente fica em casa.

        A degradação da dita escola publica vai continuar e os trabalhadores ditos docentes vão continuar a ver a sua condição a Degradar-se e quando derem por ela vai ser tarde. Muitas destas Sitôras e Sitôres ja começam a sentir na pele…..

        ………………………
        ……………………………………………………..

          • Sardão pró Atento, Karamba Pintelko. on 12 de Julho de 2021 at 13:59

          Aqui está, o manfio, o manês, o Atento, Pensador, Pintelko (lho, como o manês se apelida), o karamba e outros mais nomes que usa.
          Já todo contente, depois do habitual fim de semana, em que foi só sardoado a valer.
          Nunca mais cala o bico, este manês sardoado.

    • Sardão pró Karamba Pintelko. on 12 de Julho de 2021 at 14:06
    • Responder

    O manês é duro que nem um calhau! Confunde CGA com ADSE.
    Agora quem paga as baixas é a CGA! É burro!

    • Atento on 12 de Julho de 2021 at 14:58
    • Responder

    …………..
    ………………………………

    Hó!…Hó meu grande poio de mexxda………A partir de 2005 acabaram as Inscrições na CGA (Caixa Geral de Aposentações) e os Animais (digo, sitôres) como tu, a partir daquela data, são Obrigados a Inscreverem-se na Segurança Social.

    Quem se encontra inscrito na CGA (Caixa Geral de Aposentações) recebe as Baixas Médicas a 100%.

    Quem se encontra inscrito na Segurança Social recebe 55% nos primeiros 30 dias; 60% de de 31 a 90 dias; 70% de de 91 a 365 dias….

    Entendes Sitôr poio de mexxda?????????…………

    Tá tranquilo…..Se não entenderes eu faço-te um desenho no olho do cx com o meu pincel.

    Já agora deixo-te uma musica …..«O que elas querem é o pincel do pensador!»

    https://www.youtube.com/watch?v=lE_viOatQlQ

    ……………..
    ……………………………………….

    • Sardinha pró Pintelko on 12 de Julho de 2021 at 22:42
    • Responder

    Ó pá deixa-te de merdas! Elas até podem querer o pau do pensador, mas não o teu porque tu nao sabes, só sabes do teu avianço, sempre a klevar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: