Período probatório

 

Lista de docentes dispensados do período probatório.

http://www.dgae.mec.pt/web/14654/2015/20161

Seria interessante verificar quantos anos de serviço têm aqueles que não estão dispensados…

 

vomitar

Será que não se pode criar um período probatório também para candidatos a ministro da educação?…

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/10/periodo-probatorio/

28 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Ana Costa on 23 de Outubro de 2015 at 12:17
    • Responder

    Estou desatenta ou não saiu uma lista como esta para quem entrou no CEE de agosto de 2014?

      • :-) on 25 de Outubro de 2015 at 19:01
      • Responder

      Esta situação ocorre pela 3ª vez. Da 1º saíram listas; da 2ª (2014) a legislação não referia a elaboração de listas. Este ano, voltaram as listas constituídas de acordo com os dados submetidos pelos AE.

    • Pois on 23 de Outubro de 2015 at 12:52
    • Responder

    Porque deveremos estar contra este período?

    Daqui a nada, voltamos ao antigamente, bastava a 4ª classe para ser professor, ou a situações lamentáveis que aconteceram após o 25 de abril. Para ser professor bastava ter sido regedor ou ter estado alguns anos a limpar o chão das escolas… não havia professor, um tipo qualquer punha-se a jeito e já era professor (ainda andam muitos desses no ativo).

    Não percebo porque querem tanto baixar os requisitos na entrada da profissão? Será que é pela falta de professores no país? Será porque a maioria tem baixas qualificações profissionais e estas exigências podem ser inultrapassáveis? Demonstrarão as suas fraquesas? Não sei… respondam-me.

    É que por fatores financeiros não pode ser… neste período ganha-se o mesmo!

      • Pois on 23 de Outubro de 2015 at 12:55
      • Responder

      E esta coisa da desculpa dos anos de serviço é uma treta. Os que têm mais anos foram, e bem, dispensados.

      Os recém licenciados (como eu já fui) também não venham com a treta que sabem tudo porque são novinhos e fresquinhos. Eu ainda sou fresquinho, novo já fui e na minha altura fiz estágio com exames, fiz período probatório e até gostei! Quem tem medo de aprender deve dedicar-se apenas ao bronze… em qualquer profissão, não querer aprender significa cristalizar!

      • maria on 23 de Outubro de 2015 at 15:27
      • Responder

      Eu cá demonstro a minha fraqueza!

        • Pois on 23 de Outubro de 2015 at 23:15
        • Responder

        Ainda bem 🙂 Só gostava que fosse sincera.

    • lalalalala on 23 de Outubro de 2015 at 15:15
    • Responder

    Na lista de dispensados há infiltrados que não têm as 5 avaliações de Bom, porque vêm do ensino privado (principalmente dos grupos 100 e 110)…

      • lalalalala on 24 de Outubro de 2015 at 16:34
      • Responder

      As secretarias das escolas são fantásticas… e vieram de escolas privadas, mesmo e, não com contrato de associação… detetados 5 casos: 1 tem uma ADD apenas; 3 têm 2 ADD; 1 tem 3 ADD apenas… pelo que estão na lista de dispensados, indevidamente…

    • José Eduardo Silva on 23 de Outubro de 2015 at 16:21
    • Responder

    16 anos de serviço, não dispensado!

      • Ana on 23 de Outubro de 2015 at 18:48
      • Responder

      Já devia estar contente em ter vinculado num grupo em que nem tem 2 anos de serviço. Ou estaria dispensado.

        • José Eduardo Silva on 24 de Outubro de 2015 at 22:45
        • Responder

        A ganância é o grande problema da Humanidade! O segundo é a inveja!

        Poderia iniciar com: Cambada de invejosos, mas prefiro começar com um:

        Caros colegas,

        Apenas respondi a uma pergunta do Arlindo (Seria interessante verificar quantos anos de serviço têm aqueles que não estão dispensados…)

        Não referi que estava em desacordo, nem que concordava com o período probatório, se é justo ou injusto, nada, apenas respondi a uma pergunta!

        Mas agora deixem que vos diga,

        – Nunca dei aulas em colégios (apesar de ter convites);

        – Sempre estive na escola pública e sempre estarei; (não acredito na escola privada)

        – Apenas estive um ano numa TEIP;

        – Tenho mais, muito mais do que 5 avaliações;

        – Nas quais tenho a honra de ter tido por diversas vezes Muito Bom;

        – Tenho 16 anos de serviço, concretos, não aparentemente;

        E, para satisfazer o vosso ego, e por curiosidade, posso ainda informar-vos que:

        – Nos primeiros anos de serviço concorria a TODO o território português;

        Nos últimos anos apenas concorro de Sagres a Valência do MInho, para os mais… distraídos, a todos os QZP, a todas as escolas de Portugal continental!;

        Ah, estava-me a esquecer, sou casado e tenho 4 filhos, a mais nova com 2 anos!

        Desejos de um bom fim de semana, para todos!

      • pepe on 23 de Outubro de 2015 at 18:59
      • Responder

      Vêm do privado e não têm 5 avaliação…
      Dura Lex, Sed Lex

        • José Eduardo Silva on 24 de Outubro de 2015 at 22:46
        • Responder

        A ganância é o grande problema da Humanidade! O segundo grande problema é a inveja!

        Poderia iniciar com: Cambada de invejosos, mas prefiro começar com um:

        Caros colegas,

        Apenas respondi a uma pergunta do Arlindo (Seria interessante verificar quantos anos de serviço têm aqueles que não estão dispensados…)

        Não referi que estava em desacordo, nem que concordava com o período probatório, se é justo ou injusto, nada, apenas respondi a uma pergunta!

        Mas agora deixem que vos diga,

        – Nunca dei aulas em colégios (apesar de ter convites);

        – Sempre estive na escola pública e sempre estarei; (não acredito na escola privada)

        – Apenas estive um ano numa TEIP, o antepenúltimo;

        – Tenho mais, muito mais do que 5 avaliações;

        – Nas quais tenho a honra de ter tido por diversas vezes Muito Bom;

        – Tenho 16 anos de serviço, concretos, não aparentemente;

        E, para satisfazer o vosso ego, e por curiosidade, posso ainda informar-vos que:

        – Nos primeiros anos de serviço concorria a TODO o território português;

        Nos últimos anos apenas concorro de Sagres a Valência do MInho, para os mais… distraídos, a todos os QZP, a todas as escolas de Portugal continental!;

        Ah, estava-me a esquecer, sou casado e tenho 4 filhos, a mais nova com 2 anos!

        Desejos de um bom fim de semana, para todos!

      • J220 on 23 de Outubro de 2015 at 20:40
      • Responder

      16 anos de “serviço” aparentemente…

        • José Eduardo Silva on 24 de Outubro de 2015 at 22:46
        • Responder

        A ganância é o grande problema da Humanidade! O segundo é a inveja!

        Poderia iniciar com um: Cambada de invejosos, mas prefiro começar com um:

        Caros colegas,

        Apenas respondi a uma pergunta do Arlindo (Seria interessante verificar quantos anos de serviço têm aqueles que não estão dispensados…)

        Não referi que estava em desacordo, nem que concordava com o período probatório, se é justo ou injusto, nada, apenas respondi a uma pergunta!

        Mas agora deixem que vos diga,

        – Nunca dei aulas em colégios (apesar de ter convites);

        – Sempre estive na escola pública e sempre estarei; (não acredito na escola privada)

        – Apenas estive um ano numa TEIP, o antepenúltimo;

        – Tenho mais, muito mais do que 5 avaliações;

        – Nas quais tenho a honra de ter tido por diversas vezes Muito Bom;

        – Tenho 16 anos de serviço, concretos, não aparentemente;

        E, para satisfazer o vosso ego, e por curiosidade, posso ainda informar-vos que:

        – Nos primeiros anos de serviço concorria a TODO o território português;

        Nos últimos anos apenas concorro de Sagres a Valência do MInho, para os mais… distraídos, a todos os QZP, a todas as escolas de Portugal continental!;

        Ah, estava-me a esquecer, sou casado e tenho 4 filhos, a mais nova com 2 anos!

        Desejos de um bom fim de semana, para todos!

    • Ana Lima on 23 de Outubro de 2015 at 20:46
    • Responder

    Que comentários mesquinhos e idiotas…
    No meu caso, como no de outras colegas que conheço, agora sujeitas ao período probatório, fui lecionando português e francês ao longo de 18 anos de tempo de serviço, portanto, nunca pude ter apenas um grupo de recrutamento com tempo sucessivo porque a minha licenciatura me deu habilitação para três. É justo, comparativamente com quem tem 3 anos seguidos no mesmo grupo de recrutamento, uma vez que só tem habilitação para 1 grupo?????

      • ana lima on 23 de Outubro de 2015 at 20:47
      • Responder

      corrijo, tenho habilitação para 2 grupos de recrutamento, e não 3.

        • Ana Lima on 23 de Outubro de 2015 at 20:48
        • Responder

        Acrescento, também, que nunca fui reconduzida… não tive padrinhos, infelizmente…

          • Daniel on 23 de Outubro de 2015 at 23:17

          Olhe que nunca ter sido reconduzida pode ser mau sinal. Pelas escolas onde tenho estado, todos os professores (desde que faltem pouco) são propostos para “recondução”.

          • cristina on 24 de Outubro de 2015 at 17:28

          Só fui reconduzida uma vez… por diferentes motivos: mudança no número de turmas, professores do quadro que regressaram, diretores que preferiram reconduzir um contratado que já tinha sido reconduzido uma vez e não eu que estava na escola pela primeira vez (e não lambi botas…)… não vejo qual é o mal… tenho culpa q o n.º de turmas mude? Ou que um prof de quadro na biblioteca passe a dar aulas…

          • :-) on 25 de Outubro de 2015 at 19:11

          Ou bom sinal!

          Mostra que o/a Diretor/a que está proibida de colocar o critério de “continuidade pedagógica” na contratação de escola também não o “aplica” aquando da recondução que mais não é que uma continuidade pedagógica legal.

      • anabela on 23 de Outubro de 2015 at 21:55
      • Responder

      São apenas precisos 2 anos no últimos 5… afinal esteve sempre a dar aulas no grupo em que não vinculou?! Ou vinculou num 3º grupo?!

        • Ana Lima on 24 de Outubro de 2015 at 18:20
        • Responder

        Vinculei em 2ª prioridade.
        Nos dois últimos anos fiquei a dar, num ano francês, no outro português. Boa, né? E sempre em escolas públicas e com avaliação Bom e Mt bom. N q alguém tenha alguma coisa a ver com isso, mas acredito que, depois de ter feito Mestrado e Doutoramento, várias ações de formação acreditadas e estágio pedagógico, já dei provas que sobrem na minha vida profissional. Agora comparem lá tudo isto com alguns dos colegas que se livraram do probatório e venham dizer-me que a situação é justíssima…

      • Pois on 23 de Outubro de 2015 at 23:14
      • Responder

      Vem de uma privada, de certeza. Não teve padrinhos mas teve madrinhas…

    • Daniel on 23 de Outubro de 2015 at 23:15
    • Responder

    Estamos a brincar. Bem ou mal desde 2008 (?) que somos avaliados. O probatório é só mais uma avaliação. Mais do mesmo, portanto.

    • José Eduardo Silva on 24 de Outubro de 2015 at 22:45
    • Responder

    A ganância é o grande problema da Humanidade! O segundo é a inveja!

    Poderia iniciar com: Cambada de invejosos, mas prefiro começar com um:

    Caros colegas,

    Apenas respondi a uma pergunta do Arlindo (Seria interessante verificar quantos anos de serviço têm aqueles que não estão dispensados…)

    Não referi que estava em desacordo, nem que concordava com o período probatório, se é justo ou injusto, nada, apenas respondi a uma pergunta!

    Mas agora deixem que vos diga,
    – Nunca dei aulas em colégios (apesar de ter convites);
    – Sempre estive na escola pública e sempre estarei; (não acredito na escola privada)
    – Apenas estive um ano numa TEIP, o antepenúltimo;
    – Tenho mais, muito mais do que 5 avaliações;
    – Nas quais tenho a honra de ter tido por diversas vezes Muito Bom;
    – Tenho 16 anos de serviço, concretos, não aparentemente;

    E, para satisfazer o vosso ego, e por curiosidade, posso ainda informar-vos que:
    – Nos primeiros anos de serviço concorria a TODO o território português;
    Nos últimos anos apenas concorro de Sagres a Valência do MInho, para os mais… distraídos, a todos os QZP, a todas as escolas de Portugal continental!;
    Ah, estava-me a esquecer, sou casado e tenho 4 filhos, a mais nova com 2 anos!

    Desejos de um bom fim de semana, para todos!

      • Pois on 25 de Outubro de 2015 at 0:37
      • Responder

      Com 16 anos de serviço, hum… tem de haver justificação para não estar em melhor posição.

      Diga qual o curso que tem, grupo de recrutamento e como fez a profissionalização.

      Deve ser daqueles que tirou um curso qualquer, caiu de paraquedas no ensino e agora está mal… esta observação não é invejosa porque estou em melhor posição do que está…

        • José Eduardo Silva on 25 de Outubro de 2015 at 14:51
        • Responder

        Pois, ainda bem que está em melhor posição, e se não é inveja… só pode ser mesmo mesquinhez ou uma grande falta de inteligência! E visto que fez o pedido de forma tão delicada, eu dou lhe as informações todas!
        Tirei o curso na ESES, com 15 valores, como diz um curso qualquer, o de professores de Educação Física, com aptidão para lecionar também no 1º ciclo. (não como o seu curso, que é um curso maravilhoso e só para pessoas inteligentes como o POIS, que se esconde atrás de um perfil anónimo)
        Se quiser também lhe posso dar a altura, o peso e a mediada do …. sapato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: