O número de casos dos mais novos fazem as escolas “muito” seguras…

 

A Covid-19 tem aumentado a um ritmo mais acelerado nas idades mais novas. Na divisão por idades o grupo etário dos 10 aos 19 anos é claramente aquele onde o aumento tem sido mais expressivo, mais do que duplicando em apenas um mês. No final de setembro o país registava 4.216 jovens com estas idades que tinham sido contagiados, número que chegou aos 10.199 no final de outubro (+142%).

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/11/o-numero-de-casos-dos-mais-novos-fazem-as-escolas-muito-seguras/

10 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Alecrom on 4 de Novembro de 2020 at 13:19
    • Responder

    É o problema de continuarem a ir para casa todos os dias.

    • PROFET on 4 de Novembro de 2020 at 13:42
    • Responder

    Estes dados são bastante demonstrativos daquilo que se está a passar nas nossas escolas. O governo mente, descaradamente, quando diz que os contágios nas escolas são pouco significativos. A verdade é que as escolas foram e estão a ser o meio mais propagador das infeções, e trata-se de uma propagação exponencial. que se propagou para o seio das famílias, e não o contrário como o governo diz. Por conseguinte, o aumento abrupto de infeções e surtos em todos os escalões etários é derivado dos escalões mais jovens.

    E, muito importante:
    Tendo em consideração que a maioria das crianças e adolescentes são assintomáticos e que por essa razão não são testados, e relembrando também que especialistas já comprovaram que, apesar de assintomáticos, possuem uma enorme carga viral, estou em crer que os casos de infeção nestas faixas mais jovens, serão o dobro ou até mais do que os números que aqui constam.

    CHEGA DE MENTIRAS! CHEGA DE NEGLIGÊNCIA; CHEGA DE INCOMPETÊNCIA; CHEGA DE CONIVÊNCIA; CHEGA DE DESINFORMAÇÂO… Porque isto é muito próprio de países do 3º mundo, países não democráticos e de ditaduras.

    Se querem conter a pandemia, torna-se urgente fechar as escolas, porque não apresentam as mínimas condições de segurança e são o meio com maior potencial de propagação do vírus no país.

    Até porque, o ensino presencial, nas condições e moldes em que está a ser feito, ou melhor, com a acentuada falta de condições, está a ser um ensino de péssima qualidade, pior do que quando esteve em regime à distância. Isto porque, é bem sabido que não está a ser possível assegurar o ensino para aqueles que ficam doentes ou em isolamento. O número de alunos aos quais o ensino não está a chegar é bem maior do que aquele que se verificou durante o ensino à distância. São raros os casos em que as coisas funcionam, e quando funcionam para os que estão à distância, ficam prejudicados aqueles que estão em presencial.

    Cada vez mais constato que, estes senhores do governo, em cada 3 palavras dizem 4 mentiras, estão constantemente a enganar as pessoas e/ou a fazê-las de burras.

    Isto é uma democracia? Se fosse, este governo já teria sido demitido, por incompetência, falsidade e negligência.

    Sinto-me como se estivesse a viver numa ditadura. Creio que a grande maioria das pessoas já se sente como eu.

    • Zaratrusta on 4 de Novembro de 2020 at 13:53
    • Responder

    Lá estão vocês. É o grupo dos 10-19 anos, mas é malta que não anda nas escolas.

    • PROFET on 4 de Novembro de 2020 at 14:23
    • Responder

    Um governo de falsidade, incompetente, desleixado e negligente, não pode acusar o seu povo de desleixe.

    E todos sabemos que, mesmo em tempos de normalidade, é muito difícil consciencializar, regrar e responsabilizar as crianças e os adolescentes, e que, portanto, foi o governo, que ao não ter proporcionado as mínimas condições de segurança e distanciamento dentro das escolas, gerou o caus sanitário nas escolas e nos hospitais… gerou o caus no país. Sinto-me envergonhado por viver num país com um (des) governo destes.

    • Zulmiro on 4 de Novembro de 2020 at 14:24
    • Responder

    Provavelmente , o Governo já pondera assegurar o funcionamento das escolas durante 24h por dia para proteger as famílias do risco de contágio procedente das crianças e jovens e assim garantir que a economia aguenta.

    • Ilda on 4 de Novembro de 2020 at 14:38
    • Responder

    Eu acho que as escolas são o lugar mais seguro a nível de higiene e segurança. Nunca vi salas tão bem arejadas, cantinas de 200 pessoas a comer com máscara , oferta diária de boas máscaras e turmas de 15 alunos. São fantásticas.

    Apoio a 200% CS e Políticos que são daelhor corja que há.

    Ps-sindicatos dos professores tb são maravilhosos…tinha esquecido deles… Apesar de todos os dias pensar neles

    • Maria on 4 de Novembro de 2020 at 14:39
    • Responder

    Há mais de um mês que tenho comentado aqui que as escolas deveriam fechar. Parece que tenho razão!

    • Alecrom on 4 de Novembro de 2020 at 15:19
    • Responder

    Ó Zulmiro
    Não é nada disso.

    É assim: abrir as escolas 24 horas por dia, mas para proteger as crianças do risco de infeção em casa.

    Notas:
    As escolas não deveriam (ter de) fechar.
    Acho desastrosa a forma como abriram.
    Com a política do empurra com a barriga, muitas delas acabarão mesmo por ter fechar e por longos períodos.

    • Rosinha on 4 de Novembro de 2020 at 15:40
    • Responder

    Sem medidas preventivas haverá um confinamento muito mais penoso!!!
    Fechem as escolas pelo menos comecem pelo secundário….nós já temos a experiência do ensino à distância!
    Só hoje foram registados mais de 7000 casos e 59 mortes.
    Protejam as pessoas por favor Sr. ministro e Sr.Presidente da Republica!!!
    Senão…. a falta de professores será maior!

    • PROFET on 4 de Novembro de 2020 at 17:32
    • Responder

    É este o caos que o governo fez com que acontecesse, e ainda vai piorar muito. É muito triste e revoltante. Mais palavras para quê? E é incrível como esta enfermeira, tão enganada que está por este governo mentiroso e também devido à sua enorme humildade, quase que iliba o governo de responsabilidades. Eu não ilibo, de todo.

    https://www.cmjornal.pt/multimedia/videos/detalhe/video–nos-precisamos-de-ajuda-enfermeira-emocionada-denuncia-falta-de-condicoes-nos-hospitais-veja-as-imagens?ref=DET_Ultimas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: