adplus-dvertising

A educação está novamente num impasse que anuncia uma convulsão com resultados imprevisíveis

 

A educação está novamente num impasse que anuncia uma convulsão com resultados imprevisíveis

O poder de influenciar mudou de instituições estabelecidas para redes dispersas. As redes sociais permitem que se influencie de um modo que seria impensável na entrada do milénio.

É notório que a educação está novamente num impasse que anuncia uma convulsão com resultados imprevisíveis. O Governo terá de recuperar o tempo de serviço dos professores e a plataforma sindical não poderá assinar uma versão que não o contemple. E se a mesa negocial voltou a não valorizar (como em 2008) as redes sociais e a saturação dos profissionais, o executivo adiou o inadiável. Agravar-se-á se a entrada no quadro de professores não continuar a obedecer a um concurso nacional por lista graduada.

Para além disso, há quem pense erradamente que é suficiente esperar pela reforma da geração que está nos últimos 3 a 7 anos de exercício. Se essa geração trabalhou mais 10 a 15 anos que a anterior, e sofreu tantos outros efeitos austeros ou de excessos ideológicos, a geração que tem que percorrer 10, 15 ou mais anos foi também alvo da não contagem do tempo de serviço, das cotas e vagas na avaliação kafkiana, de outros travões na carreira, da condição de contratado anos a fio e de um impensável clima de parcialidade.

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2022/12/a-educacao-esta-novamente-num-impasse-que-anuncia-uma-convulsao-com-resultados-imprevisiveis/

2 comentários


  1. A municipalização é a máfia em acção e o caciquismo partidário. E
    todos, mas todos os partidos passaram a rasteira aos portugueses. O referendo à regionalização, há uns anos atrás,mostrou bem que os portugueses estão contra. Nas nossas costas todos esses partidos e organizações entraram em colaboracionismos secretos para nos impingirem isso à força!

    • TM on 9 de Dezembro de 2022 at 13:57
    • Responder

    A educação foi rebaixada para manipular. Há medo em todas as salas de professores. Basta!
    É tempo de coragem para repor honestidade e o ministro sonso que vá de vela, mais todos os seus maquiavelismos de meias palavras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: