Voluntarismo! Não. Profissionais de Corpo Inteiro? Sim! – SINAPE

 

Voluntarismo! Não. Profissionais de Corpo Inteiro? Sim! – SINAPE

O voluntariado é fator de solidariedade e bem-querer social que deve ser estimulado e acarinhado por ser complementar ao trabalho.

O voluntarismo está quase sempre relacionado com a transformação de trabalhadores indevidamente mal remunerados, ou seja, abaixo daquilo que devem e merecem transformando-os em “voluntários à força”.

As atividades profissionais relacionadas com a Educação podem degenerar em voluntarismo pois a tutela (Governo/Ministério da Educação) sabem que por muito mal remunerados que os seus empregados sejam estes jamais abdicarão de darem o máximo de profissionalismo que têm.

Lidam com jovens. Lidam com Seres Humanos. Lidam com filhos. Lidam com gente. Mesmo que sejam remunerados como fazendo voluntarismo trabalharão sempre como profissionais.

A tutela não se pode aproveitar do profissionalismo e da responsabilidade dos Profissionais da Educação sabendo que estes jamais farão de uma Escola uma qualquer Fábrica de moldes.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/07/voluntarismo-nao-profissionais-de-corpo-inteiro-sim-sinape/

3 comentários

    • Alecrom on 23 de Julho de 2020 at 18:27
    • Responder

    De forma clara,
    só dá para perceber uma coisa:
    não sabem o que é trabalhar numa fábrica de moldes.

    • Cris on 23 de Julho de 2020 at 19:01
    • Responder

    Ah ah!
    A falta de cultura geral deste pessoal é demais.
    Se querem fazer comparações pejorativas não podem ir buscar o exemplo de uma fábrica de moldes.
    Um sector inovador onde somos um dos países mais tecnologicamente avançados do mundo.
    São vocês que ensinam as novas gerações?
    Medo! Muito medo!

    • Tiago on 23 de Julho de 2020 at 19:08
    • Responder

    De facto os professores devem estar atentos. Foco nos alunos e nas aprendizagens. Refutar as redundâncias ( por exemplo remeter em ata para o PCT).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: