28 de Julho de 2020 archive

Publicação da Lista Definitiva do Procedimento para a celebração de contratos de associação 2020

 

Encontra-se publicada a lista definitiva do procedimento para a celebração de contratos de associação 2020.

 

Lista Definitiva do Procedimento para a celebração de contratos de associação

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/07/publicacao-da-lista-definitiva-do-procedimento-para-a-celebracao-de-contratos-de-associacao-2020/

Indicação da Componente Letiva (2.ª fase) / Renovação de Contrato / Necessidades Temporárias (pedido de horários)

 

Encontra-se disponível a aplicação que permite às escolas procederem à atualização da identificação dos docentes aos quais já é possível atribuir componente letiva (retirá-los da situação de ausência de componente letiva), bem como indicar a intenção de renovação de docentes contratados e proceder ao pedido de horários, das 10:00h do dia 28 de julho até às 18:00h de Portugal continental do dia 30 de julho.

Consulte a nota informativa.

 

SIGRHE

Nota informativa

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/07/indicacao-da-componente-letiva-2-a-fase-renovacao-de-contrato-necessidades-temporarias-pedido-de-horarios-2/

Horários de Estabelecimentos, possíveis, para o EPE e 1.º Ciclo em regime presencial

Neste novo ano letivo, impõem-se fortes mudanças. A organização dos estabelecimentos de ensino, deve ter em atenção todos os fatores e intervenientes no processo. Os alunos devem poder aproveitar, da forma mais eficaz, a sua permanência na escola para que o processo ensino/aprendizagem se realize da forma mais adequada. Aos encarregados de educação, deve ser assegurado que os seus educandos têm um ensino de qualidade e equidade, que potencie todas as suas capacidades. Deve também ser garantida a segurança, com especial atenção para a saúde, a todos os membros da comunidade educativa.

É importante definir estratégias, que deem prioridade à prevenção da doença e à minimização do risco de transmissão do novo coronavírus, procurando avalizar condições de segurança e higiene nos estabelecimentos de educação e ensino, através da adoção de um conjunto de medidas preventivas, bem como da conceção de mecanismos e procedimentos que permitam a deteção temporã de eventuais casos suspeitos e rápida e adequada aplicação de medidas de contenção do risco de contágio da restante comunidade, em articulação com as autoridades de saúde, conforme definido nos Planos de Contingência de cada estabelecimento.

Ficam aqui alguns exemplos de ensino presencial, possíveis:

EPE

Início Termo 2.ª feira 3.ª feira 4.ª Feira 5.ª Feira 6.ª Feira
9:00 12:00          
12:00 13:30 Almoço
13:30 15:30          

Este horário pode-se aplicar a estabelecimentos em que apenas funciona o EPE. É o horário que já se aplicava, mas têm de ter em atenção o horário de intervalo, tem de ser desfasado, umas turmas têm intervalo das 10 às 10:30 horas e outras das 10:30 às 11 horas.

Início Termo 2.ª feira 3.ª feira 4.ª Feira 5.ª Feira 6.ª Feira
9:00 11:45          
11:45 13:15 Almoço
13:15 15:30          

Este horário pode ser utilizado em estabelecimentos em que também esteja presente o 1.º Ciclo. O desfasamento de horário em relação ao intervalo continua a ser o mesmo do anterior, mas também é necessário desfasar o horário de almoço em relação aos horários do 1.º Ciclo.

1.º Ciclo

Exemplo 1

Horário 1 

Início Termo 2.ª feira 3.ª feira 4.ª Feira 5.ª Feira 6.ª Feira
9:15 12:45 AL AL AL AL AL
Será feito intervalo de 30 minutos desfasado do horário 2
12:45 14:00 Almoço
14:00 15:30 AL AL AL AL AL
15:30 16:00 Intervalo
16:00 17:00 AEC

                                                                                                                           

Horário 2 

Início Termo 2.ª feira 3.ª feira 4.ª Feira 5.ª Feira 6.ª Feira
08:45 12:15 AL AL AL AL AL
Será feito intervalo de 30 minutos desfasado do horário 1
12:15 13:30 Almoço
13:30 15:00 AL AL AL AL AL
15:00 15:30 Intervalo
15:30 16:30 AEC

Nota: os horários 1 e 2 serão atribuídos às turmas de cada escola de forma a minimizar o contato Grupo/Turma nos espaços escolares.

Os intervalos da manhã e da tarde, serão realizados de forma desfasada e serão atribuídos espaços distintos no exterior ou interior da escola, de forma a que o grupo/turma não tenha contacto com outros grupo/turma.

Os alunos a quem for atribuído o horário 1, realizarão o intervalo da manhã das 10:30 às 11 horas e da parte da tarde das 15:30 às 16 horas. O horário de almoço ocorrerá entre as 12:45 e as 14 horas.

Os alunos a quem for atribuído o horário 2, realizarão o intervalo da manhã das 10 às 10:30 horas e da parte da tarde das 15 às 15:30 horas. O horário de almoço ocorrerá entre as 12:45 e as 13:30 horas.

Exemplo 2

Horário 1 

Início Termo 2.ª feira 3.ª feira 4.ª Feira 5.ª Feira 6.ª Feira
9:00 12:30 AL AL AL AL AL
Será feito intervalo de 30 minutos desfasado
12:30 14:00 Almoço
14:00 15:30 AL AL AL AL AL
15:30 16:00 Intervalo
16:00 17:00 AEC

 

Horário 2 

Início Termo 2.ª feira 3.ª feira 4.ª Feira 5.ª Feira 6.ª Feira
08:30 12:00 AL AL AL AL AL
Será feito intervalo de 30 minutos desfasado do horário 1
12:00 13:30 Almoço
13:30 15:00 AL AL AL AL AL
15:00 15:30 Intervalo
15:30 16:30 AEC

Nota: os horários 1 e 2 serão atribuídos às turmas de cada escola de forma a minimizar o contato Grupo/Turma nos espaços escolares.

Os intervalos da manhã e da tarde, serão realizados de forma desfasada e serão atribuídos espaços distintos no exterior ou interior da escola, de forma a que o grupo/turma não tenha contacto com outros grupo/turma.

Os alunos a quem for atribuído o horário 1, realizarão o intervalo da manhã das 10:30 às 11:00 horas e da parte da tarde das 15:30 às 16 horas. O horário de almoço ocorrerá entre as 13:00 e as 14:30 horas.

Os alunos a quem for atribuído o horário 2, realizarão o intervalo da manhã das 10 às 10:30 horas e da parte da tarde das 15 às 15:30 horas. O horário de almoço ocorrerá entre as 12:00 e as 13:30 horas.

Não deve a criança/aluno permanecer no estabelecimento de educação por período superior ao estritamente necessário. 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/07/horarios-de-estabelecimentos-possiveis-para-o-epe-e-1-o-ciclo-em-regime-presencial/

Grupos de recrutamento com maior percentagem de professores não colocados

O vídeo seguinte apresenta a evolução, ao longo dos últimos 4 anos, da percentagem de professores não colocados nos diferentes grupos de recrutamento. Este vídeo apresenta os grupos que têm uma percentagem maior de professores por colocar na última reserva de recrutamento.

Subscrevam o canal porque brevemente será publicado um vídeo dos grupos de recrutamento com menos professores por colocar.

Apesar da dificuldade dos últimos anos em preencher horários de alguns grupos de recrutamento em Lisboa e Algarve, percebe-se que a percentagem global de não colocados tem vindo a aumentar. Convém referir que o aumento da percentagem se deve também ao grande aumento de candidaturas (+  4992) que aconteceu em 17/18. A partir desse ano o número de candidaturas tem vindo sempre a diminuir.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/07/grupos-de-recrutamento-com-maior-percentagem-de-professores-nao-colocados/

Regresso às aulas em “plano B”, por Vítor Silva

Regresso às aulas em “plano B”

A Direção Regional de Educação enviou para as escolas um conjunto de orientações para o regresso às aulas presenciais no próximo mês de setembro.

Nessas orientações acautela-se a necessidade de um designado “plano B” que consiste na preleção de aulas a distância.

As orientações são muito parcas na explicação deste plano, indo pouco além do que foi feito em plena emergência sanitária. Chega-se mesmo a mencionar que as orientações emanadas no 3.º período de 2019/2020 serão, quando muito, alvo de atualizações pontuais decididas, caso a caso, por cada unidade orgânica.

Apesar da abnegação de todos, nem tudo correu bem na realização das atividades letivas a distância, já que ninguém previa as súbitas mudanças implícitas nesta modalidade de ensino.

O desnorte que daí resultou, levou inclusive à dispersão de plataformas de gestão das aprendizagens dentro da mesma escola. Este facto que é reconhecidamente prejudicial, poderia por si só, servir como pretexto para pôr de pé um sistema regional de gestão das aprendizagens eficaz, fiável e sustentado cientificamente.

O anunciado reforço de 500 computadores para suprir a carência de equipamentos aferida em abril de 2020 é um começo, mas para estruturar um sistema educativo que comporte de forma verdadeiramente produtiva o ensino a distância pede-se um plano bem mais ambicioso e sistémico.

Todos desejamos que o ensino presencial prevaleça, até porque a modalidade a distância tornou ainda mais evidentes as desigualdades sociais que grassam na região e no país.

Sendo verdade que a componente humana da escola é insubstituível, ninguém pode garantir que por razões sanitárias o “plano B” não tenha mesmo de ser o plano a seguir e todos temos obrigação de fazer mais e melhor.

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/07/regresso-as-aulas-em-plano-b-por-vitor-silva/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: