Sim, consegui! Matriculei o meu educando

Um dia inteiro à frente do computador. Entre uma ata e outra, entre um registo e uma grelha, lá ia fazendo um “refresh” à página do Portal das Matrículas.

O raio da página, ou não carregava, ou “502 Bad Gateway”, ou “Error 404″… de vez em quando lá “abria”. Há que efetuar o login. Lá começava o site a engasgar com a rodinha a rolar e ia “abaixo”. Página em branco sem nada para mostrar. Outras vezes, lá “andava” mais um bocadinho, conseguia ver o meu nome na página, mas quando clicava no ícone “Matricula”, lá começava outra vez a roda a girar ao solavanco até ficar com a página em branco. Uma, duas, três… vinte… quarenta… o desespero não me assistiu, continuei no “refresh”, dia a dentro dia a fora. Almocei com o computador, lanchei com ele por companhia, jantei a dois à luz dos leds do teclado e o site continuava emperrado.

O sono chegou muito antes da madrugada, de tão fraca companhia. Nos lençóis cai dormindo ao fechar os olhos já cansados da luz que a máquina erradia. Com a pressa de dormir, nem aliviei a bexiga, às três horas da matina já ela mais não podia. Acordei assarapantado, alivei o órgão inchado, quando de repente me lembrei e com esforço lá tentei, matricular o cachopo. Qual o meu espanto não foi, quando à primeira me achei no interior do portal. Uma alegria sem fim, se escorreu por mim abaixo, quando finalmente vi surgir à minha frente, o comprovativo de matrícula.

Acordei estremunhado, pela manhã bem fresquinha, pensei que tinha sonhado, com o raio da matrícula!

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2020/07/sim-consegui-matriculei-o-meu-educando/

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • António Sousa on 4 de Julho de 2020 at 13:15
    • Responder

    Fiz agora a matrícula da minha filha: iniciei às 10h, 4JUL2020 (fora do tráfego).
    Aprendi que quando os EE entra com os dados da AT tem de carregar todos os dados de identificação do CC à mão. Portanto é bem mais rápido entrar com o CC. Pin de morada é 0000. Demora cerca de 50 minutos uma matricula nova por causa das 5 opções de escola que se tem de pôr (fora do período de tráfego).
    A filha transita do 9º para o 10º portanto como inicia novo ciclo é uma nova matrícula. Consigo acompanhar o estado do processo.
    Não consigo autorizar a renovação da matrícula da 2ª filha do 11º para o 12º porque “O aluno já tem uma matrícula ativa”. Presumo que alguém da escola já está a tratar da renovação. Portanto se a escola iniciar o processo de renovação de matrículas antes do EE pedir a renovação o EE não vai conseguir acompanhar o processo nem pedir a renovação. Se não houver problemas não é grave.

      • António Sousa on 7 de Julho de 2020 at 11:25
      • Responder

      Dia 7JUL2020 – Já experimentou entrar no portaldasmatriculas.edu.gov.pt? Se a partir das 8 horas da manhã conseguirem fazer o simples login estão de parabéns.
      Escolas paradas que não conseguem fazer a validação dos alunos, Encarregados de Educação a não conseguirem aceder ou a acederem de madrugada.
      Quando se fala que Portugal deveria ser um país produtivo… devia-se olhar para isto.
      Mas que raio de servidor é que o Ministério da Educação se lembrou de pôr para servir um país inteiro? Pois, quando fizeram os testes e não estava ninguém a aceder funcionava muito bem, não era?
      Como já escrevi antes fiz a inscrição das minhas filhas no fim de semana (4 e 5JUL). Hoje seria impossível.
      É mais rápido aceder ao Blog do Arlindo e escrever que acessos assim deveriam envergonhar um país.

    • Sandrita on 4 de Julho de 2020 at 17:45
    • Responder

    O seu texto tem piada e até é algo poético. No entanto, só lhe peço que me confirme o seguinte: Está a fazer prova de sarcasmo, não está? Sossegue o meu espírito, dizendo que está na brincadeira!
    É ridículo e absurdo termos de perder tanto tempo com algo tão simples! Proceder de madrugada está fora de questão. Somos morcegos, agora? Respeitem os EE deste país!!

    1. O sarcasmo está presente, mas que foi às 3 da madrugada, foi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: