Próximo ano letivo pode ter exames com menos matérias

 

Segundo notícia avançada pelo Público, o Ministério da Educação está a trabalhar num novo modelo de exames adaptados ao contexto de pandemia que se antecipa perdurar durante o próximo ano letivo.

Uma das novidades nos exames que serão realizados no próximo ano letivo é envolverem menos matérias obrigatórias. Essa e outras decisões estão em análise pelo Ministério da Educação, avança o jornal Público.

As opções terão por base os resultados dos exames realizados este ano – que serão analisados pelo Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) – e também dois documentos , um sobre o perfil dos alunos e outro intitulado Aprendizagens Essenciais.

A principal mudança que está a ser pensada é desvincular os currículos das diferentes disciplinas do alinhamento dos exames o que poderá permitir que estas provas tenham menos matéria obrigatória de avaliação.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/07/proximo-ano-letivo-pode-ter-exames-com-menos-materias/

7 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Matilde on 30 de Julho de 2020 at 11:50
    • Responder

    “… desvincular os currículos das diferentes disciplinas do alinhamento dos exames o que poderá permitir que estas provas tenham menos matéria obrigatória de avaliação.”

    Se assim for, os exames passarão a servir exactamente para quê? Passarão a classificar o quê?

    Não seria muito mais coerente e não teria muito mais lógica acabar com os exames e encontrar uma formula alternativa à actual de selecção dos alunos para efeitos de candidatura ao ensino superior?

    O “faz de conta” parece continuar… Nos moldes agora propostos, estará provavelmente aberto o caminho para esvaziar os exames de conteúdo e de significado… Mas certamente continuarão cheios de procedimentos burocráticos e formais, para dar a aparência de que são muito importantes e imprescindíveis…

    ” Mais importante do que ser é parecer ser.” (Maquiavel).

    • Zaratrusta on 30 de Julho de 2020 at 12:44
    • Responder

    Portanto, prevê-se que os próximos exames ainda sejam piores que os deste ano. E não me estou a referir aos possíveis resultados, mas sim à forma e conteúdo. Quanto ao conteúdo, pouco tinham de aprendizagens essenciais; quanto à forma, contrariam em tudo o que de mais elementar existe sobre uma prova de avaliação.
    Aos alunos que os irão realizar no próximo ano deixo uma recomendação: não estudem pelos manuais nem pelos apontamentos, antes comprem daqueles livrinhos de palavras cruzadas e adivinhas, que os resultados serão melhores.

    • J.F. on 30 de Julho de 2020 at 13:56
    • Responder

    Cá para mim vão abordar holísticamente temáticas como: género/multigénero/ transgénero; prevenção rodoviária e de comportamentos aditivos; multi e transculturalidade; declaração Universal dos direitos humanos, da criança e dos animais; violência doméstica e no namoro; sexualidade e emocional idade; comportamentos alimentares e saúde desportiva; …

    • Alecrom on 30 de Julho de 2020 at 14:16
    • Responder

    CMG: Currículo Mínimo Garantido.

    A chatice continuará exatamente a mesma com disciplinas como Matemática e Física e Química.

    Por muito que restrinjam/encurtem os programas…
    aquilo continua a ser pouco ou nada flexível, lol.

    Esta gente procura o quê?

    Certificar a ignorância?

    • Alecrom on 30 de Julho de 2020 at 14:20
    • Responder

    As médias dos resultados dos exames deste ano vão ser surpreendentes.

    O medo dos efeitos do E@D…

    O Arlindo devia colocar à votação a estimativa do aumento da média dos exames do secundário: 1, 2, 3 ou 4 valores, lol.

      • Amor on 30 de Julho de 2020 at 15:03
      • Responder

      4.

    • Pirilau on 30 de Julho de 2020 at 14:28
    • Responder

    Ainda não perceberam que escola já não é o sítio onde se aprende mas sim o sítio onde se guardam os filhos para que os pais possam ir trabalhar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: