Chegou a Hora das Escolas perceberem que podem solicitar a Mobilidade entre Escolas de Assistentes Sociais ou Outros TE.

 

Basta que o candidato em 2020, tenha vinculado no concurso PREVPAV numa escola, para que outra Escola ou Agrupamento interessado possa pedir a sua mobilidade na plataforma SIGRHE. Escolas e Agrupamentos entendam de uma vez que, só têm a ganhar com a sua presença. Se o candidato contacta a vossa escola para mobilidade, não achem sempre que a vossa Escola/Agrupamento é o exemplo e que não têm casos de alunos ou famílias que possam necessitar de acompanhamento social. No momento que o país e o mundo atravessa, o A.S. é uma mais valia para contactar alunos, famílias e professores. Há muito desemprego nas famílias dos alunos, muita fome, muita violência doméstica, muita necessidade de apoio sociopsicológico entre outras mais problemáticas. Ter a resolução destas problemáticas, com a intervenção do A.S. através dos contatos que estabelece com os parceiros locais (segurança social, banco alimentar, IPSS, câmaras municipais, juntas de freguesia, tribunais, equipas no terreno de RSI, hospitais, etc) é essencial e vital. Se o A.S. ou outro TE contactar a vossa Escola/Agrupamento para falar da possibilidade de vossa Exas solicitarem a sua mobilidade na plataforma SIGRHE, não o humilhem, não se achem donos da razão ao afirmarem que a vossa Escola ou Agrupamento é um exemplo que tem zero casos de alunos ou famílias a precisarem de intervenção social. Não passem a imagem da Escola/Agrupamento perfeito, isso não existe, ninguém acredita! É pura utopia! Já pensaram nos imensos alunos, famílias que deixam de ser ajudados ou de ter intervenção social por causa do vosso capricho? Se o A.S. ou outro TE vos contacta já pensaram que também ele pode precisar que vocês Escolas deem o primeiro passo e reconheçam, antes de fazerem juízos de valor, que será uma mais valia para ambas as partes, trabalharem mutuamente, lado a lado? É preciso que vocês Escolas compreendam que por vezes, também é difícil o A.S. ou outro TE estabelecer esse primeiro contacto com vocês, expor-se, mostrar todo o seu trabalho ao longo dos anos, com o seu currículo, explicar-vos o motivo porque quer vir a trabalhar com vocês, e ás vezes ele pode ter um motivo extremamente forte, ter no seu agregado familiar um membro doente a necessitar de ficar mais perto para lhe dar assistência, entre tantos outros motivos. Antes de fazerem juízos de valor, será que conseguem uma vez na vida, colocar-se no seu lugar? Se ele fosse um professor, por iniciativa própria pediria a sua mobilidade diretamente ao Ministério da Educação e vocês Escolas/Agrupamentos tinham de o aceitar, sem poderem questionar e sem acharem que não precisam dele!!! Teriam de recebê-lo sem achar que dirigem uma Escola ou Agrupamento fantástico, sem casos a necessitar de intervenção da área social!! Pensem nisso!

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/07/chegou-a-hora-das-escolas-perceberem-que-podem-solicitar-a-mobilidade-entre-escolas-de-assistentes-sociais-ou-outros-te/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: