A Solução Simples Para 2020/2021

É manter o Portal das Matrículas como está e a redução de alunos será drástica para o próximo ano.

Dificilmente alguma escola terá problemas com o distanciamento social.

Já perguntei uma vez e volto a perguntar. O ME não precisa de uma nova equipa para fazer um portal simples e eficaz? É que dá dó ver a ineficácia deste portal, assim como do E360, para dar resposta com alguma qualidade.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2020/07/a-solucao-simples-para-2020-2021/

7 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Roncato on 3 de Julho de 2020 at 20:42
    • Responder

    O Portal das Matrículas e o E360 são como o Novo Banco. É só ativos tóxicos. O E360 pelo menos faz jus ao nome. Já existe há quase 8 anos e não sai do mesmo lugar (360 graus em torno dele mesmo). Parafraseando o Medina, os dirigentes são muitos fracos com a agravante de na Educação haver exército. Não há é generais.


  1. Who Cares?
    Desde que os conhecidos possAm colocar €€€€_ ao bolso. O resto pouco importa.

    • Maria on 3 de Julho de 2020 at 23:09
    • Responder

    Demorei 4 horas e 30 minutos para conseguir fazer duas renovações de matrículas…

    • António Campos on 3 de Julho de 2020 at 23:45
    • Responder

    Quando um site do “ministério da educação” funciona desta maneira, e onde estão os “entendidos/empresas ” a tratar do assunto…….
    dá para imaginar o dito plano tecnológico que vai parar às escolas….


    1. Não é preciso imaginar nada, basta olhar para as empresas que dão assistência técnica na maioria das escolas.


  2. Acabei de fazer a matrícula da minha filha e demorei uns 15 minutos!!! Já é a terceira vez que tento! À terceira foi mesmo de vez!!! Mas levantei-me às 6h30 da manhã!!!!! Pois já sei que durante o dia, vai ser outra vez aquela lentidão!!!!

    • Sandrita on 4 de Julho de 2020 at 17:53
    • Responder

    Qual é a utilidade das ditas matrículas quando não há mudança de escola nem o aluno atingiu a maioridade? No estrangeiro, enquanto a criança está em idade de escolaridade obrigatória e pretende manter-se no mesmo estabelecimento de ensino, a matrícula é automática. Isto é, os pais apenas procedem à matrícula aquando do ingresso no sistema escolar, no jardim de infância e/ou na primária, conforme o país. Se for necessário apresentar documentos, eles são oportunamente solicitados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog