adplus-dvertising

Quem tem pelo menos 20 anos de serviço?

 Segundo a proposta do ME, divulgada hoje, poderá vincular extraordinariamente quem complete até 31 de Agosto de 2016, 7300 dias de tempo de serviço com qualificação profissional.

Ora, considerando a lista de ordenação definitiva (com tempo de serviço até Agosto de 2015), verificamos que existem 298 candidaturas que corresponde a 266 candidatos (eliminando os que concorrem a vários grupos).

Como a proposta contempla o tempo de serviço a 31 de Agosto de 2016, acresci 366 dias de tempo de serviço, de forma a ter uma ideia mais realista (salvaguardando o facto de que se tratar de uma previsão).

20-anos_pve-1

No quadro seguinte foi feita a distribuição de todos os candidatos que até à data se encontram colocados, por QZP e grupo de recrutamento… provavelmente este quadro dá-nos uma ideia mais aproximada dos números desta proposta e dos locais onde serão abertas as vagas.

Claramente a montanha pariu um rato e se estas propostas não sofrerem alterações significativas prevê-se um futuro complicado para este ministro e a perpetuação e agravamento de inúmeras injustiças para os professores.

20-anos_pve_qzp-1

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/11/quem-tem-pelo-menos-20-anos-de-servico/

20 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Tempo on 30 de Novembro de 2016 at 20:37
    • Responder

    As listas deste ano possuem o tempo até 31 de Agosto de 2015

      • Davide Martins on 30 de Novembro de 2016 at 21:04
      • Responder

      Claro que sim… as tabelas estão de acordo com isso mesmo… obrigado!

        • Tiago on 30 de Novembro de 2016 at 23:00
        • Responder

        Mas o tempo de serviço conta todo ou só depois da profissionalização?

          • goodday on 1 de Dezembro de 2016 at 10:32

          todo o tempo serviço

          • lia on 1 de Dezembro de 2016 at 11:05

          Tempo de serviço SÓ APÓS A PROFISSIONALIZAÇÃO. E 5 contratos NO MESMO GRUPO nos últimos 6 anos.

          • goodday on 1 de Dezembro de 2016 at 17:04

          com o teu ponto de vista,vais precisar de 50 anos..

        • Ricardo Cunha on 30 de Novembro de 2016 at 23:23
        • Responder

        E o grupo 290?

          • goodday on 1 de Dezembro de 2016 at 9:24

          o 290 esta no mm sitio do 910..nao tem candidatos q preencham cumulativamente os requisitos de vinculaçao,por isso nao aparecem na tabela.

    • José on 30 de Novembro de 2016 at 22:39
    • Responder

    ACABOU A MAMA. ATENÇÃO, a norma travão não se aplica este ano, ver última alínea do decreto lei, desta forma é como para o ano há concurso geral não vai haver reconduçoes e assim os amigos que ficaram os últimos 4 anos numa escola com média muito baixa vão ter de arranjar horário completo para o ano, como não vai haver horário vai fazer-se justiça pois os nais graduados vão ocupar essas vagas. A mama acabou, não vai haver mais ultrapassagens..

      • João Pires on 30 de Novembro de 2016 at 22:52
      • Responder

      Errado!
      Pode haver reconduções, mesmo com o concurso geral! Não pode é ultrapassar as 4 seguidas.

        • Isabel on 30 de Novembro de 2016 at 23:53
        • Responder

        A Fenprof diz que não…que 2017 será ano zero de renovações…” mas já não digo nada… “A FENPROF assinala positivamente a confirmação do fim das bolsas de contratação de escola, a consideração de 2017 como “ano-zero” das renovações” . Mas o ano passado também queriam que não houvesse renovações por causa do fim da BCE et voilá quase 2000! inclusivé de BCE 😉 http://www.fenprof.pt/?aba=27&mid=115&cat=95&doc=10622

          • Júlio Vaz on 1 de Dezembro de 2016 at 13:08

          Isabel, era importante ver escrito por parte do ME que “2017 será ano zero de renovações…”! Havia assim alguma justiça.

      • lia on 1 de Dezembro de 2016 at 11:16
      • Responder

      O José, mas achas que os mais graduados vão conseguir alguma coisa? Eu já te respondi noutro post.
      Muitos poucos terão os 7300 dias e os 5 contratos no mesmo grupo. É que os últimos 6 anos foram precisamente os piores em termos de colocações e muitos professores tiveram de mudar de grupo para poderem continuar a trabalhar. Mesmo 5 contratos nos últimos 10 anos no mesmo grupo poucos reuniriam essa condições.
      É lamentável os precários da função pública vincularem e os professores precisarem de mais de 20 anos (sim, porque para terem os 7300, têm muito mais que 20 anos de serviço por causa dos incompletos) e 5 contratos no mesmo grupo.

    • Ricardo Cunha on 30 de Novembro de 2016 at 23:22
    • Responder

    E o 290?

    • Isabel on 30 de Novembro de 2016 at 23:49
    • Responder

    A montanha não pariu um rato…pariu um bigode de rato…isto é tudo muito bonito mas quem é que garante que estes candidatos têm 5 contratos a termo resolutivo nos últimos 6 anos no público? Nós só vemos o tempo de serviço…

      • lia on 1 de Dezembro de 2016 at 11:24
      • Responder

      Claro. Isabel.
      A exigência é muito elevada, pois são 5 anos NO MESMO GRUPO. Ora, nós sabemos que quem tem os 20 anos de serviço são precisamente os colegas dos grupos mais problemáticos que, para evitarem o desemprego, tiveram de adquirir outras formações e mudar de grupo.
      Ter mais formação é, neste momento, penalizador. O que não devia ser, porque o mec poderia rentabilizar melhor os recursos com esses docentes, caso vinculassem. Não percebo isto.

    • Júlio Vaz on 1 de Dezembro de 2016 at 13:05
    • Responder

    “A FENPROF assinala positivamente a confirmação do fim das bolsas de contratação de escola, a consideração de 2017 como “ano-zero” das renovações, ainda que tenha reiterado a sua oposição a este mecanismo, bem como a consolidação da mobilidade para professores portadores de deficiência. No entanto, o projeto do ME terá de ser significativamente melhorado para, eventualmente, poder merecer uma apreciação globalmente satisfatória.”

    http://www.fenprof.pt/?aba=27&mid=115&cat=95&doc=10622

    Espero que se cumpra: a consideração de 2017 como “ano-zero” das renovações!

    • Caos on 1 de Dezembro de 2016 at 22:10
    • Responder

    Os cálculos estão errados. Por exemplo: em Filosofia passa de 9 professores com o tempo necessário (2015) para 20 (2016), este aumento deve-se ao facto de estes Docentes trabalharem noutros grupos. Logo nunca vão poder vincular em Filosofia. Daí estas tabelas não serem de fiar.

      • Celso Aradas on 5 de Dezembro de 2016 at 19:58
      • Responder

      As tabelas mostram apenas as pessoas que reúnem os 7300 dias. São um indicador importante e é de louvar o trabalho do arlindo e do davide, Claro que muitas destas pessoas não se enquadram na proposta, porque mudaram de grupo ou trabalharam nos últimos anos no privado, mas estas pessoas que apenas criticam é que não são de fiar.

    • Isabel Magalhaes on 1 de Dezembro de 2016 at 22:14
    • Responder

    E os docentes do 910 e dos outros grupos de recrutamento que não se enquadram por imposição da própria lei nas condições desta proposta, ficam excluídos? Mas afinal que tipo de propostas são estas com visão pequena e distorcida, que não consideram igualdade de circunstâncias para todo este grupo de profissionais- os docentes de qualquer grupo de recrutamento! Saberão que existem? Irradicam estes profissionais ao acesso à vinculação e mais uma vez criam buracos… é isto democracia de ignorância, misturada com literacia de arrogância!


  1. […] Quem tem pelo menos 20 anos de serviço? […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: