Diferenças Entre os Pedidos da Fenprof e da FNE Relativamente ao 1º Ciclo

Já são conhecidas as propostas da FNE e da FENPROF relativamente à organização do ano Lectivo para 2016/2017.

Não conheço ainda mais nenhuma proposta de outra organização sindical e por isso centro-me nestas duas para verificar o que pedem relativamente ao horário de trabalho dos docentes do 1º ciclo.

 

Há uma diferença substancial entre as duas propostas no que respeita a esse horário de trabalho.

A FNE considera que a hora no 1º ciclo deve ser considerada em tempos de 50 minutos, enquanto a FENPROF omite esse tempo de trabalho, considerando apenas que o horário do intervalo deve ser considerada como tempo lectivo.

No caso da proposta da FNE o tempo de trabalho de um docente do 1º ciclo deveria ser de 1250 minutos e na proposta da FENPROF de 1500 minutos.

São estas pequenas coisas que fazem grande diferença.

E sobre isso já me pronunciei e considero que para haver um tratamento idêntico entre todos os docentes a componente lectiva de todos no que respeita à hora lectiva devia ser igual para todos, 50 minutos.

 

Proposta da FNE
fne 50 minutos
Proposta da FENPROF

fenprof intervalos

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/03/diferencas-entre-os-pedidos-da-fenprof-e-da-fne-relativamente-ao-1o-ciclo/

3 comentários

    • Armando Morais on 8 de Março de 2016 at 0:16
    • Responder

    Como sempre a Fenprof deixa o 1º ciclo em segundo plano e pago eu cotas para essa gente

    • Jose Santos on 8 de Março de 2016 at 19:08
    • Responder

    Visto desta maneira até parece melhor o que a FNE propõe. A mim não me chateia ter que trabalhar 25 horas letivas mas sim o tempo de contagem para a reforma.
    Agora será que está a pedir que os horários passem a funcionar por disciplina e depois vamos ter menos horas mas depois vamos ter menos horários e mais gente no desemprego. Desconfio deste pedido da FNE

    • Alzira on 8 de Março de 2016 at 22:32
    • Responder

    os professores de 1º ciclo e educadores devem ter a reforma completa aos 55 anos independentemente do tempo de serviço.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: