18 de Março de 2016 archive

“Animação, hoje é sexta!” (The Necktie)

Viva, hoje é sexta, dia de animação aqui pelo blogue e esta semana a antecipar o período de interrupção lectiva da Páscoa.

Para hoje, um filme que conjuga a técnica de animação em volumes (marionetas) e desenho. The Necktie (A Gravata) é um filme realizado em 2008 no NFB-ONF (Canadá) por Jean-François Lévesque e conta a história de Valentim e o caminho que percorre para encontrar um sentido para a sua vida. Num beco sem saída, Valentim esqueceu-se de todas as coisas em que encontrava sentido para a sua vida e que lhe costumavam trazer alegria. Com o passar dos anos é o tédio que substitui todas as suas aspirações e esperança para o futuro mas é pelo seu 40.º aniversário que Valentim descobre no fundo do seu armário um velho acordeão que o vai fazer recuperar a paixão pela vida.

Uma animação a não perder! Com os votos de boa Páscoa!

Até à próxima sexta!

 

https://www.youtube.com/watch?v=OoCrvttPRSE

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/03/animacao-hoje-e-sexta-the-necktie/

Velhos Problemas

sigrhe

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/03/velhos-problemas/

Aposta Para Hoje

… para 60 milhões.

 

euromilhoes 18 março

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/03/aposta-para-hoje-79/

Opiniões… Paulo Guinote – Educação simplex

Eu diria, quase um desvario… mas é o que temos.

 

Isto é demasiado mau. Revela impreparação, ausência de rumo, experimentalismo no mau sentido, alijamento de responsabilidades.

A evolução da situação da avaliação externa das aprendizagens dos alunos do Ensino Básico ganhou nos últimos dias uma curiosa, embora não inesperada, faceta simplex. Depois da abolição, por via parlamentar, das provas finais do 4.º ano sob a bandeira simplista do “fim do exame da 4.ª classe”, perto já do final do 1.º período de aulas, a nova equipa ministerial ficou com um problema por resolver, em virtude do vazio criado. Para não dar a sensação de ter sido ultrapassado pelos acontecimentos, o novo ministro apareceu, a abrir Janeiro de 2016 e o 2.º período, com o anúncio de um ambicioso “modelo integrado de avaliação das aprendizagens no Ensino Básico” que acabava também com as provas finais do 6.º ano, introduzia um sistema de provas de aferição em anos intermédios (2.º, 5.º e 8.º) dos vários ciclos de escolaridade e mantinha apenas as provas finais de 9.º ano, de final de ciclo e do Ensino Básico.

 

(clicar na imagem) in Público

Paulo-Guinote

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/03/opinioes-paulo-guinote-educacao-simplex/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: