adplus-dvertising

As AEC… de inicio de ano…

As AEC estão entregues a um número infindável de entidades…

Este ano, com o atraso que houve na abertura de concursos para os docentes que as leccionam, (triste e miserável fado o deles) reina a confusão de sempre.

Em muitas escolas do 1º ciclo, vulgo, agrupamentos inteiros, as ditas atividades ainda não tiveram inicio. Nuns, não há docentes contratados para o efeito e em “alguns” esse corpo docente ainda não está completo. A situação é sempre de lamentar e demonstra, mais uma vez, o interesse dos responsáveis em dar início ao ano letivo sem constrangimentos.sala

As consequências estão à vista e tornam a vida de todos num inferno. Os professores titulares de turma cumprem horários provisórios, asseguram horas que não são deles. As assistentes operacionais transformam-se em “guardadoras” de crianças durante esses horários, os Encarregados de Educação, refazem os seus planos para assegurar a hora de ir buscar as crianças à escola mais cedo… E os professores das AEC, a quem tanta falta faz o “miserável euro” advindo dessa atividade, continuam em casa a aguardar…

Outra realidade é a dos docentes, já a exercer que são colocados num dos diversos concursos a decorrer, numa escola “perto de si”, e abandonam as AEC na expectativa de um futuro melhor. São mais uns “dias” de interrupção, mais uns dias em que a escola a tempo inteiro se transforma em escola “parcial”…

Mas isto não interessa a ninguém…

O ano letivo era para começar sem sobressaltos. Até se adiou o início numa semana para que tudo começasse “sobre rodas”… Falta ar ao pneu e o veículo move-se devagar, arrastando-se encosta acima num movimento vagaroso como em outros anos…

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/as-aec-de-inicio-de-ano/

5 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • manue on 30 de Setembro de 2015 at 22:03
    • Responder

    o que não interessa a ninguém é o facto dos horários serem constituidos de cinco horas ou seis horas semanais, com deslocações à carga do professor. É óbvio que quem arranja melhor vai-se embora. É urgente melhorar as condições de trabalho dos professores AEC para haver mais estabilidade.

      • Fafe on 1 de Outubro de 2015 at 0:01
      • Responder

      A partir do momento em que se reconhece “professores AEC”, terei pouco a divertir-me com a miséria.

    • Fafe on 30 de Setembro de 2015 at 23:54
    • Responder

    Preocupo-me também com a forma, a qual, em qualquer início, não reportará ao verdadeiro ou falso John do Montijo…
    Ou seja, num local destes faz-me espécie a contumácia iletrada – mas cada um é que saberá os e dos acordos que pretende.

    • Ana on 1 de Outubro de 2015 at 11:38
    • Responder

    Permitam-me uma correção: quem leciona AEC não é docente, mas sim TÉCNICO ESPECIALIZADO!!!!! Muita mais nice!!!!! Mâ mêmo muita nice!!!

    E, segundo algumas direções, o tempo de serviço nem seuqer deveria contar para concurso…. Estão a averiguar se irá contar este ano…. Não estou a brincar, mesmo!!!!

      • valéria on 2 de Outubro de 2015 at 19:07
      • Responder

      O tempo de serviço nas aec conta apenas quando é uma aec da área em que o docente é profissionalizado, está na lei e é diferente dos outros técnicos.


  1. […] arlindovsky.net/2015/09/as-aec-de-inicio-de-ano/ […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: