adplus-dvertising
adplus-dvertising

9 de Setembro de 2015 archive

Pensamento do SPZN Sobre as Permutas

Não difere do meu, obviamente.

 
 

Permutas de docentes: o cumprimento rigoroso da lei ou a promoção de injustiças?

 

 

permutas_spzn

 

 

A DGAE publicou hoje, dia 7 de setembro de 2015, uma Nota Informativa relativamente aos procedimentos das Permutas – Mobilidade interna e Contratação inicial, para o ano letivo 2015-2016.

Nesta nota informativa pode-se ler no seu ponto 2 que “A permuta pode ser operacionalizada exclusivamente entre docentes que se encontrem numa das seguintes situações:

a) Docentes QA/QE colocados na 1ª prioridade do concurso de Mobilidade Interna;
b) Docentes QZP colocados na 1ª prioridade do concurso de Mobilidade Interna;
c) Docentes QA/QE colocados na 2ª prioridade do concurso de Mobilidade Interna;
d) Docentes contratados colocados no concurso de Contratação Inicial.”

O SPZN considera que, não obstante o respeito pela legislação de concursos em vigor, a Direção-Geral da Administração Escolar – DGAE, tal como nos concursos realizados no ano 2013, devia permitir a permuta a todos os docentes que tendo concorrido não obtiveram colocação.

Por considerarmos de inteira justiça e pelo respeito que todos os docentes merecem, iremos tudo fazer junto do MEC, para permitir que aqueles que agora estão impedidos de permutar o possam realizar em igualdade com os demais colegas.

A alteração ao diploma de concursos, que o SPZN reivindicou e continua a reivindicar, torna-se claramente evidente com mais este exemplo, sendo a sua substituição, por um diploma que respeite inteiramente a graduação profissional dos candidatos, essencial para que todos os docentes vejam respeitado o seu investimento na profissão e a sua vida familiar.

SPZN

Porto, 7 de setembro de 2015

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/pensamento-do-spzn-sobre-as-permutas/

Listas dos Açores e da Madeira

Listas de contratação dos Açores aqui e de continuidade de funções na Madeira aqui.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/listas-dos-acores-e-da-madeira/

Governem-se!

Captura de tela 2015-09-09 22.30.54

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/governem-se/

Os filhos dos professores…

Os filhos dos professores são as vitimas inocentes do sistema de concursos de docentes. São os danos colaterais…

Como se explica a um filho que só vai poder ver o pai ou a mãe ao fim de semana? É quase como se os pais se divorciassem (e este sistema já levou a muitos divórcios). Pode-se tentar de várias maneiras, mas as crianças, as nossas crianças, vão acabar sempre por sofrer, no silêncio, a falta de um dos progenitores no seu dia-a-dia.Criança

O que responder a um filho quando este nos pergunta: “Porque é que tens de ir?”; “Porque não arranjas outro trabalho?”; “A minha escola ainda não começou. Porque é que a tua começa mais cedo?” Tenta-se explicar, com lágrimas nos olhos, que a vida de um professor não é justa, para eles, é muito mais injusta.

Quando as crianças são pequenas, é difícil entender porque é que os “bruxos maus” fazem com que os pais vão para longe durante a semana e só voltam à sexta-feira, cansados, exaustos. Quando crescem, a revolta é bem maior

Mas os nossos filhos não são contabilizáveis. Não são peças no tabuleiro. São um problema que não é do sistema. Porquê? Porque um professor não é um pai como qualquer outro, tem “outros filhos” que o sistema põe à frente do seu “legado genético”. Como se os nossos filhos, não fossem eles próprios, filhos de “outros pais” tão iguais a nós próprios…

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/os-filhos-dos-professores/

Mais uma Lista de Mobilidade Estatutária

Ainda estão a sair… listas de mobilidade estatutária…

 

 

Mobilidade de Docentes 2015/2016 Artigo 68º alínea b) do ECD Portaria n.º 1102/97 – DSRNorte

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/mais-uma-lista-de-mobilidade-estatutaria-2/

Nota Informativa, a Antecipar a RR1

Será que ainda hoje ao final da tarde estará publicada a RR1?

Download do documento (PDF, 160KB)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/nota-informativa-a-antecipar-a-rr1/

Contratação aos pacotes

A coisa passou-se, sumariamente, da seguinte forma – o ministro, preocupado com a proximidade das eleições e a possibilidade de incumprimento de prazos previstos para as colocações de professores, convocou uma reunião exigindo que se apresentassem formas rápidas de seleção de pessoal, sobretudo para que os senhores encarregados de educação, votantes, percebessem que a competência do ministério era absoluta e irrepreensivelmente eficaz. 

Por entre a discussão de ideias que fervilhou na mesa, ergueu-se discreta e hesitante, de início, a voz gentil da casta e devota secretária do assessor do secretário do gabinete do senhor ministro. Depois, tomada por uma súbita emergia, ergueu a voz e proclamou, ante o iluminado silêncio que se fez sentir:

– Propomos às empresas externas de contratação de docentes que usem o OLX. 

De início alguém, por certo uma daquelas vozes que apenas vêem obstáculos no imparável futuro, argumentou que a legislação não permitia tal atropelo legal. Logo soou o senhor ministro, ufano com tal descoberta que abria a porta a oportunidades inigualáveis:

– Mude-se a legislação!!!!! 

Mas, como isto das ideias funciona como as cerejas maduras, come-se uma e logo se deseja trincar outra, ocorreu à iluminada cabecinha do assessor do secretário do gabinete do senhor ministro que, além do OLX, podiam ser utilizados os jornais de divulgação maciça, como o Correio da Manhã, mesmo ao lado das fotografias das meninas das massagens, pois o destaque até é maior, ou junto ao obituário do DN, tendo acrescentado alguém que a grande vantagem era que os classificados também podiam ser consultados on-line, em Portugal ou no estrangeiro. 

Entusiasmado com o tremendo progresso das ideias que despontavam, o secretário do gabinete do senhor ministro sugeriu que se alargasse a possibilidade de contratar professores, à moda americana, com anúncios bem visíveis nos pacotes de leite do dia, complementando a proposta com os pacotes de cigarros, o que concederia, assim, uma nova oportunidade de vida aos professores que fumassem.cigarettes-771950_640

O manancial de ideias, tão jactante e promissor foi, contudo, interrompido pela hora já tardia que obrigou ao refreamento das propostas sobre a mesa. Contudo, assegura quem presenciou, que saiu o ministro visivelmente satisfeito com tão profícua equipa que ali desenhou rapidamente o futuro da educação e a reeleição governamental. 

Em surdina, um minúsculo assessor ainda deixou escapar que eram ideias de tão grande excelência que bem podiam ser aplicadas aos médicos, aos advogados, aos juízes… A seu lado alguém o mandou imediatamente calar, resumindo a questão:

– Estás parvo ou quê? Queres arranjar problemas ao governo? Tem juízo, pá, tem juízo…

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/contratacao-aos-pacotes/

Vem aí a RR1

Será amanhã?
Divulgo informação enviada para todos os candidatos. Para quem está indeciso quanto à aceitação em BCE, talvez tenha anda hipótese de esperar pela saída da RR1, para tomar uma decisão.

PS1

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/vem-ai-a-rr1/

O Seu a Seu Dono

No Correio da Manhã surge uma notícia que merece que a complemente e entregue os créditos a quem de facto os merece.

A aplicação da BCE é do colega José Travado e eu apenas aqui a disponibilizei no blogue.

Quem merece todo o reconhecimento nessa aplicação é o próprio José Travado e longe de mim alguma vez querer tirar proveito desse trabalho.

Isto para o causa de alguém fazer leituras interpretações erradas, ok?

bce travado
 
E fica aqui ela de novo com um Script direccionado para o site do José Travado.
 

Número: Grupo: 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/o-seu-a-seu-dono/

Quem Cessou foi o Fafe, não eu

…apesar de às vezes sentir essa vontade.

Foram várias as mensagens que recebi julgando que iria encerrar o blogue a propósito do artigo anterior feito pelo Fafe.

A mim apetece-me continuar por aqui enquanto sentir que vale a pena continuar.

E sinto que ainda vale a pena.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/quem-cessou-foi-o-fafe-nao-eu/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: