“Animação, hoje é sexta!” (Refugiados)

Olá! Hoje é sexta, dia de animação aqui no Blog DeAr Lindo. De animação, cinema de animação, completamente oposto ao sentimentos que nos une, de profunda tristeza com toda a situação que envolve a questão dos refugiados. Assim, facto profundamente triste e que nos deve questionar permanentemente, não poderíamos deixar passar sem referência esta problemática. E esta é também a razão pela qual acreditamos que seja mote para muitos e muitos professores abordarem estas questões em sala de aula… Poderão ser estes alguns recursos?…

A temática de hoje é mesmo essa, a questão os refugiados. O primeiro filme de animação que apresentamos é uma história animada na primeira pessoa aquando de um World Refugee Day que ocorreu há uns anos atrás…. e que agora persiste e se agrava, infelizmente. Eis o primeiro filme de animação, absolutamente arrebatador… E atentem na mensagem no final do filme: Help turn tragic endings into stories of hope

 

https://www.youtube.com/watch?v=VJUdAv8_AhQ

 

Apresentam-se ainda um conjunto de filmes de animação absolutamente brilhantes, animados e realizados, contando a história na primeira pessoa de crianças Sírias, refugiadas. É fascinante a apropriação singela e nobre de uma técnica de animação (recortes) para contar de forma tocante cada história (que nem conseguimos imaginar a dor…). Promovidas e partilhadas pela Save the Children. São seis filmes de animação, proporcionados num workshop que deve ter sido uma experiência única…

 

Syria: Yaarob’s Story

 

Syria: Sulafa’s Story

 

Syria: Inaam’s Story

 

Syria: Ahmad’s Story

 

Syria: Kawthar’s Story

 

Syria: Kifayat’s Story

 

Termino este post com uma animação da WADADA com pendor documental (e animado) que explica de forma clara a questão dos refugiados e que pode servir muito bem de mote para os professores.

Em qualquer dos casos, sempre com acompanhamento dos professores e educadores…

Para reflectir, aprofundar e moldar a consciência humana. Cidadania, Humanidade… Precisam-se, urgentemente…

Um abraço forte, bom ano letivo e até à próxima sexta!

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/09/animacao-hoje-e-sexta-refugiados/

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • AB on 4 de Setembro de 2015 at 21:40
    • Responder

    Boa noite Arlindo! Sabe se posso fazer a desistência de um agrupamento tendo já sido selecionada (hoje)? Ao entrar na desistência esse agrupamento aparece como os outros (em que não estou selecionada) mas estando para aceitação será que não vou ter problemas?? As 24 horas para aceitação, são até às 23:59h de 2ª feira, certo? (dia útil)?Help! Obrigado

    • Give on 4 de Setembro de 2015 at 23:23
    • Responder

    Ainda não vi as animações, mas tendo em conta o tema, e a escolha que @ colega Animajar tem feito ao longo das semanas, só podem ser boas!

    • Pois on 6 de Setembro de 2015 at 1:23
    • Responder

    Partilhem também este vídeo sobre os refugiados e comentem, por favor.

    É assim que eles reagem quando lhes dão comida e água. Parece que a água que é dada pela cruz vermelha (por causa da cruz) vai para o chão.

    https://www.facebook.com/glos.tamas/videos/1617304331856672/

    correr com eles para o pais de origem.

    • Marta on 6 de Setembro de 2015 at 14:11
    • Responder

    “A situação do Médio Oriente é hoje a mais explosiva e volátil e com mais repercussões de sempre. Composta pela nova guerra fria com a Rússia de Putin. Os imparáveis fluxos migratórios vão forçar e reforçar partidos de extrema-direita, acender racismos, distorcer demografias, criar máfias, alimentar o extremismo e terrorismo islâmicos e as suas subculturas identitárias e criminais, mudar o mapa político da Europa e o espaço Schengen. Não vão apenas criar riqueza e contribuir para a economia europeia, como dizem os académicos. Uma integração séria custará biliões. É, de longe, o problema mais grave da Europa, acumulado com a anemia económica e com a condenação da população jovem a migrar dos países europeus em austeridade. Bater no coração e proclamar o amor ao próximo nada resolve na frente da batalha. É a retaguarda imoral da piedade virtual.” Clara Ferreira Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog no Facebook