Licença sem Vencimento

No site da DGAE ficou disponível desde ontem a aplicação para o pedido de licença sem vencimento.

Neste momento chegamos ao ponto de mais de um colega já me ter dito que estava a pensar pedir uma licença sem vencimento por um ano para fugir à requalificação.

Como que um ano de adiamento pudesse servir para alguma coisa.

 

De acordo com aliena e) do n.º 1 do Despacho n.º 6681-A/2013, de 22 de maio, compete à DGEstE autorizar as licenças previstas nos artigos 105.º e 106.º do Estatuto da Carreira Docente, pelo que os pedidos de LICENÇA SEM VENCIMENTO POR UM ANO deverão ser apresentados junto da respetiva Direção de Serviços Regional.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/05/licenca-sem-vencimento/

13 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Maria on 31 de Maio de 2013 at 11:55
    • Responder

    Bom dia, há prazos para fazer este pedido? é presencial?

    • Atónita on 31 de Maio de 2013 at 12:20
    • Responder

    Infelizmente pode servir Arlindo. Basta que numa escola hajam colegas que pediram reforma e que esta ainda não tenha vindo. No próximo ano esse colega, com horário zero, terá lá lugar pois entretanto a reforma já deverá ter chegado.


  1. Mais uma ‘ratoeira’!!

    • Paulo Barata on 1 de Junho de 2013 at 3:16
    • Responder

    Caro Arlindo, É óbvio que pedir essa licença como forma de fugir à “requalificação” – perverso nome que da dita nada tem! – dizia, que procurar esse esquema para fugir então à hipótese de despedimento nada muda pois é necessário os colegas observarem as condições (que já estão na lei) que são impostas ao regresso – a existência de “lugares”. Mesmo que solicitem o regresso, este fica sempre pendente dessa condição, com o colega a permanecer nesse estado “congelado” ad eternum…a legislação está toda muito “bem feita”….

    Abr, Paulo

    • maria on 3 de Junho de 2013 at 15:06
    • Responder

    Será possível, P.F., voltar a ter acesso à legislação importante (3 documentos) relativos à licença sem vencimento que foram retirados daqui e à qual não consigo aceder através do site da DGRHE?

    • Paulo Teixeira on 20 de Maio de 2014 at 22:39
    • Responder

    Boa Noite Arlindo:
    Gostaria de obter uma opinião acera do seguinte assunto:
    Sou professor efectivo de um agrupamento do grupo 230 mas estou destacado por doença noutro agrupamento, com mais de 20 anos de serviço. Acontece que um destes dias recebi uma proposta tentadora na minha opinião para ir trabalhar para um colegio privado em Angola, para iniciar em Janeiro. Muito sinceramente estou a ponderar, mas não sei como devo proceder e quais os procedimentos que devo efectuar, se posso pedir licença sem vencimento em Dezembro e a quais Agrupamentos devo solicitar esse pedido.
    Agradecia uma opinião sincera.
    Cumprimentos

    • Paula Monteiro on 9 de Julho de 2014 at 0:10
    • Responder

    Boa noite.
    Para pedir a licença sem vencimento por um ano não basta preencher a aplicação eletrónica na página da sigrhe? Também tenho que pedir à DGESTE? Como faço este pedido fui à página e não vi nenhum formulário.
    Obrigada.

      • Paulo Teixeira on 9 de Julho de 2014 at 13:41
      • Responder

      Boa Tarde Paula:
      Estive de manha no sindicato a pedir esse tipo de informação, ao qual me informaram que deve-se fazer um oficio dirigido ao diretor do agrupamento e o mesmo remete para a DGESTE. Não existe nenhum formulário mas devemos por no oficio os nossos dados, tempo de serviço, o motivo dessa solicitação e o local onde ira exercer a nova atividade. Ter em atenção que o prazo é até 15 de julho.


      1. Por carta?
        Para quê, se existe a aplicação.

          • Paulo Teixeira on 9 de Julho de 2014 at 14:35

          Contudo, não dá para fazer na aplicação.

    • Paula Monteiro on 9 de Julho de 2014 at 14:53
    • Responder

    No meu agrupamento, que também não sabe muita coisa, disseram-me para escrever um requerimento ao Diretor Geral da DGESTE . Alegam que este procedimento é novo e que não sabem muito bem como deve ser feito e então na dúvida acham que é melhor ser feito.

      • Paulo Teixeira on 9 de Julho de 2014 at 17:22
      • Responder

      Ola Paula:
      Eu também numa 1ª fase estava para pedir LSV por 1 ano, e como disse anteriormente fui ao sindicato informar e qual foi o meu espanto que me deram essa informação. Pelo aconselhamento do sindicato optei por meter LSV de longa duração pois tinha receio que o pedido não fosse aceite como alguns casos o ano anterior. Com estes artistas o que hoje é verdade amanhã é mentira e optei pelo seguro e vou trabalhar para quem precisa e dá valor ao trabalho que realizamos – vou para Angola.

    • Rui A Rocha on 17 de Novembro de 2016 at 10:46
    • Responder

    so da para utilizadores registados nao e?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog