Um Esclarecimento Necessário

… porque me foi transmitido que informações que não dei são dadas como verdadeiras porque se encontravam aqui no blog e também porque a paciência para aturar certos comentários esgotam qualquer um.

Antes de mais este blog não pretende ser detentor de toda a verdade e limita-se a dar a opinião do seu autor.

As informações dadas nos posts são da minha inteira exclusividade e quando alguma vez detecto que errei procuro rectificar logo a informação. Raramente tem acontecido serem prestadas falsas informações e por conseguinte são raras as vezes que retifico posts atrasados.

Rectifiquei hoje o post relativo ao campo 4.5.1. porque surgiram informações escritas pela DGAE contrárias ao que inicialmente publiquei, embora saiba que a interpretação da DGAE seja contrária a que foi dada por escrito e que se encontra neste post. Neste caso espero não ter de voltar a dizer que afinal estava certo.

Isto para dizer que algumas das informações dadas na caixa de comentários ou no chat podem não vincular a minha opinião e ser até mesmo contrárias ao que penso do assunto. No entanto procuro não intervir em demasia quer num espaço quer noutro.

Se passou a ideia que este blog tem dito coisas como:

  • Ninguém consegue submeter a candidatura ao concurso extraordinário sem ter o e-Bio validado; ou
  • Só é contabilizado para candidatura ao grupo 910 o tempo de serviço prestado nesse grupo de recrutamento.

São informações erradas e que eu não as prestei.

Assim, quero alertar que só vincula a minha opinião as que são dadas nos posts e nada mais do que isso. Todos os espaços para expressar a opinião (comentários ou chat) são livres e vão-se manter assim, continuando eu a acreditar que quem os usa faz deles uma mais valia e aproveita-os para ver as suas dúvidas esclarecidas.

Como qualquer um tenho o direito a expressar a minha opinião e como se devem ter apercebido eu evidenciei uma recusa grande pela publicação do despacho nº 866/2013. Sou livre de expressar a minha opinião e mesmo reconhecendo que existem opiniões favoráveis a ele não deixarei de continuar a expressar a minha posição. Fi-lo com a convicção que o mesmo não é legal, mas mesmo que o seja e que pretenda apenas ACLARAR como se concorre aos grupos da educação especial então que se anulem todas as colocações feitas pela DGAE e até mesmo as vinculações ocorridas em 2009 por incumprimento da Lei.

Brincar aos concursos e às opções que muitos fizeram gastando do seu dinheiro para formações acrescidas e que agora as vêm reduzidas a muito pouco é digno do país em que estamos onde todos os Relvas se safam.

E não me venham com histórias da vocação.

Entretanto o blog continuará a ser livre e a aguardar que deixem de me dizer que este espaço incentiva a propagação em massa de injúrias e promove o bullying entre colegas da mesma profissão.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/01/um-esclarecimento-necessario/

25 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • P540 on 30 de Janeiro de 2013 at 22:58
    • Responder

    Nem era necessário estar com tanta linha para justificar o que é evidente. Da minha parte, só tenho é a agradecer o ENORME serviço que por aqui tens prestado e/ou promovido
    Uma vez mais, OBRIGADO.

    • Nibraz on 30 de Janeiro de 2013 at 23:07
    • Responder

    Por isso e muito mais, é que respeito o teu blog e, principalmente, o teu trabalho. O qual, NA MINHA OPINIÃO, é um serviço público, com uma grande dose de dedicação e respeito pela profissão.

    • Conceicao on 30 de Janeiro de 2013 at 23:17
    • Responder

    Concordo, alguém que ponha ordem 😉

      • AG on 30 de Janeiro de 2013 at 23:57
      • Responder

      Um muito obrigada pelo excelente trabalho que tem feito!

    • Anabela Magalhães on 31 de Janeiro de 2013 at 0:01
    • Responder

    Serviço público de excelência! Continua!
    🙂

    • Tany on 31 de Janeiro de 2013 at 0:05
    • Responder

    Olá Arlindo!
    Obrigada pelo teu blog. Tem sido um ponto de referência para grande parte dos professores. Acerca da contabilização do tempo de serviço no 910 depois da especialização, introduz-se o tempo de serviço total prestado em qualquer grupo ou apenas o tempo de serviço prestado no 910? Obrigada


  1. aproveito para questionar a razão de continuar a chamar de VINCULAÇÃO a um arremedo de concurso…

    • Prof.ª (Des)empregada on 31 de Janeiro de 2013 at 0:19
    • Responder

    Boa noite! O Arlindo tem feito um trabalho sério e digno, pelo menos, desde que acompanho o blog. Na realidade a questão do Despacho em vez de aclarar veio complicar, face, ao momento, em que foi publicado e, às alterações no tempo de serviço. Pelas respostas que são dadas pelo E-concurso antevê-se que o MEC, à margem do que diz no Despacho 866/2013 e do DL 132/12 se prepara para no concurso extraordinário contabilizar não a nota da profissionalização, mas sim a da especialização. No que refere à leitura do DL 132/12 no que concerne à avaliação de desempenho sempre tive dúvidas do que significava a “última avaliação” mas, lendo os DL sobre o mesmo assunto, anteriores, também fiz a mesma interpretação que o colega Arlindo e, preenchi, inclusivamente, o concurso de vinculação extraordinário, com este dado, ainda que não o tenha submetido. Questionei então o CAT, que oralmente, me informou que seria o contrário, do que o que eu tinha preenchido. Fui uma das que procedi então à pergunta por escrito, sobre a questão 4.5.1. e obtive resposta coincidente com as que foram publicadas, aqui no blog e, com o que me tinha sido transmitido, oralmente. O Arlindo, ao longo do tempo, apenas nos tem ajudado e, muito, a interpretar a legislação. Quanto à legalidade do Despacho 866/2013 se este alterar mesmo a nota ao nível da EE não tenho qualquer dúvida que é ilegal, pois um Despacho não se sobrepõe a um DL. A razão da petição criada, por um colega de profissão, existe apenas porque está em causa a legalidade no cálculo da graduação profissional, nos grupos de EE. Para além disso, há um DL 95/97 e uma portaria 212/2009, que muitos colegas, infelizmente, não respeitam. Arlindo, bem-hajas pelo trabalho que até, ao momento, desempenhaste, em prol dos colegas.

    • gira on 31 de Janeiro de 2013 at 0:56
    • Responder

    Deixo-te as minhas felicitações, pois recorro a este blog para me manter informada e tem “dado muito jeito”. Como tal, parafraseando as tuas palavras, cada um é livre de responder o que quer- muito bem! Pena que nem toda a gente saiba interpretar e assimilar esta ação. PARABÉNS Arlindo!

    • Maria on 31 de Janeiro de 2013 at 2:04
    • Responder

    Arlindo
    ignora essas pessoas invejosas. Todos os dias passo po aqui e agradeço o excelente trabalho que tens feito pela escola. Todas as minha dúvidas são retiradas e esclarecidas neste espaço aberto de diálogo, de dúvidas, de informação, de conhecimento.
    Parbéns Arlindo.

    • Margarida420 on 31 de Janeiro de 2013 at 2:26
    • Responder

    Arlindo! Só as faz quem consulta o blog com má fé. Tb existem os preguiçosos que não gostam de ler os Dec(s) como não os lêm vem aqui para entre conversas “pescarem” alguma coisa (ficam muitas das vezes a apanhar chapéus). Olha Arlindo! Só tenho de te agradecer a ajuda que tens dado a mim e a todos que estão à “rasca” . Quanto ao resto “o que vem debaixo não afeta”. Mais uma vez bem haja.

    • Sara on 31 de Janeiro de 2013 at 8:11
    • Responder

    É de lamentar que professores tenham reações e comportamentos (principalmente no chat) piores do que os alunos que deveriam educar. Este blog é uma mais valia para professores e quem não quer contribuir para isso deveria era ficar caladinho que só denigre a imagem pública dos professores.

      • Inês 510 on 31 de Janeiro de 2013 at 12:57
      • Responder

      Concordo totalmente!! Por vezes é uma vergonha o tipo de conversas e assuntos abordados no chat.. A meu ver deveria ser um meio de esclarecer dúvidas e de partilha de experiências.
      Arlindo está de parabéns pelo seu trabalho!!

    • João on 31 de Janeiro de 2013 at 9:13
    • Responder

    Tenho vinte anos de serviço e, neste momento, já não recorro a outra forma de informação para além deste blogue. Passo por cá diariamente porque reconheço a seriedade e rigor da informação prestada.
    Obrigado Arlindo pelo excelente trabalho!

    • karjor on 31 de Janeiro de 2013 at 10:08
    • Responder

    O blog é excelente e o seu autor está de parabéns, contudo não entendo a sua posição relativamente ao despacho. Este despacho, apesar de pouco claro, pretende colocar alguma ordem na graduação da educação especial que como sabemos era profundamente injusta. Não tem a ver com vocações,do meu ponto de vista, mas sim, perceber se a ordenação que se fazia antes era justa ou não. A resposta é óbvia para quem analise o que se passava na ordenação da ed esp de uma forma desinteressada e imparcial. Quanto ao argumento do dinheiro que se gasta nestas formações poder ser para muito pouco, é uma realidade que acontece com todos os outros grupos de recrutamento. Quem por ex faz um mestrado para poder leccionar noutro grupo de recrutamento sabe de antemão que quando concorrer a esse grupo o tempo de serviço que tinha antes da formação conta 0,5 por ano.

    • Pandora on 31 de Janeiro de 2013 at 11:08
    • Responder

    Subscrevo, inteiramente, Arlindo. Este país continua a premiar os pseudo-coitadinhos e a mediocridade.

    • Raquel Marques on 31 de Janeiro de 2013 at 11:12
    • Responder

    … E sem mais grandes palavras a acresecentar… Eu também das pessoas que passo por aqui várias vezes durante o dia. Desde que o comecei a fazer estou muito mais informada acerca dos assuntos relacionados com a minha/nossa profissão. Depois, cabe a cada um de nós “correr” atrás de mais informação e sermos críticos em relação ao que lemos. Muitos Parabéns pelo excelente trabalho e muito obrigada!

    • tt on 31 de Janeiro de 2013 at 14:25
    • Responder

    Arlindo,
    Há pessoas que têm muita dificuldade em lidar com contraditórios ou em procurar informação na fonte por evidente falta de qualificação e de formação.
    É evidente que tens toda a razão!
    Admiro-te por, ao contrário de algumas lusas ervas daninhas, permitires que te entrem “casa dentro” com total liberdade.

    Já aqui disse e volto a repetir: Tu, o Paulo Guinote e os Ad Duo, são, à distância, os melhores e mais credíveis bloggers da área da educação.


  2. Compreendo perfeitamente o seu sentir mas acho que tem de aceitar a crítica. É uma consequência da exposição que este blog lhe proporciona, que com certeza lhe dará uma noção do que é a realidade da nossa profissão, que não teria de outro modo. Em Portugal, só a classe de professores é capaz de atacar os seus próprios membros. Talvez isso se deva a heterogeneidade do elementos que a constituem, vem gente de todo o lado leccionar! E há muita gente incompetente e frustrada. Se não acreditam, façam estudos para medir os grau de satisfação dos professores e as origens académicas e verão!

    Os governos aproveitam estas características muito bem para nos espezinhar. Toda a gente conhece outras classes com gente muito mais privilegiada do que nós mas onde os antigos defendem os novos, os novos defendem os antigos, os chefes os subordinados e vice versa… acabam muito mais protegidas que nós e os governos têm mais dificuldade em as manipular.

    Não há que ter medo da verdade, aceitar a crítica e reflectir! Nas escolas é cada um por si, só quando lhes toca é que se mexem(basta ver o que se passou aquando da avaliação… era moções e reuniões por todo o lado!). Agora, tá toda a gente muito tranquila, querem lá saber de concursos, e-bios, ou grupos 910!

    Os sindicatos têm também muita culpa aqui, todos nós sabemos que sempre houve muita promiscuidade nos elementos que os constituem e que raras vezes são íntegros. Defendem constantemente agendas políticas e/ou pessoais.

    Este blog faz um trabalho excelente, dou os meus parabéns ao seu autor, mas ninguém é perfeito… muitas vezes existem aqui opiniões tendenciosas que não são abonatórias para alguns elementos da nossa classe (Poderia dar dezenas de exemplos), logo, a critica tem de surgir. Se tomamos atitudes de desunião não podemos esperar que depois todos nos venham elogiar e proteger.

    Continuação de um bom trabalho e, por favor, continue a usar este blog para nos informar, esclarecer e UNIR!.

    • Rosário on 31 de Janeiro de 2013 at 19:01
    • Responder

    Arlindo… que dizer??? Obrigada por toda a informação, por todo o seu trabalho e continue desse lado!!!
    Vozes a querer silenciar quem ainda não tem medo de dizer o que pensa serão cada vez mais, é sabido, mas haverá sempre quem não se cale!!!

    • Elisabete on 31 de Janeiro de 2013 at 23:32
    • Responder

    Parabens Arlindo pelo trabalho excelente que tem feito em prol da nossa profissão. Continue…

    • Maria on 1 de Fevereiro de 2013 at 9:38
    • Responder

    Pois eu dou-lhe os parabéns pelo blog. Acho que apresenta os factos como deve, alerta e opina. É evidente que uma opinião não representa nunca o que estará certo ou errado. Mas mal de quem não tem opinião. Como se dis

    Bem se alguém ousa denegrir o trabalho que desenvolve neste blog, deve ser cego dos 2 olhos. Mais, alerta qq um de nós em tempo oportuno. Claro, tem opinião! Ainda bem que a tem e mal daqueles que por receio ou outra coisa qualquer não a apresentam. Esses eu costumo dizer “que já estão mortos e não sabem”. Parabéns e continue. O seu blog é uma ajuda muitíssimo preciosa, obrigada.

    “já está morto e não sabe”

    • Maria on 1 de Fevereiro de 2013 at 9:40
    • Responder

    Desculpem mas não sei o que fiz, pois apresento repetições… Enfim ” O que abunda não anula”…

    • Maria on 3 de Fevereiro de 2013 at 13:23
    • Responder

    Arlindo, muito obrigada pelo trabalho que tem realizado.

    • Sigo on 4 de Fevereiro de 2013 at 17:59
    • Responder

    Adorei o que escreveu e não podia estar mais de acordo. Continue o bom trabalho, sou uma leitora assídua deste seu blog com muita qualidade! Parabéns!

    SIGO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog