26 de Janeiro de 2013 archive

Sobre a Manifestação

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Gostei de grande parte das declarações de Mário Nogueira, embora engasgado em algumas palavras.

Dispensava-se falar de pormenores como o e-Bio e continuar a incentivar à entrega de reclamações sobre uma alteração de vínculo que não existe efectivamente.

Ao contrário do que suponha não ficou agendada nenhuma greve, ficando-se o dia de hoje com um pedido de reunião com o Ministro da Educação e Ciência e onde foi também anunciada uma semana de luto nas escolas entre os dias 18 e 22 de Fevereiro.

Como se percebeu, a manifestação de hoje assumiu-se marcantemente como uma manifestação política, tendo Jerónimo de Sousa participação activa nela junto com Carvalho da Silva e Arménio Carlos como um dos cabeças de cartaz, o apelo à manifestação de dia 16 fazia assim naturalmente parte do programa de hoje.

A parte mais marcante foi a ausência de uma geração de professores que sente que deixou de ter futuro nesta área. Foram raros os professores com menos de 40 anos que se viram nos ecrãs da televisão, o que no fundo acaba por retractar a realidade das nossas escolas. Para ser franco o único que vi acabou por ser o César Israel Paulo que esteve muito bem nos argumentos que apresentou. Aliás, o argumento das sucessivas contratações e do elevado número de anos a contrato terá sido a mensagem que melhor passou para a opinião pública. Passou bem melhor esse argumento do que propriamente o vencimento dos professores que a jornalista da SIC notícias constantemente perguntava a todos.

Para aquecimento esteve bem esta manifestação e o pedido deixado por Mário Nogueira às restantes organizações sindicais para futuras organizações conjuntas pode levar a que realmente se realize uma coisa grande e que não sirva apenas os interesses partidários.

E isso faz falta daqui para a frente.

Mas escolham um dia onde não haja acidentes na A1, ok?

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/01/sobre-a-manifestacao/

Petição Sobre a Educação Especial

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Petição Alteração dos códigos de Recrutamento de Educação Especial na Madeira

 

Caros colegas de Educação Especial,

Como sabem, no passado dia 16 de Janeiro de 2013 saiu o Despacho nº 866/2013 que define os novos critérios na ordenação e graduação dos professores de Educação Especial em Portugal Continental. Como se pode verificar no  nº4 do referido despacho, para efeitos de concurso o tempo prestado fora dos grupos 910, 920 ou 930 só contará 0,5 por ano letivo. Ou seja, os professores a exercer na Madeira, com a mesma formação que os colegas do Continente, além de já serem prejudicados, na prioridade, devido aos códigos de recrutamento serem diferentes, agora vão ser novamente penalizados na contagem do tempo de serviço. Apesar de estarem a exercer Educação Especial vão ver o seu tempo de serviço a ser contabilizado 0,5 por ano. Chegou a altura de dizer BASTA e exigir a mudança dos códigos de Recrutamento na Região à semelhança do Continente. Pede se a todos os professores que concordem com o propósito desta Petição para assinarem com a maior brevidade possível devido à proximidade dos concursos.
Relembramos também o artº 80 da RAM: “Aos funcionários dos quadros de administração regional e da administração central é garantida a mobilidade profissional e territorial entre os respectivos quadros, sem prejuízo dos direitos adquiridos em matéria de antiguidade e carreira.”

Funchal 24 de Janeiro de 2013
Os signatários

Considero justa esta petição, mas não pela existência do despacho nº 866/2013 e até acho que devia sair uma petição a pedir a anulação deste despacho por considerar a data de obtenção de uma especialização na Educação Especial como uma qualificação profissional para esses grupos de recrutamento.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/01/peticao-sobre-a-educacao-especial/

Pedido de Divulgação

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

… de uma leitora do blog para um inquérito que será usado num trabalho de investigação na área da Educação Especial

Clicar no título para aceder ao formulário.

 

Conceções e Práticas Letivas Inclusivas na Sala de Aula do Professor do 2º ciclo Face à Inclusão de Crianças com Necessidades Educativas Especiais

 

 

Exmo(a). Senhor (a) Professor (a), caro (a) colega

Sou aluna do Instituto Superior de Ciências da Informação e da Administração (ISCIA), Instituição de Ensino Superior Politécnico com uma já larga tradição no campo da Educação (nomeadamente ao ministrar cursos de ensino pós-graduado, em particular o de Educação Especial para professores). Este trabalho de investigação, realiza-se no âmbito da unidade curricular de Projeto Final de Curso, sob a orientação do Professor Doutor Horácio Pires Gonçalves Ferreira Saraiva.

Tem em mãos um questionário que se insere numa investigação com a seguinte temática: “As Conceções e Práticas Letivas Inclusivas na Sala de Aula do 2º Ciclo do Ensino Básico face à Inclusão de Crianças com Necessidades Educativas Especiais”.

Para que a possa levar a bom termo, careço da sua prestimosa colaboração.

Solicito-lhe que responda com precisão às questões apresentadas. Tenha, no entanto, em atenção que o seu questionário só poderá contribuir para a investigação referida, desde que esteja completamente preenchido e encerrado na opção “Submeter”.  Por razões de conceção do programa, se não completar o questionário e quiser mais tarde voltar para o acabar, terá que preencher tudo de novo.

Lembro-lhe que não existem nem boas nem más respostas. Apenas a sua opinião para mim é  importante.

Desde já, agradeço a sua atenção e contributo!

Cristina Teixeira

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/01/pedido-de-divulgacao-4/

Comparação Renovações vs Vinculação por QZP

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Como já tinha dito as vagas para a vinculação extraordinária representam aproximadamente 1/5 dos lugares que foram sucessivamente renovados entre o concurso de 2009/2010 e o de 2012/2013.

Os meus dados indicavam 3006 renovações sucessivas mas não tinha considerado escolas que por fusão alteraram o seu código, assim os dados que vou usar consideram 3015 renovações.

Também ainda não tive paciência (nem engenho, diga-se) para colocar essas renovações em cada um dos QZP.

Mas como o lm já produziu essa listagem aqui resolvi fazer o quadro comparativo com a abertura de vagas por QZP e as sucessivas renovações também por QZP.

É curioso que olhando para as 603 vagas para a vinculação em função das 3015 renovações a conta fica perfeita e é aberto exactamente 1/5 das vagas (20%) dos lugares sucessivamente ocupados por renovação.

No entanto algo mais deve conter o algoritmo para a abertura dessas 603 vagas, pois em determinados grupos não foi feita essa regra simples e existem grupos com mais de 20% de vagas e outros com bem menos, assim como QZPs que ficaram favorecidos em detrimento de outros.

Logo mais faço também essa estatística.


vagas VEvsDACL QZP

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/01/comparacao-renovacoes-vs-vinculacao-por-qzp/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog