Anda Não Li

… mas imagino que alguns dos poderes retirados e que sejam critica dos directores passem pelas alterações ao diploma dos concursos na impossibilidade de escolherem quem muito bem entenderem nas contratações de escola e no envio para ausência da componente lectiva dos docentes mais incómodos, mas posso estar enganado.

 

Diretores arrasam Nuno Crato

 

Ministério da Educação tira poder a Diretores de escolas

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/01/anda-nao-li/

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • António Vinhas on 5 de Janeiro de 2013 at 16:00
    • Responder

    Estás certo, Arlindo!

    • Rui Silva on 5 de Janeiro de 2013 at 17:14
    • Responder

    A grande maioria dos directores das escolas não seria capaz de gerir uma simples mercearia de bairro.

    Muitos deles possuem apenas um curso de gestão escolar tirado às três pancadas num qualquer sindicato. Não possuem conhecimentos de gestão e pensam ser donos das Escolas.

    Nuno Crato faz muito bem em exercer um maior controlo sobre a cambada de energúmenos que se encontram na gestão das escolas. Aliás, os critérios manhosos utilizados por alguns directores de escolas são um bom exemplo da qualidade de gestão desta maralha.

    • António Vinhas on 5 de Janeiro de 2013 at 17:54
    • Responder

    Completamente de acordo, Rui! Mas, contudo, têm um imenso poder permitindo-se estragar a vida das pessoas com DACL à medida dos amigos, com avaliações absurdas e outros desmandos bem patentes aqui neste blogue (cf. citérios de contratação de escola). Os cursos de administração escolar, se os têm, são de facto tirados às três pancadas. Um diretor deveria ter, no mínimo, um doutoramento e mais de 20 anos de efetivo serviço docente. Só assim poderia exercer uma autoridade sobre os restantes docentes baseada na experiência profissional e nos conhecimentos académicos certificados por universidades credíveis. Mas vemos o quê? Diretores com cursos que se podem tirar por correspondência, outros com o 9.° ano, outros que não têm quase nenhuma experiência letiva, ou não a tinham quando para lá foram, e se mantêm quais mamutes pré-históricos cristalizados nas suas capelinhas que não querem de modo algum largar. Uma tragédia educativa que vamos suportando. Só impondo a limitação de mandatos (dois no máximo) poderá a tragédia terminar!

      • Joana on 5 de Janeiro de 2013 at 22:44
      • Responder

      Os Ministros da Educação também deviam ter mais de 20 anos de tempo de serviço…. Parece-me que não têm a noção do que se passa nas escolas….

    • António on 5 de Janeiro de 2013 at 21:13
    • Responder

    Arlindo, penso que os Diretores se referem a outras coisas, pois os concursos já foram no ano passado. Assim:
    1- os Diretores, que têm o poder hierárquico e disciplinar sobre alunos e professores, não o têm (já a grande maioria) relativamente ao pessoal não docente, que responde ao respectivo presidente da Câmara. Isto faz dos Diretores executores de decisões camarárias (como na avaliação de desempenho) sem terem qualquer relação ou dependência hierárquica dos mesmos, sem poderem tomar decisões relativamente a este pessoal.
    2- a extinção das DREs retirou diversas competências aos Diretores, que as detinham por delegação de competências, não se sabendo quem as vai assumir, podendo provocar problemas no funcionamento das escolas.
    Um óptimo 2013!

    • teodora on 5 de Janeiro de 2013 at 22:40
    • Responder

    Vejam ao que estão habituados!!! E se pensam que só querem batota nos concursos enganam-se, a batota querem-na generalizada para, à pala dela, angariarem votos. Imaginem os registos biográficos a bagunça que deverão constituir. Um dos males foi deixarem os Mega nas gavetas, pois eles estão entrincheirados nos quintais que criaram e, como ninguém os incomoda, por lá ficarão. As avaliações externas são teatrinhos para ouvir quem os diretores nomearam e isso é batota pois uma verdadeira avaliação deveria servir para regular, para garantir o cumprimento da Lei. Ou a Lei é só para os inimigos?!! Ponham essa inspeção em funcionamento e deixem-se de teatros absurdos com amostragem de PPS que são só ramalhete.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog