Há cada vez mais alunos com seis anos no pré-escolar

Há cada vez mais alunos com seis anos no pré-escolar

 

Nos últimos cinco anos letivos, o número de crianças com seis anos a frequentar o ensino pré-escolar tem subido progressivamente. Educadores, pais e professores alertam para as consequências da entrada com cinco anos no 1.º ciclo.

 

Nos últimos cinco anos letivos (de 2019-2020 a 2023-2024) o número de crianças chamadas condicionais tem vindo a baixar e, consequentemente, o número de alunos com seis anos na Educação Pré-Escolar (EPE) tem aumentado. São consideradas condicionais as crianças que nasçam entre 16 de setembro e 31 de dezembro e a sua admissão no 1.º ano fica sujeita à existência de vagas e à vontade dos pais/encarregados de educação.

O Ministério da Educação (ME) forneceu ao Diário de Notícias os dados mais recentes sobre as crianças condicionais. Em 2019/20, estavam na EPE 47 481 crianças com cinco anos de idade a 31 de dezembro e 8141 com seis anos. O ano letivo passado estavam a frequentar a EPE 55 490 com cinco anos a 31 de dezembro e 12 253 com seis anos. “Estes dados mostram que há mais alunos com seis anos na EPE, o que pode explicar o menor número de crianças com cinco anos no 1.º ano registado nos últimos anos”, explica o ME.

 

Continua aqui 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2024/07/ha-cada-vez-mais-alunos-com-seis-anos-no-pre-escolar/

3 comentários

    • Bebezões on 7 de Julho de 2024 at 15:52
    • Responder

    E ainda bem.
    As crianças são muito pequenas para o ensino formal. Deixai os brincar e ser felizes.
    Depois costumo apanhá los no 9 o e 10 o anos completamente imaturos com 14 anos. Uns bebezões.
    Ainda por cima convencidos.
    E os pais e mães continuam a estudar com eles e a fazer lhes os trabalhos de casa. Uma vergonha.

  1. Pelos dados fornecidos, não consigo concluir que haja uma tendência crescente do número de alunos, ditos condicionais, não inscritos no 1.° ano, uma vez que há um número significativamente maior de miúdos.
    Efetivamente, cada caso é um caso… Qual será a diferença, em termos de desenvolvimento, entre uma criança nascida a 15 de setembro (ou dias antes) e outra nascida a 16 de setembro (ou dias depois)?
    Outro problema que não pode ser ignorado é quando o EE pretende que o seu educando, que não é condicional, adie a matrícula por várias razões e, a nivel superior, tal pedido é indeferido.

  2. I’ve been following your blog for a while now, and I’m continually impressed by the quality of your content.
    Octo Browser Cracked 2024 Free Full

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: