Qualquer Semelhança É Pura Coincidência

Cerca de mil alunos vão receber tablets

 

 

A partir do próximo ano letivo, e durante dois anos, cerca de mil alunos e 100 professores de 20 escolas (distribuídas por dez agrupamentos) vão participar num projeto que vai permitir o uso de tablets tanto em casa como na escola.

O anúncio foi feito, esta segunda-feira, pelo consórcio E-xample, que representa 26 empresas nacionais das áreas da aprendizagem e tecnologias de educação, após a assinatura de um protocolo com o Ministério da Educação e da Ciência (MEC).

«A Direção-Geral de Educação irá acompanhar e avaliar com o E-xample a evolução das tecnologias e os novos métodos pedagógicos, de modo a criar um modelo otimizado que possa ser alargado a outras escolas por todo o país», indicou o gabinete de comunicação da E-xample.

São João da Madeira, Aveiro, Coimbra, Lousã, Lisboa e Oeiras foram as zonas escolhidas para beneficiarem de «verdadeiros laboratórios de educação com recurso às novas tecnologias: os EduLabs».

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/07/qualquer-semelhanca-e-pura-coincidencia/

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Pensador on 7 de Julho de 2014 at 19:14
    • Responder

    Quanto custará um tablet a retalho? Não pondo em causa a pertinência do saber manusear as novas tecnologias, indispensável nos dias de hoje sobretudo para os docentes, mas não existirá outras prioridades para fazer bom uso desses dinheiros? Ou é ainda mais uns “tachinhos” para alguns?

    • THIS MORTAL COIL on 7 de Julho de 2014 at 19:21
    • Responder

    DE MAL A PIOR.AO QUE CHEGAMOS………..

    • Zé Manel on 7 de Julho de 2014 at 20:11
    • Responder

    O cheiro desta merd@ dos tabletas e da merd@ do Magalhães é o mesmo, a cor das moscas é que muda de rosa para laranja., só falta saber quem substitui a Sá Couto.
    Alguém quer saber do uso do Magalhães? Alguém quer saber: que proveitos trouxe o do dito cujo?
    Alguém já se deu ao trabalho de analisar o proveito dos quadros interativos que custaram balúrdios?
    Alguém é capaz de me explicar o que sentido faz gastar dinheiro com tabletes quando aida há milhares de alunos que nem dinheiro para um manual possuem?

    • Zé Manel on 7 de Julho de 2014 at 20:17
    • Responder

    Desculpem o português foleiro do post precedente mas a raiva não conhece regras gramaticais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: