Dia 18 A Petição Será Discutida em Plenário

Chegou-me hoje por mail a marcação da Apreciação em Sessão Plenária da petição “por um concurso interno extraordinário em 2014” para o dia 18 de Junho, pelas 15 horas.

Toda a informação sobre esta petição pode ser vista aqui.

 

 

 

Encarrega-me a Excelentíssima Senhora Presidente da Assembleia da República de informar V. Exa. que, na Conferência de Lideres dos Grupos Parlamentares, efetuada no dia 28 de maio de 2014, foi deliberado agendar a Apreciação em Sessão Plenária, da Petição n.º 341/XII/3ª, para o próximo dia 18 de junho de 2014, a partir das 15 horas.

Seguir:
arlindovsky
Seguir:

Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2014/06/dia-18-a-peticao-sera-discutida-em-plenario/

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,


  1. Só agora. Os concursos extraordinários são realizados inversamente. Deveria ter sido ao contrário. Primeiro Interno e depois externo.
    Só uma dúvida. Nos grupos que não existiram vagas poderão aparecer para o próximo ano? Os contratados poderão concorrer a essas vagas ou será só interno? Para resolver todas as situações seria importante todos anos um concurso externo/interno.

    • Professora on 11 de Junho de 2014 at 19:39
    • Responder

    Espero que os deputados não acreditem na conversa deste governo “para o ano (2015) está previsto a realização de um concurso interno” com vagas que ninguém conhece. Se forem iguais à ilegalidade do externo extraordinário 2014, de nada adiantará, pois não permitirá o ajuste dos quadros.

    O concurso de MI demonstrará claramente a necessidade de arrumar os quadros, dado a existência dos horários-zeros e desterrados, para já não falar da necessidade de gerir bem recursos humanos e financeiros, coisa que quem nos governa desconhece…

    • Professor 27 anos on 12 de Junho de 2014 at 9:21
    • Responder

    Que seja aprovado , pois estar 260 km de casa, ter que manter duas casas mais um ano é complicado. Todos que se encontram na mesma situação que a minha só querem ter o direito de poder concorrer e se aproximar de suas residências.


    1. Colega, estou na mesma situação. Sendo de QA fiquei destacada muito longe de casa e pensar mais um ano nesta situação, fico angustiada. Lutemos … para que haja alguma justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog