Vamos Lá Recordar Mais Um Caso Residual ao Ministério da Educação / 5 de Abril de 2019 – “Já lhe parti o focinho!”

Professor de escola básica agredido a soco e pontapé

Ministério Público está a investigar caso de aluno de 12 anos que agrediu professor de educação cívica quando este o impediu de jogar à bola dentro da sala de aula. Foi aberto inquérito tutelar educativo.

(…)

Os problemas começaram quando o aluno entrou na sala com uma bola, que movimentou de tal forma que acabou por partir uma lâmpada do tecto. De acordo com os relatos feitos ao Jornal de Notícias, o professor pediu a uma funcionária para limpar os vidros, repreendeu o aluno e disse-lhe que, provavelmente, teria de pagar a lâmpada. O aluno não gostou da advertência, disse que não pagava e, mesmo sabendo que é proibido usar o telemóvel dentro da sala, ligou para o pai. Depois voltou a movimentar a bola dentro da sala, pelo que o professor lha retirou, colocando-a em cima da secretária.

Terá sido neste momento que terão começado as agressões. De acordo com uma das professoras daquela escola, o aluno começou então a tentar chegar à bola. Não conseguindo começou a empurrar o professor. Este conseguiu dominar o aluno, encaminhou-o para a porta e entregou-o à directora de turma. Foi nessa altura que o aluno desferiu um violento pontapé nos testículos do professor, deitando-o ao chão com as dores. A aula terminou de imediato, mas o rapaz ainda haveria de voltar “passados uns sete minutos”, de acordo com os relatos, para dar mais um murro na testa do professor. Depois, saiu da sala e gabou-se aos funcionários: “Já lhe parti o focinho!”

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/10/vamos-la-recordar-mais-um-caso-residual-ao-ministerio-da-educacao-5-de-abril-de-2019-ja-lhe-parti-o-focinho/

2 comentários

    • Maria on 25 de Outubro de 2019 at 20:24
    • Responder

    Aluno? Isto é um verdadeiro animal, sem querer ofender os bichos que tanto estimo. Besta quadrada .

    • bag on 25 de Outubro de 2019 at 23:01
    • Responder

    A esta hora, o vagabundo (este e os outros) deveria estar a pagar para o resto dos tempos a maldição que andou a espalhar. Quem é que o deixou crescer assim?? certamente, 1 ou 2 nulidades existenciais que nunca deviam ter aparecido à luz. A somar a tudo isto, ainda temos em vigor idiotices do tipo: só quando tiverem 15, 16 anos é que se começa a tentar educar, porque antes dessa idade não , não pode. Ou seja, tentam educar quando não há nada a fazer.A Escola que eduque e que instrua!! Não ! A escola é para instruir, e já é muitíssimo!!!!! Quando chegam à Escola já devem levar a vacina “E” da Educação. O que acontece, é que levam lixo dentro deles. Isto nunca deveria ter chegado a este ponto!
    Em casa , uma grande percentagem é só gente mal educada, aparvalhada e muitas vezes criminosa. VERGONHA!!!!!!!!!!!!VERGONHA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog