Aluna de 14 anos agride professora de EF e elemento da Direção em escola no Castêlo da Maia

Aluna de 14 anos agride professora em escola no Castêlo da Maia – Correio da Manhã

Docente terá pedido ajuda para arrumar o material e a jovem de não terá gostado do pedido.

Uma aluna agrediu verbal e fisicamente uma professora de educação física na Escola Secundária do Castêlo da Maia.

A docente terá pedido ajuda para arrumar o material e a jovem de não terá gostado do pedido, agredindo-a verbalmente e com empurrões.

A aluna não tinha antecedentes de violência.

Ao que o CM apurou, um membro da Direção da escola esteve presente e tentou acalmar a situação, mas sem sucesso.

A professora foi assistida e transportada para o hospital mais próximo com ferimentos ligeiros.

O CM tentou chegar à fala com a direção da escola, mas sem sucesso.

A GNR foi chamada ao local.

Até ao momento a professora não apresentou queixa.

 

Aluna de 14 anos agride professora em escola na Maia

Elemento da Direção da escola tentou acalmar a rapariga, mas acabou por ser agredido também

Uma aluna, de 14 anos, da Escola Secundária de Castêlo da Maia, agrediu a professora de Educação Física, no final da aula, por não ter gostado de ser convocada para ajudar a arrumar o material.

Entre insultos e encontrões, um elemento da Direção da escola tentou acalmar a rapariga, mas acabou também por ser alvo de agressões. A professora acabou por ser transportada ao hospital para avaliar ferimentos ligeiros. A Federação Nacional dos Professores – Fenprof – pede ao Ministério da Educação que tome medidas para reforçar a autoridades dos professores.

(…)

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2019/10/aluna-agride-professora-em-escola-no-castelo-da-maia/

2 comentários

    • Paulo Anjo Santos on 25 de Outubro de 2019 at 12:45
    • Responder

    Se a situação está igual à de outros anos, pergunto-me como é que é possível que não se tenha feito nada para acabar de uma vez com isto?! apelidar isto de situações esporádicas (não me lembro do termo que usaram) é mais uma vez gozar com os professores… acho que devíamos fazer pelo menos um dia de greve como protesto para que isto acabe…

    • Raju on 25 de Outubro de 2019 at 15:57
    • Responder

    Um dia é pouco. Uma semana, mas todos os professores, de todos os níveis de ensino e todos os funcionários. A escola deve ser um lugar onde todos conheçam e cumpram as regras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog