O Arranque do Ano Lectivo Visto pela FNE

Depois de Mário Nogueira ter-se pronunciado sobre o início do ano lectivo, Lucinda Manuela da FNE também se referiu a ele no mesmo programa.

Não encontrei gravadas as declarações de Mário Nogueira, mas a FNE deixou no seu site as declarações de Lucinda Manuela.

Os problemas identificados pela FNE:

  • Não ser “normal” que no final de Agosto ou início de Setembro estarem a ser colocados milhares de professores quando deviam ser colocados no final de Julho;
  • Falta de Assistentes Operacionais no início do arranque do ano lectivo;
  • Falta de estabilidade docente;
  • Mais tranquilo na visibilidade dos problemas, mas com muitos problemas por resolver
  • Corpo docente envelhecido;
  • Milhares de professores Jovens por colocar;;
  • Excesso de alunos por professor;
  • Muitos níveis de ensino por professor;
  • Excesso de trabalho que deve ser aliviado aos professores;

 

arlindovsky
Seguir:
Latest posts by arlindovsky (see all)

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/09/o-arranque-do-ano-lectivo-visto-pela-fne/

2 comentários

1 ping

    • Zé saudades on 10 de Setembro de 2016 at 23:24
    • Responder

    Se fosse o rato o ministro é que era. Pobres ratos.

    • Laranjinha on 11 de Setembro de 2016 at 0:39
    • Responder

    Não ser normal? Mas alguma vez a contratação foi em julho??? Nós últimos 4anos alguma vez a FNE queixou-se de tal coisa? Ahh, agora fica “bonito”…

  1. […] Arlindo fez o apanhado dos problemas que a Fenprof e a FNE encontram no arranque deste ano lectivo (aqui e aqui), mas parece-me que lhe escapou um detalhe perturbador. Não me espanta que uns estejam muito […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: