Da Pouca Vergonha

Mas se olharmos pelo lado positivo a remuneração desta geração jovem e explorada subiu 5 euros desde 2012.

500
Diário de Notícias (16-04-2015)

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2015/04/da-pouca-vergonha/

3 comentários

    • Fafe on 16 de Abril de 2015 at 18:34
    • Responder

    Mas… Mas… o Estado não somos todos?

    • Manuel Cunha on 16 de Abril de 2015 at 19:22
    • Responder

    Considero a introdução do post um tanto ofensiva, para a geração sem oportunidades. Aí está…gente sem presente e sem futuro. Quando oiço gente que ganha acima dos 1500/2000/2500 euros e mais a reclamar dos cortes no vencimento é porque não tem consciência das necessidades destas pessoas, que além de não puderem fazer o que gostariam e para a qual se prepararam, ainda são escravizadas. Não podem ter sonhos, construir família e viver simplesmente…pois tem de sobreviver.

      • maria on 16 de Abril de 2015 at 21:43
      • Responder

      Não percebeu a ironia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: