29 de Abril de 2015 archive

Je Vais Me Jeter

 

estou aqui desesperado a ser eu

ajudem-me as desesperadas com filhos

já nem sei daquele poeta do corão

o tal que preferia dormitar à sombra das mesquitas

e evitava ser outro

e que encontava deus na oração praticada

a uma ânfora de vinho partida

com o odor da enebriação

recordo-o na minha fortaleza de alamut

como o único khayyam e com as pélalas de todas as rosas acima

de um mísero omar para a eternidade até Andrómeda

 

estou aqui desesperado para ser eu e ele

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/04/je-vais-me-jeter/

11

11

 

Agrupamento Vertical de Escolas Professor João Meira, de Guimarães;

Escola Secundária Inês de Castro, de Canidelo;

Externato Vila Meã, de Amarante;

Escola Secundária Quinta das Palmeiras, da Covilhã;

Agrupamento de Escolas Figueira Mar, da Figueira da Foz;

Agrupamento de Escolas da Zona Urbana da Figueira da Foz;

Agrupamento de Escolas de Alcochete;

Colégio da Bafureira, da Parede;

Agrupamento de Escolas N.º 2 de Abrantes;

Escola Secundária de S. Lourenço, de Portalegre;

Colégio Luz S. Gonçalo, de Lagos.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/04/11/

Desta Vez Passou ao Lado

Ma ainda há pouco tempo tinha passado por cima de nós e nunca se sabe quando e onde irá cair.

 

Mas podem acompanhar a queda aqui.

 

 

Responsáveis da agência espacial russa Roscosmos citados pela imprensa internacional estimam que a queda eventual de fragmentos da nave aconteça entre 7 e 11 de Maio. Até lá, irão monitorizar de muito perto a sua trajectória.

 

satélite

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/04/desta-vez-passou-ao-lado/

Oui!

ajax
Tiens, bonjour, salut, dis-moi comment tu vas
Depuis le temps que l’on ne s’est pas vus
Tu sais, crois-moi, je ne t’attendais plus
Comme c’est drôle, tu vois, de se rencontrer là
Je dois t’avouer qu’il m’arrivait parfois
Tout seul le soir de repenser à toi Oui, Fafe, c’est moi, non je n’ai pas changé
Je suis toujours celui qui t’a aimé
Qui t’embrassait et te faisait pleurer
Tiens, tu vois, regarde, tu vas être étonnée
Mais j’ai gardé en souvenir de toi
Une photo que tu m’avais donnée
Oui, Fafe, c’est moi, non je n’ai pas changé
Je suis toujours celui qui t’a aimé
Qui te parlait sans jamais t’écouter !
Tiens, c’est vrai, le jour de ton anniversaire
Je m’en souviens comme si c’était hier
J’allais chez toi t’apporter du lilas
Dis, écoute ce disque, il n’est pas démodé
C’était, je crois, ta chanson préférée
Tu sais je l’ai bien souvent écoutée.

Oui, Fafe, c’est moi, non je n’ai pas changé
Je suis toujours celui qui t’a aimé
Qui t’embrassait et te faisait pleurer
Oui, Fafe, c’est moi, non je n’ai pas changé
Je suis toujours celui qui t’a aimé
Qui te parlait sans jamais t’écouter
Oui, Fafe, c’est moi, non je n’ai pas changé
Je suis toujours celui qui t’a aimé…

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/04/oui/

Notícias Soltas do Dia de Hoje

PT reclama ao Governo pagamento de 50 milhões do e-escolinhas

Crato: Universidades e politécnicos vão receber verbas em falta para salários na próxima semana

Alunos solidários com professora suspensa por alegada relação com menor

Docente deslocou-se à escola e foi recebida “calorosamente” pelos estudantes. Direção proibiu os alunos de entrar na escola

Ministério da Educação distingue trabalho de mérito de 11 escolas

As 11 escolas distinguidas pelo Ministério da Educação

Universidade do Porto é uma das 100 melhores escolas de Engenharia Civil do Mundo

Estudo afirma que educação inclusiva tem peso variável e opcional nos cursos de professores

Há dois anos ainda havia 4 mil professores com o curso do Magistério Primário

Relatório conclui que os professores formados nos politécnicos têm melhor média de curso

Falta de aferição das médias de curso dos professores gera injustiças, considera David Justino

Mais de 5.000 crianças aprendem a lidar com a asma

Paulo Sá questiona governo sobre problemas em escolas de Monchique

Escola Francisco Sanches é ‘viveiro de talentos’ que alimenta Braga

Universidade de Aveiro desenvolve um drone de monitorização da saúde das florestas

Opinião – cRato (com “c” mudo) e a privatização do Iave

‘Gincana Cultural’ da Escola Horácio Bento de Gouveia

Associação dos Antigos Alunos da Escola Nova do Barreiro
Protocolo de cedência de instalações na Verderena

Alunos de Viana do Castelo “remam” para novas aulas de educação física

ENSINO – Letras em Viagem na Escola de Lorvão

Universidade de Verão aberta a jovens alunos

Avaliações nacionais de aprendizagem auxiliaram a melhoria da qualidade da educação

Crimes participados contra crianças são uma ínfima percentagem dos cometidos

Crianças em perigo encontram na «Mimar» o carinho que não tiveram ao nascer

Mário Simões vai alertar Ministério para estado de degradação da Escola de Serpa

Celorico + Social promoveu visita de alunos ao CITEVE

Festival Livros a Oeste na Lourinhã: ponto de encontro entre escritores e leitores

Chaves assinala Semana Europeia da Juventude

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/04/noticias-soltas-do-dia-de-hoje-2/

Os exames do 4º ano estão à porta…

imagesP6JNUUQJEstamos com os exames aí à porta. Os exames do 4º ano estão aí à porta, os testes Intermédios do 2º ano, também. A ansiedade reina nas escolas entre alunos e professores. Pelo menos os professores já acusam essa ansiedade…

Este ano vão a exame as metas curriculares. Este novo modelo de “rigor” e “exigência” que este ministro quis implementar.

Neste momento o programa está “dado” as matérias foram e estão a ser trabalhadas, até ao ultimo dia, mas ninguém consegue prever o que se irá passar.

Não duvido, de forma alguma, que os professores e alunos estão a dar o seu melhor. Estão a trabalhar para que as aprendizagens se façam da melhor forma, mas as dificuldades têm sido muitas. A disciplina de Matemática é, mais uma vez, a que mais preocupações levanta. Os novos programas, em conjunto com as novas metas acresceram a sua complexidade e dificuldades por parte dos alunos. Matérias que costumavam ser ministradas no 5º e 6º anos, são hoje lecionadas durante o 1º ciclo. Não se teve em conta a maturidade dos nossos alunos, não se respeitou o tipo de sociedade existente neste país e está-se a tentar, através do “rigor” e “exigência”, convencer uma criança de 9 anos que na realidade tem 11… a antecipação de conteúdos sem ter em conta os níveis de abstração que as crianças têm, é a maior dificuldade a combater, mas não a única. O extenso programa é outro, os professores deixaram de ter tempo para consolidar aprendizagens, limitam-se aos manuais, não tendo tempo para que, com exercícios, se consolide a matéria. Para as crianças o problema é semelhante, é lhes debitada matéria para que depois, eles, em casa, a consolidem, muitas vezes sem o apoio desejado.

A Português o problema é o mesmo, embora se notem menos dificuldades, mas que tem vindo a fazer com que os resultados tenham baixado desde que as metas foram introduzidas.

Os últimos estudos referem que no 6º ano os alunos têm menos conhecimentos. Do 1º ciclo,… desculparam-se dizendo que dois anos não é suficiente para termo de comparação.

Esperemos para ver que exames aí vêm, se serão ou não exigentes. Todos nós sabemos muito bem como se pode provar que uma “política” é a mais acertada, mesmo que ela seja a maior das aberrações… veremos então a “exigência” ou o “rigor” a que nos têm habituado…

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/04/os-exames-do-4o-ano-estao-a-porta/

Estudo De Fracções

 

O estudo do fraccionamento de horas em tempos lectivos ou a casca de banana ou as macaquices dos aprendizes de Matemática económica para si.

 

Ou seja a observação do cotão do próprio umbigo, face a meter o dedo mindinho em terceiros, ou seja o exótico “foram vocêzes que escolheram”.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/04/estudo-de-fraccoes/

É Preciso Algum Estudo Para Saber Isso?

Os professores formados nos politécnicos têm melhor média de curso 

 

 

 

A maioria dos professores das escolas públicas portuguesas formou-se em instituições públicas, sendo que os docentes que fizeram a sua formação em politécnicos obtiveram melhores médias de curso do que os das universidades, revela um estudo.

Esta é uma das conclusões do relatório que analisou a formação dos mais de 125 mil professores que no ano letivo de 2012/2013 davam aulas nas escolas públicas portuguesas e que será apresentado hoje na Universidade do Algarve durante o seminário “Formação Inicial de Professores“.

O estudo “Instituições de Formação e Classificação dos Docentes da Educação Pré-Escolar e Ensino Básico e Secundário” foi coordenado pela investigadora da Universidade Nova de Lisboa Sílvia de Almeida que analisou a formação dos docentes nos diferentes níveis de ensino, desde o pré-escolar até ao secundário.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2015/04/e-preciso-algum-estudo-para-saber-isso/

Load more

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog