Primeira Amostra

Bem sei que há alunos não inscritos, no entanto na disciplina de matemática apenas um aluno não está inscrito.

Será que esta turma vai funcionar em desdobramento nessa disciplina?

Acho que é a primeira vez que vejo uma turma em duas páginas de papel A4. 🙁

 

 

12º-Ano_Moimenta_Page_1 12º-Ano_Moimenta_Page_2

ADENDA: De acordo com comentário neste post foi confirmado que haverá desdobramento de turma na disciplina de Matemática.

Espero no entanto que tenha havido o bom senso de ter sido atribuído mais do que dois tempos para a direção desta turma.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/primeira-amostra/

66 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Eu estou estupefacta… é muito triste… pobres destes alunos…”coitada” da colega que é DT… E os Encarregados de Educação onde estão? Estou “para morrer…”

    • RC on 11 de Setembro de 2013 at 19:41
    • Responder

    choca-me que os pais ainda não tenham percebido que estão a tratar os filhos como gado!

    • DMS on 11 de Setembro de 2013 at 19:43
    • Responder

    Nem podem usar o argumento que existem no máximo 30 alunos em cada disciplina. E o trabalho dos DT.

  2. Ensino de qualidade….

    • adosinda on 11 de Setembro de 2013 at 19:46
    • Responder

    pobre professor de matemática…

    • soraia on 11 de Setembro de 2013 at 19:48
    • Responder

    Estas provas é envia las para a TVI, para a SIC!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Isa on 11 de Setembro de 2013 at 19:50
    • Responder

    Agora imaginem se a natalidade não tivesse descido…

    • José Conde on 11 de Setembro de 2013 at 19:55
    • Responder

    Vão colocá-los em beliches!!

    • FarinhaDoMesmoSaco on 11 de Setembro de 2013 at 19:56
    • Responder

    Enviem para a SIC mostrar ao sr. ministro.

  3. isto faz lembrar o que me aconteceu na escola secundaria de silves em 1991/92 ,TINHA 45 ALUNOS,no ensino noturno (unidades capitalizaveis) na disciplina de Portugues…tinha noites que mais me parecia estar num cafe..outras noites numa palestra..ao fim de 20 e tal anos..nada mudou …impressionante.

    • Miek on 11 de Setembro de 2013 at 20:14
    • Responder

    Epah, com todo o respeito pelos colegas que vão assegurar esta turma, que acredito que vão “passar as passas do Algarve”, mas para a próxima não se esqueçam de omitir os dados pessoais dos nossos alunos…

    • su on 11 de Setembro de 2013 at 20:17
    • Responder

    45? 45? será que vi bem? 45? eu se fosse mãe ou pai de um aluno dessa turma já tinha apresentado uma queixa, mas não em Portugal… um atentado à sanidade mental de alunos e professores! que aberração

    • sergiogomes on 11 de Setembro de 2013 at 20:24
    • Responder

    Sinceramente, ok que é um número exagerado, mas..vamos cá ver uma coisa
    Eu chamo-me Sérgio e cheguei a ser o número 34.. na altura quem estava na sala, QUERIA aprender e aprendia-se e o professor dava as aulas. quem não queria estar, saía.
    Se acabarem com as paneleirices em volta do por na rua, participação por escrito, suspender e expulsar, bla bla..que volte o rigor e a seriedade de outros tempos e acreditem que numa turma de 30 se aprende

      • Miguel Castro on 11 de Setembro de 2013 at 21:42
      • Responder

      Queres comparar os dias de hoje com o de há 20 anos atrás?!
      Mas queres evoluir ou regredir?

        • sergiogomes on 11 de Setembro de 2013 at 21:46
        • Responder

        quero ajudar “miúdos” do 12º a evoluir 😉

          • helena on 11 de Setembro de 2013 at 21:52

          Desculpe, mas não será com essas propostas que os ajuda!

          • Profa farta de medíocres on 12 de Setembro de 2013 at 15:03

          Então é com que propostas?

      • Elisabete on 11 de Setembro de 2013 at 22:04
      • Responder

      O colega não deve dar aulas… de certeza!!!

      • Profa farta de medíocres on 12 de Setembro de 2013 at 14:57
      • Responder

      Bem dito sergiogomes!

      • myy on 12 de Setembro de 2013 at 20:32
      • Responder

      entendo a perspetiva sergiogomes, mas não concordo de todo. mesmo antigamente, há mais de 20 anos, com 30 alunos não é possível atender às necessidades dos alunos, e isto tenho como factual. Diz me a experiência que tive há mais de 20 anos e diz me a experiência enquanto professor (cada vez menos também é verdade…) de agora. sinto claramente que se as turmas fossem mais pequenas poderia “acudir” melhor a todos os alunos, principalmente os que têm muitas dificuldades. Assim em vez de ter 60% de níveis negativos teria seguramente mais de 60% de positivas. Relembro que a escola é que tem a responsabilidade de ensinar e formar (assim peno eu pelo menos) e não o explicador… mas respeito a sua opinião, claro

    • Manelinho. on 11 de Setembro de 2013 at 20:25
    • Responder

    Na EPArqueologia do Marco está um horário de 22 h dado como de técnicas Especiais a concurso, onde 80 por cento do horário é Área de Integração, que devia ter ido para Reserva de Recrutamento dos Grupos 400, 410 ou 420 e as entrevistas são amanhã.

      • Afonso on 11 de Setembro de 2013 at 21:04
      • Responder

      Boa noite.
      Peço desculpa por estar a responder num blog mas o seu comentário faz uma acusação grave e sem fundamento.
      O horário em questão pede uma licenciatura em Ciências Humanas e Sociais, por isso qualquer licenciado nessa área pode concorrer.
      Afirma que 80% do horário diz respeito a área de integração mas a escola em causa apenas tem 3 turmas em funcionamento, já que as 2 turmas do 12º ano serão agregadas, tendo por isso no máximo 9 horas de integração semanais.
      Sendo que a escola tem uma professora do quadro do grupo 400 cujas horas de HCA não chegam para o seu horário, essa mesma docente irá também, conforme a norma, leccionar área de integração, pois possui essa habilitação, leccionar área de integração.
      O horário a concurso para técnico especializado é composto na sua maioria por disciplinas da componente técnica do curso de assistente de arqueólogo, tal como está explicito nos critérios de avaliação do portefólio e da entrevista.
      Como restavam 4,5 horas de área de integração (pois a disciplina tem 2 módulos anuais que podem ser leccionados por professores diferentes) essas horas foram acrescentadas ao horário de técnico especializado.
      Daí a opção por solicitar uma licenciatura em ciências humanas e sociais senão seria, tal como o outro concurso a decorrer para técnico especializado, em Arqueologia ou História,variante de arqueologia.
      Espero ter sido esclarecedor.

        • alguém que por aqui passava on 11 de Setembro de 2013 at 22:51
        • Responder

        Nada esclarecedor!!!
        Onde é que diz que o grupo 400 tem habilitação para leccionar área de integração??
        Onde é que diz que, basta ter um curso de Ciências Humanas e Sociais para poder leccionar esta disciplina???
        Pelos vistos os Srs. Directores agora como receberam um oficio circular que em parte lhes dá autonomia para passarem um atestado de idoneidade a quem bem entenderem (ou melhor lhes convier) para darem disciplinas para as quais os docentes presenteados não tem habilitação, já acham que podem decidir quem pode ou não pode dar determinada disciplina… a autonomia a subir à cabeça.
        Atenção que há documentos orientadores e acima disso a legislação que refere qual o grupo que tem habilitação para dar esta disciplina.
        Como neste caso, há muitos outros em que a lei e as orientações não estão a ser tidas em conta.

          • Afonso on 11 de Setembro de 2013 at 23:07

          Acha mesmo?? Essa dúvida relativamente ao grupo 400 é de todo descabida. Todo a unidade temática 2 o Sujeito Histórico Social da área 1 a Pessoa é de cariz histórico…a unidade temática 5 Uma Casa Comum: a Europa da área 2 A Sociedade é também abordada no 9º ano e sobretudo no 12º ano de História além das unidades 7 e 8 da área 3 O mundo… peço desculpa mas os conteúdos filosóficos, geográficos, históricos, sociológicos e psicológicos são toda a base do programa de área de integração… se estas não são ciências humanas e sociais…

          • Afonso on 11 de Setembro de 2013 at 23:16

          Relativamente à legislação, o Despacho n.o 14 758/2004 (2.a série)m no artigo VII (distribuição do serviço letivo), ponto 28.2 diz que A leccionação da área de integração pode ser assegurada
          por professores da escola habilitados para qualquer dos saberes específicos visados no respectivo programa.
          Sendo um dos saberes a História, penso que não pode ser mais esclarecedor.

          • alguém que por aqui passava on 11 de Setembro de 2013 at 23:18

          A sua opinião pessoal acerca de que disciplinas pode dar o grupo 400, não passa disso mesmo de uma opinião. Volto a repetir é necessario ler os documentos orientadores e a própria legislação, onde efectivamente o grupo 400 não aparece contemplado para a leccionação desta disciplina. Se já se colocam pessoas apenas pela opinião pessoal de alguém… “boa vai ela”

          • Afonso on 11 de Setembro de 2013 at 23:22

          penso que lhe respondi no post anterior…que eu saiba ainda é essa a legislação em vigor nos cursos profissionais e não baseado em opiniões pessoais…

          • Afonso on 11 de Setembro de 2013 at 23:24

          se por acaso estiver enganado, por favor peço que me esclareça de forma a puder transmitir essa informação

    • Absurdo on 11 de Setembro de 2013 at 21:04
    • Responder

    É triste! Como é que os pais destes miúdos permitem tal situação?

    • Fun on 11 de Setembro de 2013 at 21:13
    • Responder

    Ou muito me engano ou uma coisa é certa: os resultados do exame nacional de Mat A, nesta turma, vão ser LINDOS!!!!! Estou solidária com o(a) professor(a) que irá lecionar esta disciplina nesta turma. Se fosse eu chamava a SIC ou TVI. É indecente…

    • Barbara on 11 de Setembro de 2013 at 21:16
    • Responder

    Tive hoje conhecimento que um diretor foi ameaçado pela sua direção regional, por ter incentivado os pais a fazerem queixa devido á constituição das turmas.

      • Helena on 11 de Setembro de 2013 at 21:51
      • Responder

      Houve mais que um diretor a ser “admoestado” pela respetiva direção regional por esse motivo!!

  4. See desdobrarem em turnos a matemática, ffoi a única disciplina que vai com mais de 30 inscrições, não está errada , caso o DT seja o super homem….:-)

    • Zeca Verde on 11 de Setembro de 2013 at 21:28
    • Responder

    Duvido muito que esta imagem seja verdadeira. Tem todo o ar duma montagem.

    1. Antes de duvidarem da informação colocada no blog agradeço que façam primeiro a confirmação.
      O link direto para o site da escola.
      http://escolasmoimenta.pt/wp-content/uploads/2013/09/12º-Ano1.pdf

        • jose aldo on 12 de Setembro de 2013 at 4:44
        • Responder

        ignorantes… pobre povo portugues

        a turma vai ser desdobrada! por acaso repararam que a lista nao esta por ordem alfabetica??
        logo aí se percebia algo de estranho.

        se fosse mesmo tudo da mesma turma, estariam ordenados

        1. Não diga asneira se não sabe o que diz. Alunos externos que entram na turma depois das inscrições em julho, principalmente se são externos à escola, são colocados no final da turma. Além do mais o sr arlindovsky colocou um link directo para a página da escola. Das 2, 1, ou o sr aldo não sabe ver um URL ou é como o resto dos carneiros portugueses que mesmo depois de apresentarem provas concretas continuam a acreditar nos seus governantes.

    • J. M. on 11 de Setembro de 2013 at 21:30
    • Responder

    Mais um caso: http://esmirandela-m.ccems.pt/file.php/50/Ano_13_14/Turmas_13_14/11B.pdf

    • Ana on 11 de Setembro de 2013 at 21:36
    • Responder

    A seguir a chamarem a Stefani, dá o toque de saída.

      • Maria on 11 de Setembro de 2013 at 21:53
      • Responder

      🙂

    • Miguel Castro on 11 de Setembro de 2013 at 21:43
    • Responder

    Custa-me bastante a acreditar nisto.
    45 alunos em Matemática- A?? De um 12º ano??
    Está tudo doido.

    • pams on 11 de Setembro de 2013 at 21:46
    • Responder

    Onde estão agora as associações de pais?! Quando é para reclamar dos professores, estão logo disponíveis…

    • Maria on 11 de Setembro de 2013 at 22:42
    • Responder

    Na minha escola há uma turma de 34 alunos, no 10º ano. E várias com alunos NEE com 29 alunos…!

    • Maria Soeiro on 11 de Setembro de 2013 at 22:54
    • Responder

    Fui professora , sou mãe , sou formadora, li os comentários que me merecem respeito , quem os deu é livre de pensar. Já tenho uns anitos andei um turmas grandes é verdade, havia ordem, por acaso ninguém me bateu , recordo até com saudade quem me ensinou. Mas isto passa todos os limites Os pais andam distraídos , nós pagamos os estudos dos nossos filhos! Será que não sabem que os impostos servem para isso. Um povo culto adapta-se, escolhe, …um povo pouco culto olha para onde lhe mandam!

    • alice on 11 de Setembro de 2013 at 22:57
    • Responder

    Não admira que tantos professores tenham avc!!!!

    • Ze Pereira on 11 de Setembro de 2013 at 22:57
    • Responder

    Sejamos honestos… metades deles só vai à primeira aula… estão inscritoa à disciplina porque sim… vão é fazer exame!

      • luis on 12 de Setembro de 2013 at 18:34
      • Responder

      outro que não sabe o que diz, se fosse só para fazer exame inscreviam-se na altura correta para os exames como alunos externos, as pessoas antes de comentarem devem se informar do que se passa nas escolas.

    • Laura on 11 de Setembro de 2013 at 22:58
    • Responder

    Na verdade vai haver um desdobramento da turma na disciplina de matemática e esta imagem não é de todo montagem. Sou aluna da escola em questão, e mais concretamente, desta turma.

    • PipaII on 11 de Setembro de 2013 at 22:59
    • Responder

    A ordem foi não contar com os alunos repetentes para a constituição das turmas;
    Segundo o ministério, a escola está a fazer um favor ao permitir a inscrição destes alunos, para assim conseguirem ir às aulas de matemática.
    Na minha escola, as turmas de 11º em física e química e de 12 em matemática também vão ficar assim, pois há muitos repetentes e não há condições para negar a matricula a esses alunos, pois não têm mais nenhuma escola próxima.

    • celestino on 11 de Setembro de 2013 at 23:04
    • Responder

    Na minha escola há uma situação semelhante. Vai desdobrar a Matemática

  5. Normal portanto!!!! Se os que estão inscritos a Mat apenas faltarem muito este DT fica louco!!!!

    • Tadeu on 11 de Setembro de 2013 at 23:49
    • Responder

    E é isto os blogues.
    Lança-se uma suspeita. Há 40 comentários a criticar violentamente a situação. Inacreditável. Chama-se uns quantos nomes ao MEC! ao Ministro, etc.
    Há alguém que desmonta a situação……. Afinal a turma a matemática vai ser desdobrada. Ok. Esta situação já não faz caminho. Passemos a outra. Afinal somos profissionais da critica de situações que não conhecemos.

      • Pois on 12 de Setembro de 2013 at 1:29
      • Responder

      Exacto 🙂

      • pams on 12 de Setembro de 2013 at 13:09
      • Responder

      Considera, portanto, que a situação não é minimamente criticável? Quais foram os nomes que chamaram aqui ao ministro? Era óbvio que a matemática iria ser desdobrada, porque os professores das escolas públicas não são nenhuns tolinhos, esforçam-se e trabalham para que os seus alunos realmente aprendam (apesar do que se fala nos blogues, na comunicação social e em alguma opinião pública) e nunca deixariam que se lecionasse a 44 alunos numa sala (nem lá caberiam…). A situação não faz caminho? E que o diz do trabalho deste diretor de turma?

      • luis on 12 de Setembro de 2013 at 18:38
      • Responder

      imagine-se as reuniões de avaliação dos três períodos, só quem não sabe o que é o trabalho de um professor e o trabalho que dá preparar uma reunião de avaliação é que acha que afinal a situação é natural. Enfim

    • Alberto on 12 de Setembro de 2013 at 0:03
    • Responder

    – É fácil ter uma turma com 38 alunos, é simples:
    Os primeiros 20 alunos a entrarem na sala sentam-se em cadeira e têm direito a mesa, os 10 alunos seguintes sentam-se no chão e escrevem sobre as pernas, os restantes 8 alunos não entram na sala de aula pois não há espaço, tivessem rasteirado primeiro os outros e teriam conseguido entrar.

    – É fácil ensinar uma turma de 38 alunos:
    Inicia-se a aula pela respectiva chamada, a qual se coloca no respectivo sumário,, o caos será de tal forma que em 20 minutos a tarefa estará conseguida.
    Debita-se 10 minutos de “matéria concentrada ao essencial”. Responde-se durante 5 minutos a dúvidas. Os últimos 15 minutos de aula são para marcar e registar as 15 ocorrências disciplinares.

    – É fácil avaliar uma turma de 38 alunos:
    Realizam-se 2 testes por período. Nestes as respostas serão, apenas, por cruzinhas. A atribuição de uma classificação no período, ou no final do ano lectivo, segue a distribuição estatística gaussiana.

    ISTO É OBVIAMENTE O TOTAL OPOSTO DO QUE DEVE SER PRATICADO.
    ISTO É TOTALMENTE ANTIPEDAGÓGICO.
    ISTO NUNCA GERARÁ APRENDIZAGENS, PELO MENOS AS QUE REALMENTE SE PRETENDEM.
    ISTO É DESUMANO.
    ISTO É…
    MAS PARA UM cRATO QUE SÓ QUER NÚMEROS E PARA PAIS QUE SÓ QUEREM NOTAS NUM PAPEL PARA OS FILHOS, E QUE NA SUA GRANDE MAIORIA NUNCA SE PREOCUPARAM COM A DESTRUIÇÃO DA ESCOLA PÚBLICA…

    VERGONHA!!!!!!

      • Helena on 13 de Setembro de 2013 at 0:09
      • Responder

      Há Pais e Pais assim como Há Professores e Professores…

    • Pois on 12 de Setembro de 2013 at 1:27
    • Responder

    Explicaram isto no público. Afinal era simples de perceber a situação e até é prática comum em mais escolas.
    Existem muitos alunos apenas a frequentar a disciplina de Matemática, colocam-nos numa turma e depois a disciplina desdobra para que os repetentes fiquem todos com aulas à parte. O ministério até autoriza isso. Os alunos têm tudo a ganhar (repetentes e não repetentes)!
    Já agora, quando fiz o 12º ano, há muito tempo atras, também tinha na minha turma um caso destes, com uns 15 alunos repetentes e que nunca cheguei a ver dentro da minha sala de aula. Não se esqueçam que esta, tal como a escola que frequentei, são escolas do interior que às vezes recebem alunos de vários concelhos apenas com a matemática por fazer.

    É necessário confirmar estes exemplos antes de os publicarem para não correrem o risco de passar por idiotas na comunicação social…

      • arlindovsky on 12 de Setembro de 2013 at 2:23
      • Responder

      O texto do post nunca disse que a escola estava a cometer alguma ilegalidade. Parti mesmo do princípio que deveria haver desdobramento a matemática. O que acrescentei no fim é que a diretora desta turma deve ter mais que os 2 tempos para a direção de turma. Se outra leitura existiu não foi minha.

    • Alexandre on 12 de Setembro de 2013 at 3:19
    • Responder

    O cidadão comum que paga os impostos tem que acordar e intrevir.
    É urgente unir o povo e pensar numa alternativa real JÁ!!IMEDIATA!!!Ou a pilhagem continuará até ir para lá outro governo fazer o mesmo.
    Lutem pelos direitos da próxima geração de portugueses.
    Não se acomodem.

      • jose aldo on 12 de Setembro de 2013 at 4:48
      • Responder

      vc deve pagar impostos, por isso acorde.

      nao percebeu a realidade da ‘noticia?’

  6. O diretor de turma ainda não foi colocado. Certamente que será um dos contratados que ainda está em casa. Como sempre, nas escolas o trabalho difícil fica para os coitados dos contratados.

      • Sofia on 12 de Setembro de 2013 at 14:15
      • Responder

      Por acaso até não. A Diretora de Turma é professora do quadro desta escola!

    • ojcarvalho on 12 de Setembro de 2013 at 11:18
    • Responder

    Tal como está o n.º de alunos da turma viola claramente a lei; agora, se entretanto desdobrar, tanto melhor para os alunos. Caso contrário, esperamos que pais e professores, pelo menos, obriguem ao cumprimento das leis que o próprio ministério cria. Por outro lado, especular que os alunos vão desistir, que não vão todos frequentar a disciplina, etc., é daquele tipo de conversas que serve apenas para iludir.

    • Helena on 13 de Setembro de 2013 at 0:05
    • Responder

    Na escola de Paderne é ao contrário, tem turmas do 9º ano de 20 alunos e outra com 9alunos.
    A resposta da aos encarregados de educação foi” o ministerio é que fez as Turmas”, Mudança de Turma!? Nem pensar…

    • Válter on 13 de Setembro de 2013 at 4:05
    • Responder

    O professor não consegue explicar para todos ou os alunos que tentam mas não se conseguem concentrar…
    E as dúvidas ficam para o dia/ano seguinte!
    Fica uma questão: “(Ainda dissem que) há falta de professores?”

  1. […] Arlindo começou a mostrar os abusos e excessos na formação de turmas que estão marcar o arranque deste ano […]

  2. […] sobre a identificação dos alunos dos posts primeira amostra e segunda […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: