19 de Setembro de 2013 archive

Algo Diferente se Passa Este Ano

… que leva a aplicação a aceitar mais do que um horário ocupado pelo mesmo candidato na mesma escola.

 

Neste caso é para dois horários na mesma escola do grupo 620. Já de tarde o mesmo docente ficou colocado em 3 horários no mesmo agrupamento e terá aceite na aplicação esses mesmos 3 horários.

 

Não me acredito que haja intenção por parte das escolas nestas situações, mas pode o sistema estar a funcionar para que seja assim.

Resta-me confirmar se é necessário fazer a aceitação obrigatória dos horários para depois os poder denunciar. Mas se for isto vai criar alguns problemas futuros…

 

620

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/algo-diferente-se-passa-este-ano/

Sons Escritos de um Conterrâneo

… que retratam muitos estados de alma.

 

VHM

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/sons-escritos-de-um-conterraneo/

Por Isso Estou a Ensacar Uma Dúzia de Rolos de Papel Higiénico

… para mandar pelo miúdo para o infantário.

Escolas do pré-escolar vão receber entre 168 e 324 euros por sala para material

 

O Ministério da Educação vai transferir verbas para que as escolas de ensino pré-escolar possam adquirir material e equipamentos, que variam entre os 168 e os 324 euros por sala, consoante o número de meninos.

 

Mas segundo o MEC este valor extraordinário vai servir para:

“criar as necessárias condições que proporcionem às crianças experiências educativas diversificadas e de qualidade, o que pressupõe uma organização cuidada do ambiente educativo dos estabelecimentos de educação pré-escolar.”

 

Despacho nº12054/2013, de 19 de Setembro

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/por-isso-estou-a-ensacar-uma-duzia-de-rolos-de-papel-higienico/

A Normalidade no Arranque do Ano Ltivo

Escola básica na Penha de França sem professores, 120 alunos em casa.

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=iyUDHpleQwI]

 

Agrupamento Rio Arade, Lagoa, 4º dia de protesto pela composição da turmas, pais ponderam colocar uma providência cautelar

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=w28Dj7CDpM4]

 

Lousã Freixo protesto continua RTP

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Vmw_y66pBP4]

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/a-normalidade-no-arranque-do-ano-ltivo/

Sobre a Prova – Não Era Mais Fácil…

… manter as isenções da prova de avaliação conhecimentos e capacidades que estavam em vigor no DL 75/2010 e até quem sabe alargar o prazo dessa isenção até ao final do ano letivo 2009/2010 e propor uma alteração ao cálculo da graduação profissional onde uma parte do resultado da prova contasse para essa graduação, deixando ao critério de cada um que estivesse isento em fazer ou não essa prova?

Tantas vezes o ministro apregoa a “liberdade” que depois impõe obrigações parvas.

Esta é uma das obrigações quase idênticas à obrigação dos docentes contratados concorrerem a duas zonas pedagógicas.

 

COMUNICADO DO CONSELHO DE MINISTROS 19 DE SETEMBRO DE 2013

 

1. O Conselho de Ministros aprovou uma alteração do Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário, visando regulamentar em termos concretos a realização da prova de avaliação de conhecimentos e capacidades para a docência nos estabelecimentos públicos, já prevista naquele Estatuto.

A realização de uma prova visa assegurar mecanismos de regulação da qualidade do exercício de funções docentes, garantindo a comprovação dos necessários conhecimentos e capacidades transversais à lecionação de qualquer disciplina, área disciplinar ou nível de ensino, bem como o domínio dos conhecimentos e capacidades específicos essenciais para a docência em cada grupo de recrutamento e nível de ensino.

No mesmo sentido, foi também aprovada uma alteração ao decreto regulamentar que estabelece o regime da prova de avaliação de conhecimentos e capacidades prevista no Estatuto da Carreira dos Educadores de Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/sobre-a-prova-nao-era-mais-facil/

Fui Experimentar

E fiquei a saber que a idade do meu cérebro é desproporcional à idade do meu corpo. 😉

 

26 anos

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/fui-experimentar/

Acordo Sobre o Regime de Formação Contínua

ACORDO COM OS SINDICATOS SOBRE O NOVO REGIME DA FORMAÇÃO CONTÍNUA DE DOCENTES

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=yKiFV5duU6s]

 

O Ministério da Educação e Ciência, através da Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, chegou a acordo com três federações de professores – FNE, FENEI/SINDEP e FEPECI/SINAPE – e cinco sindicatos – SIPE, SNPL, SPLEU, SPLIU e SIPPEB – relativamente ao novo Regime Jurídico da Formação Contínua de Docentes.

Com o novo diploma, a formação contínua passa a estar orientada para a melhoria da qualidade do desempenho dos professores, através da concentração do sistema de formação nas prioridades identificadas pelas escolas e no desempenho profissional dos docentes; da potenciação dos recursos humanos das entidades formadoras e das escolas pela criação de bolsas de formadores internos; e da garantia da qualidade da formação dada por dispositivos de regulação diversificados a cargo da Direção Geral da Administração Escolar e da avaliação externa realizada pela Inspeção-Geral de Educação e Ciência.

Este novo regime jurídico aplica-se a todos os docentes das escolas da rede pública, das escolas portuguesas no estrangeiro e das escolas de ensino particular e cooperativo associadas de Centros de Formação de Associação de Escolas (CFAE).

A concentração de esforços para a valorização profissional dos docentes pressupõe parcerias entre entidades formadoras, nomeadamente entre as responsáveis pela formação inicial e contínua.

Reconhecem-se como entidades formadoras os Centros de Formação das Associações de Escolas, as Instituições de Ensino Superior, os centros de formação de associações profissionais ou científicas sem fins lucrativos, os serviços centrais do MEC e outras entidades públicas, particulares ou cooperativas sem fins lucrativos, acreditadas para o efeito.

Este modelo garante a gratuitidade da formação contínua obrigatória dos professores, reconhece as formações de curta duração, como seminários, congressos, projetos europeus e outros eventos, e a avaliação do próprio formador.

A melhoria da qualidade do ensino constitui um objetivo central da política educativa do Governo. Essa aposta ganha-se também pela valorização profissional dos docentes através da formação continua.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/acordo-sobre-o-regime-de-formacao-continua/

Faz Lembrar uma Música

… do Zeca Afonso.

Não entendo como a aplicação deixa passar uma coisa deste género.

 

vampiros

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/faz-lembrar-uma-musica/

Load more

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: