adplus-dvertising

Proposta do Chega – Descongelar o tempo de serviço e acabar com as Quotas

… e com estas coisas veremos o CHEGA crescer no futuro.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2022/11/proposta-do-chega-descongelar-o-tempo-de-servico-e-acabar-com-as-quotas/

35 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Miguel on 23 de Novembro de 2022 at 1:24
    • Responder

    O PCP e o BE defendem igualmente o descongelamento. Nesse aspeto o CHEGA não se distingue particularmente da oferta partidária mais à esquerda. Já no que diz respeito à permissividade total relativamente à indisciplina e ao facilitismo extremo nas avaliações (ideias cujos teorizadores são TODOS, sem nenhuma exceção, homens e mulheres de esquerda), penso que o CHEGA, por ser o único que critica esse tipo de ideologias esquerdistas, pode vir a conseguir conquistar votos entre os professores.

      • AM on 23 de Novembro de 2022 at 20:23
      • Responder

      O PSD, que eu saiba, é de direita, e foi também um dos responsáveis pela “permissividade total relativamente à indisciplina e ao facilitismo extremo nas avaliações”, ou já não se lembra?
      Enquanto a esquerda (BE e PCP) defende equipas multidisciplinares nas escolas para combater o flagelo da indisciplina, que muitas vezes estar ligada há pobreza gritante que Portugal tem.
      O Chega, como partido racista, homofóbico e contra a igualdade do género, não é exemplo para governar, muito menos a Educação.

        • Farto da ditadura on 24 de Novembro de 2022 at 1:37
        • Responder

        Não tem razão nas duas acusações! Para racismo temos o Mamadu Ba da sos racismo financiado pela extrema esquerda.
        Pela igualdade de género todos são a favor… Não confundir com o movimento woke, feminismo ou BLM importados de outras latitudes.
        Por mim já, Chega!

          • AM on 24 de Novembro de 2022 at 19:09

          Caro “Farto”,
          Respondo da seguinte forma:
          1º- “O SOS RACISMO é uma associação sem fins lucrativos, tendo sido atribuído o estatuto de utilidade pública em 1996.”;
          2º-“O Chega vai interpor as ações judiciais competentes para travar a entrada em vigor do despacho 7247/2019, relativo à igualdade de género e respetiva autodeterminação”
          (https://www.noticiasaominuto.com/politica/1307403/chega-avanca-para-tribunais-para-suspender-lei-de-igualdade-de-genero).
          Por mim, eu estou farto de novos fascistas vestidos com pele de cordeiro….

          • Fartinho on 25 de Novembro de 2022 at 10:13

          Mamadu Ba é racista pago pelos nossos impostos!
          Alguém aqui é favorável à identidade de género das crianças, fora do seu estado biológico? Não confundir igualdade com identidade!
          Concretizando: mudança de sexo para quem quiser em todo o ensino? Se um menino de 6 anos se identificar como menina passará a ser menina? A utilizar casas de banho das meninas? A fazer tratamento hormonal e retirada dos genitais? Isso é o que defende o movimento woke!
          Leia tudo e não apenas os títulos dos artigos que refere…

          • AM on 25 de Novembro de 2022 at 18:07

          Diga lá senhor Paulo,
          Deve estar feliz por o senhor Gabriel Ribeiro não ser descendente de ciganos…
          Já agora, lembra-se do seguinte episódio politico:
          “Mithá Ribeiro demite-se de vice-presidente do Chega em colisão com Ventura”

        • Paulo on 24 de Novembro de 2022 at 1:55
        • Responder

        Racista? Acha que sim? O professor doutor Mithá Ribeiro é branco?

          • AM on 24 de Novembro de 2022 at 19:16

          Sr. Paulo, então diga o que é para si o senhor Mithá Ribeiro?

          • Paulo on 25 de Novembro de 2022 at 10:25

          Sr.(a) AM:
          Pode pesquisar em sítios da Internet oficiais, como a página do parlamento, sobre o professor doutor Gabriel Mithá Ribeiro…
          É Doutorado em Estudos Africanos Iinterdisciplinares em Ciencias Sociais. Nasceu em Moçambique, filho de um pai católico e mãe islâmica, com ascendência africana, indiana e síria. Vive em Portugal desde 1980, sendo casado com uma portuguesa com ascendência e ligações familiares ao concelho de Pombal… (In Wikipédia, site do parlamento, entre outros).


  1. Entre o Chega e o descongelamento…fico deveras preocupada. Do Chega, Medoooo, do descongelamento, duvido. Todos prometem e vira o disco e toca o mesmo!

      • Raul Sequeira on 23 de Novembro de 2022 at 8:49
      • Responder

      Medo do Chega? Tenho é medo do PS, PCP e BE! Nada têm feito para mudar coisa alguma… Só se preocupam com eles e com os amigos dos respectivos partidos.
      Além disso, o Chega não é um partido de direita democrática até provas em contrário.

        • Raul Sequeira on 23 de Novembro de 2022 at 8:51
        • Responder

        Faltou o ponto de interrogação no final de contrário (?)

        • Joaquim C on 23 de Novembro de 2022 at 18:00
        • Responder

        O BE e PCP se contassem com o voto do PS nas votações, já teriam conseguido o descongelamento da carreira, p. ex.
        O problema é mesmo o PS e o PSD, prometem uma coisa na oposição, mas quando governam, acobardam-se. Vivemos uma injustiça, já todas as classes viram o seu tempo de serviço contabilizado na totalidade, veja-se o caso recente dos enfermeiros. Afinal há funcionários públicos de primeira e de segunda…
        O curioso é que o pior está mesmo por chegar.

        • AM on 23 de Novembro de 2022 at 20:27
        • Responder

        “Tenho é medo do PS, PCP e BE! Nada têm feito para mudar coisa alguma… Só se preocupam com eles e com os amigos dos respectivos partidos.”…até parece que os outros partidos são diferentes (PSD, CDS, IL, CHEGA…)

          • Lenine on 24 de Novembro de 2022 at 1:44

          Nos últimos anos o PS governou ao colinho do BE e do PCP… alguma coisa mudou para melhor? Zero!
          O Chega (ainda) nunca governou, nem os betinhos do IL… Há aí um anacronismo nesse pensamento.
          Já para não falar na corrupção que está à vista de todos, mas já parece que ninguém quer saber… Já estamos em ditadura de esquerda há uns anos!

          • AM on 24 de Novembro de 2022 at 19:23

          Sr. da Praça Vermelha,
          Muita gente não percebeu nada do que se passou entre 2015-2019 e 2019-2021. Sobre esta última, não havia acordo nenhum, apenas algumas negociações para que o OE fosse aprovado. A maioria das votações no Parlamento feitas nestas legislaturas foram aprovadas por PS e PSD em conjunto, com votos contra de outros partidos incluindo BE e PCP. A maioria de esquerda que houve, serviu apenas para alguns entendimentos específicos, nunca foi uma ideia conjunta para mudar o país estruturalmente. Quem andou atento, basta relembrar todas as críticas sobre os vários assuntos feitos tanto por BE como PCP ao longo dos últimos anos.


  2. O CHEGA NÃO APRESENTA NADA DE NOVO. VAI SER MAIS UM SINDICATO QUE ANUNCIA A SALVAÇÃO E VAI CONSEGUIR TANTO OU MENOS QUE TODOS OS OUTROS. COM A AGRAVANTE DE NOS DIVIDIR CADA VEZ MAIS.

      • Ex-Socialista on 23 de Novembro de 2022 at 17:04
      • Responder

      O problema não está no “apresentar” soluções para a carreira docente. Elas existem e são sobejamente conhecidas!
      O problema está mesmo no “cumprir” o prometido! Nesse particular a esquerda já mostrou bem o que (não) vale… e o PSD também está quase no mesmo saco.


  3. É… talvez assim o Chega vá buscar mais uns valiosos votos…. O que mais me entristece é a falta de união e coesão dos educadores e professores porque acho que quem mais desvaloriza a classe são os seus membros…. Se nos unissemos temos condições para mostrar ao país a nossa força e acho que já chegamos ao ponto em que os profissionais e os sindicatos deveriam despir a camisola partidária e unirem-se como profissionais para irmos legalmente até às entidades europeias ou mesmo o Tribunal Europeu ou entidade semelhante. Falta-nos garra para nos defendermos assim como defendemos o interesse dos alunos…. Até a reação dos professores perante os educadores é de lamentar….

    • Maria Clara Guerreiro de Matos on 24 de Novembro de 2022 at 0:02
    • Responder

    Até onde chega o populismo do Chega!!!
    Ainda acreditam nas propostas deste partido?
    Estudem a História do século XX e a ascensão dos partidos de Direita, para perceberem como Mussolini e Hitler chegaram ao poder (vejam as promessas que fizeram e o que concretizaram!!)
    De
    Docente de História!

      • Mao Tsé tung on 24 de Novembro de 2022 at 1:52
      • Responder

      Cara docente de História: e o socialismo de esquerda comunista não fala?
      Leia o livro negro do comunismo! Mais de 100 milhões de assassinatos no século XX!
      A herança desses tempos continua bem viva na federação russa a levar a democracia para a Ucrânia…

        • AM on 24 de Novembro de 2022 at 19:27
        • Responder

        Caro morto,
        Todos os partidos que têm saudosistas de regimes ditatoriais são para rejeitar…


  4. Bom dia.
    Mudo de escalão do 4º para o 5º em abril de 2023, mas entretanto em janeiro de 2022 acabei um mestrado que me dá direito a 1 ano na progressão. Só fui avaliado em setembro deste ano com Muito Bom. Dizem.me na escola que é a partir dessa data (setembro 2022) que vou mudar e que vou portanto perder 5 meses desse direito consagrado no art.º 54 do ECD. Concordam?

      • Raul Sequeira on 25 de Novembro de 2022 at 23:50
      • Responder

      Se for “legal” é imoral!

      • Golfinho da Seara on 27 de Novembro de 2022 at 6:32
      • Responder

      Não, não é assim, a bonificação é de 1 ano, não vai perder nada. Mas se não quer entrar nessa luta fácil de ganhar é simples – mude primeiro de escalão e apresente depois o comprovativo da obtenção do grau de mestrado.

    • Morto on 25 de Novembro de 2022 at 10:30
    • Responder

    Diga lá quem são os ideólogos do PCP e do BE? E já agora do Chega e dos restantes…

      • AM on 25 de Novembro de 2022 at 18:12
      • Responder

      Do Chega é o senhor Diogo Pacheco de Amorim que defende o colonialismo e que passou pelo MDLP.

    • AM on 25 de Novembro de 2022 at 18:46
    • Responder

    Sr. Paulo,
    Já deve estar descansado por o senhor Gabriel Ribeiro não ser descendentes de ciganos.
    Já agora, lebmbra-se deste episódio político? “Mithá Ribeiro demite-se de vice-presidente do Chega em colisão com Ventura” (https://www.publico.pt/2022/08/22/politica/noticia/mitha-ribeiro-demitese-vicepresidente-chega-colisao-ventura-2017932).

    • AM on 25 de Novembro de 2022 at 18:54
    • Responder

    O senhor Fartinho:
    Não sabe que o Chega é misógino? Então não se lembra deste episodio: “Moção polémica do Chega!: Devem ser retirados os ovários” às mulheres que abortem”…
    Ou o caso do senhor Pedro Arroja, um misógino que defende que as mulheres não devem estar nas direcções partidárias, algo que Arroja considera um “sinal de degenerescência”, até porque a “a função prioritária da mulher é cuidar dos filhos” e “só ocasionalmente trabalha fora de casa”, porque “compete ao homem auferir o rendimento que permita sustentar a família”.

      • Bombom on 25 de Novembro de 2022 at 23:46
      • Responder

      E a jovem deputada do Chega, Rita Matias? Cada um vê o que lhe apetece e tem direito às suas lentes: pode ver o mundo como quiser, esteja à vontade… convém é utilizar os conceitos corretamente para expressar as suas opiniões de forma clara.

        • AM on 27 de Novembro de 2022 at 17:04
        • Responder

        Caro amargo,
        As lente lêem isto: ““Há direitos que os homens têm que eu não quero” e outras frases pelas quais a única deputada do Chega, Rita Matias, tem sido criticada (https://visao.sapo.pt/atualidade/politica/2022-07-13-ha-direitos-que-os-homens-tem-que-eu-nao-quero-e-outras-frases-pelas-quais-a-unica-deputada-do-chega-rita-matias-tem-sido-criticada/))

    • Paulo on 25 de Novembro de 2022 at 23:59
    • Responder

    https://youtu.be/H4tFwwfrWj0

    A realidade do país nos últimos 100 anos (pelo menos)! Henrique Neto e Paulo de Morais…


  5. Mais uma vez o populismo a funcionar, um tática a que CHEGA tem recorrido com sucesso. E sabem porquê? Porque não ignora aquilo que as pessoas dizem no quotidiano, mesmo que isso sejam disparates fruto da incompreensão e falta de noção de qual a razão e determinados fenómenos acontecerem. Assumem como falsos messias. André Ventura cresceu no meio do povo, na linha de Sintra, seu pai era taxista e conhece bem a mentalidade e ignorância política que ainda está subjacente às camadas mais desfavorecidas e sabe bem aquilo que gostariam de ouvir. Tem informadores que relatam as conversas de café, no autocarro etc. Ao contrário dos intelectuais de esquerda que vivem em bolhas afastados da realidade e que têm discursos que a maioria não entende pois colocam-se na posição de “nós e o povo” o CHEGA fala a linguagem do povo no seu mais íntimo e boçal sentimento. Tem-se aproveitado dos disparates da esquerda para crescer através de discursos ilusórios e populistas. Nunca atacam a ordem económica vigente, nem as suas manobras e na realidade estão do lado de quem prefere um povo ignorante. Por isso não se iludam.

      • Rui Almeida on 28 de Novembro de 2022 at 23:09
      • Responder

      Disparates? Corrupção e perfídia! Veja o vídeo e decida! Não é do Chega… Henrique Neto é do PS e Paulo Morais dispensa apresentações!

      https://youtu.be/H4tFwwfrWj0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: