adplus-dvertising

Nova reunião ME/Sindicatos, 𝗱𝗶𝗮 𝟮𝟵 𝗱𝗲 𝗻𝗼𝘃𝗲𝗺𝗯𝗿𝗼

 

Os Sindicatos foram convocados pelo Ministério da Educação para uma reunião a realizar-se nos 𝗱𝗶𝗮 𝟮𝟵 𝗱𝗲 𝗻𝗼𝘃𝗲𝗺𝗯𝗿𝗼, com a seguinte ordem de trabalhos:

– Apreciação e discussão de proposta de 𝙘𝙤𝙣𝙩𝙖𝙜𝙚𝙢 𝙙𝙚 𝙩𝙚𝙢𝙥𝙤 𝙙𝙚 𝙨𝙚𝙧𝙫𝙞𝙘̧𝙤 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙚𝙛𝙚𝙞𝙩𝙤𝙨 𝙙𝙚 𝙘𝙤𝙣𝙘𝙪𝙧𝙨𝙤 𝙥𝙧𝙚𝙨𝙩𝙖𝙙𝙤 𝙚𝙢 𝙘𝙧𝙚𝙘𝙝𝙚𝙨 por titulares de habilitação profissional para o GR 100 – Pré-escolar

– Apreciação e discussão de proposta de 𝙙𝙞𝙨𝙥𝙚𝙣𝙨𝙖 𝙙𝙤 𝙧𝙚𝙦𝙪𝙞𝙨𝙞𝙩𝙤 𝙙𝙚 𝙤𝙗𝙩𝙚𝙣𝙘̧𝙖̃𝙤 𝙙𝙚 𝙫𝙖𝙜𝙖 𝙥𝙧𝙚𝙫𝙞𝙨𝙩𝙤 𝙣𝙖 𝙖𝙡𝙞́𝙣𝙚𝙖 𝙗) 𝙙𝙤 𝙣.º 3 𝙙𝙤 𝙖𝙧𝙩. 37º 𝙙𝙤 𝙀𝘾𝘿 𝙥𝙖𝙧𝙖 𝙤𝙨 𝙙𝙤𝙘𝙚𝙣𝙩𝙚𝙨 𝙩𝙞𝙩𝙪𝙡𝙖𝙧𝙚𝙨 𝙙𝙚 𝙜𝙧𝙖𝙪 𝙖𝙘𝙖𝙙𝙚́𝙢𝙞𝙘𝙤 𝙙𝙚 𝙙𝙤𝙪𝙩𝙤𝙧 em domínio diretamente relacionada com a área científica que lecionem ou em Ciências da Educação

– Apreciação e discussão do regime de seleção e recrutamento destinado ao pessoal docente do 𝙚𝙣𝙨𝙞𝙣𝙤 𝙖𝙧𝙩𝙞́𝙨𝙩𝙞𝙘𝙤 𝙚𝙨𝙥𝙚𝙘𝙞𝙖𝙡𝙞𝙯𝙖𝙙𝙤 𝙙𝙖𝙨 𝙖𝙧𝙩𝙚𝙨 𝙫𝙞𝙨𝙪𝙖𝙞𝙨 𝙚 𝙙𝙤𝙨 𝙖𝙪𝙙𝙞𝙤𝙫𝙞𝙨𝙪𝙖𝙞𝙨 e de concurso externo extraordinário destinado aos atuais docentes dessa modalidade de ensino

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2022/11/nova-reuniao-me-sindicatos-%f0%9d%97%b1%f0%9d%97%b6%f0%9d%97%ae-%f0%9d%9f%ae%f0%9d%9f%b5-%f0%9d%97%b1%f0%9d%97%b2-%f0%9d%97%bb%f0%9d%97%bc%f0%9d%98%83%f0%9d%97%b2%f0%9d%97%ba%f0%9d%97%af%f0%9d%97%bf/

11 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Cláudia on 22 de Novembro de 2022 at 16:56
    • Responder

    Acho muito bem.
    Só não percebo é porquê é que só agora, se preocupam com esta injustiça, que acontece há anos?
    Será porque o grupo dos educadores de infância é o mais envelhecido e daqui a nada não há docentes para dar resposta educativa às escolas públicas? Porque será que, atualmente verifica-se menos interesse na passagem do privado para o público?

      • Andre on 22 de Novembro de 2022 at 21:48
      • Responder

      Nunca se viu tanta saída do privado para o público no pré-escolar.
      A medida visa atrair educadores para as creches privadas, que estão com imensas dificuldades em recrutar. Muitos recusam-se a trabalhar em creche.

      • André on 22 de Novembro de 2022 at 21:50
      • Responder

      Há 4000 educadores nas listas de não colocados.

    • Rosa on 22 de Novembro de 2022 at 18:03
    • Responder

    Vão apreciar. discutir quem tem o grau de doutor! E quem tem o grau de Mestre!.
    . Isto é não necessariamente os cursos
    de Bolonha .

    • 😡 on 22 de Novembro de 2022 at 19:32
    • Responder

    Concursos, quotas, tempo de serviço ROUBADO, horários ilegais, gestão democrática???
    Zero! Perceberam ou precisam de um desenho?
    Negociação fechada.
    O que está em negociação é JUSTO, mas são para o governo irrelevantes minudências.
    Doutorados a precisar de quota, devem ser aí uns três(!!!!), a nível nacional!!!

      • maria1 on 22 de Novembro de 2022 at 23:29
      • Responder

      É mesmo atirar areia para os “olhos”. Doutorados! Pois …é como diz devem ser meia dúzia que escapam à malha das quotas.

    • pois on 22 de Novembro de 2022 at 20:00
    • Responder

    Pronto lá vamos dividir para reinar e por causa de uma minoria lixar todos os outros.

    • TricLebanon on 22 de Novembro de 2022 at 20:18
    • Responder

    A única coisa que os sindicatos devem fazer é discutir a autoridade do professor na sala de aula, que lhe foi retirada com essas pedagogias da treta… é uma vergonha o que se anda a passar em muitas escolas deste país e os sindicatos…

      • Luís on 22 de Novembro de 2022 at 20:45
      • Responder

      Não percebeu que a autoridade do professor está ligada ao seu estatuto e que este depende da remuneração, do respeito e do crédito que tem na sociedade?
      Neste momento tudo isso é zero. Ainda não percebeu, também, que é exatamente por isso que ninguém quer ser professor???
      A culpa é da pedagogia!!! PENSE.

    • Alex704 on 23 de Novembro de 2022 at 1:08
    • Responder

    Repensar a pedagogia.

    • Carlos Moreira on 23 de Novembro de 2022 at 10:41
    • Responder

    Mais uma para enganar o povinho! (das duas partes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: