adplus-dvertising

Colegas, não fazem greve na segunda-feira?

 

Boa tarde caros/as colegas,

Na próxima 2ªfeira, não farei greve. Greve de 1 dia? Que impacto terá isso? Nem é por ser, numa véspera de feriado. Isso é irrelevante! Nem tem assunto.  Um dia? A sério? Qual o impacto? Poupança para o governo, isso sim! Quando os enfermeiros e médicos têm as suas reivindicações, fazem greve de dias, uma semana, param tudo! Isso sim, teria impacto! Se as escolas parassem uma semana e os pais não tivessem onde deixar os filhos para ir trabalhar, isso sim, faria pressão no governo. É óbvio que fazer greve de 3/5 dias é incomportável para a maioria! Como fazem os enfermeiros e médicos? Criam fundos que lhes pagam os dias de greve e desta forma não perdem. Não tanto. E quando eles anunciam greve, o governo quer reunir imediatamente, porque sabe de antemão que eles não brincam em serviço, eles aderem e o SNS vira o caos.

 Nós temos mais de uma dezena de sindicatos. O STOP convoca greve de 5 dias e não há adesão. Claro que não! Não podemos perder ¼ de vencimento. Queria ver um sindicato que nos dissesse, vamos criar um fundo e pagamos os dias de greve a cada docente para fazermos as devidas exigências e reivindicações. Todos os professores correriam para esse sindicato sem pensar duas vezes. Para quando uma Ordem dos professores?  Dezenas de sindicatos, todos cada um por si! Uns convocam greve, outros nada fazem… Para quando o fim das quotas para acesso ao 5º e 7ºescalão? Professores há mais de uma década no mesmo escalão? Quando se vê claramente que o mérito não é O CRITÉRIO? Sabemos bem qual é O CRITÉRIO, caros/as colegas, todos sabem. Para quando o descongelamento da carreira? Anos de trabalho que roubaram a quem tanto se sacrificou e trabalhou! Muitos longe de casa e de suas famílias, em prol e amor à profissão?   Professores na Segurança Social e outros na Caixa Geral de Aposentações! Com todas as diferenças que um e outro sistema acarretam?  Mas uns são filhos e outros são enteados? Ultrapassagens na carreira absurdas e ultrajantes! Quando acaba isto? Não é nenhuma surpresa haver falta de professores a várias disciplinas. A profissão deixou de ser apelativa. Eu continuo na profissão, pois continuo, é a minha paixão e vocação! Contudo, sinto-me desencantada e desmotivada, como muitos/as de vocês. Para quando uma manifestação de milhares como ocorreu há mais de uma década? Quando faremos algo que realmente tenha impacto caros/as colegas?

Caros/as colegas, uma greve de um dia, deve ser piada. Greve de uma semana, greve às avaliações, no mínimo!

Não, não faço greve na próxima 2ªfeira. Mas vamos continuar em casa, no sofá e no escritório a destilar queixumes e veneno no facebook, é a solução, sem dúvida. Vamos longe desta forma! E assim, temos uma classe completamente desunida!

Caros/as colegas, acordem para a vida! Parem tudo!

Não, não faço greve na próxima 2ªfeira!

Assinado: Elsa

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/colegas-nao-fazem-greve-na-segunda-feira/

12 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Complicado... on 30 de Setembro de 2021 at 18:53
    • Responder

    O problema não é só a quebra de rendimento.
    É que a recuperação do tempo perdido será sempre feito à custa de trabalho extra, não pago. Como é com os médicos e enfermeiros…?
    Nos cursos profissionais, as horas terão que ser todas dadas, seja lá quando for. Aliás, nestes cursos, as faltas por nojo, por atestado médico, etc. têm que ser todas compensadas depois, sem qualquer acréscimo remuneratório.
    É complicado…

      • Baldarachy on 30 de Setembro de 2021 at 22:25
      • Responder

      Conas

    • maria on 30 de Setembro de 2021 at 19:18
    • Responder

    E a carreira única , que é um vexame para os Professores dignos desse título?

    Ninguém fala nisto? É concebível que seja tratado por igual o que é gritantemente desigual?

    • maria on 30 de Setembro de 2021 at 19:49
    • Responder

    Para não pensarem que estou sempre a pugnar pela justa discriminação positiva dos doutores, aqui fica mais um caso de flagrante injustiça: os 910 – para se livrarem da espinhosa vida de ensinar e aturar 25 crianças na escola primária ou no JI (de onde são oriundos), sorrateiramente migraram para a chamada educação especial . Estupenda opção : um quase passatempo, sem responsabilidades , “atendem”, como gostam de dizer, uma ou duas criaturas NEE de cada vez -fazendo que fazem ( o rácio é escandaloso e custa milhões !), vida flauteada, o seu trabalho, por esquivo, não é escrutinado e… ganham o mesmo ! Ora toma!

      • Laura Fonseca Moniz on 30 de Setembro de 2021 at 20:47
      • Responder

      Se não fosses tão ignoraste, talvez começasses por perceber qual é o trabalho da Educação especial. E vais ficar surpreendida/o se alguma vez conseguires interpretar. Experimenta!!
      Coloca aqui onde estudaste, de que grupo és e com que nota foste para a fila do emprego da educação.

      Para te acalmar esse espírito dorido e carregado dr ódio – mas zero de inteligência – não sou do 910 , sou do 500! Mas tenho muito apreço pelo trabalho dos colegas do 910 em particular e dos verdadeiros professores em geral. Acho que tu não cabes em lado nenhum!

        • Sardao pró Pensador on 1 de Outubro de 2021 at 11:59
        • Responder

        Fala como se fosse verdade!!!!!!!!!!!
        Será que acredita que é mesmo assim, como ela diz?
        É grave a doença de que padece!

      • 910 é uma fraude on 30 de Setembro de 2021 at 22:03
      • Responder

      O 910 é uma fraude! Além de só atrapalharem, pensam que mandam nos colegas, acham que todo o sistema gira em torno deles, só inventam papeis, só emperram os conselhos de turma!

      Maldita hora em que pariram este grupo da treta!

        • Laura Moniz on 1 de Outubro de 2021 at 10:12
        • Responder

        Já respondi a todos os ignorantes!

    • Karen on 30 de Setembro de 2021 at 22:24
    • Responder

    Se ao perder os 70€ do dia ganhasse na pressão ao governo fazia greve.
    Sabendo que isso não acontece não faço.

    • Carlos on 1 de Outubro de 2021 at 10:56
    • Responder

    Conas porquê? É a pura das verdades.

    • Maria Estafada on 3 de Outubro de 2021 at 17:52
    • Responder

    Logo com estas respostas dadas, uns aos outros, se vê, como nós professores somos uma classe muito unida!!

    Uns a dizer mal uns dos outros. Ficam-nos muito bem, sim senhor.

    • Maria Saúde on 4 de Outubro de 2021 at 16:14
    • Responder

    Se acha que faz falta outro sindicato com esses requisitos, forme-o.
    Ordem é que jamais! Uma Ordem regula a atividade profissional, a dos professores é regulada pelo ECD.
    Querem uma ordem que exija o pagamento de quotas para se aceder à profissão? Como a dos Arquitetos? E digam-me de que serve uma Ordem como a dos arquitetos na defesa da profissão? NADA. E assim seria a dos professores, porque o sucesso da greve dos médicos não se deve à Ordem. Aliás, se a Ordem servisse para os defender, não tinham eles Médicos, criado um sindicato.
    Vão trabalhar hoje e amanhã fiquem em casa, que é assim que se luta bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: