22 de Setembro de 2021 archive

No comments…

Quantas situações destas veremos se os concursos passarem para os municípios?

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/no-comments-2/

150 mil alunos com pelo menos um professor em falta

Problema tem vindo a agravar-se. Informática, Geografia, Física e Inglês são as disciplinas com mais horários por preencher. Lisboa, Setúbal e Faro os distritos mais afetados

150 mil alunos com pelo menos um professor em falta

Ainda que não seja um problema extensível a todo o país, a falta de professores continua a agravar-se em várias regiões e disciplinas: mais de 150 mil alunos do básico e secundário têm pelo menos um professor em falta no início deste ano letivo. O levantamento — feito a partir das listas de horários por preencher — é de Davide Martins, professor de Matemática no Agrupamento de Escolas Dr. Carlos Pinto Ferreira (Vila do Conde) e colaborador do blogue especializado em educação.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/150-mil-alunos-com-pelo-menos-um-professor-em-falta/

Lista de colocação – Substituições Temporárias 22/09/2021

Lista de colocação – Substituições Temporárias

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/lista-de-colocacao-substituicoes-temporarias-22-09-2021/

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE PROFESSORES RECLAMA JUNTO DE MINISTRA SOBRE ADSE

 

Na sequência da recente revisão das convenções da ADSE, nos últimos tempos, têm vindo a público toda uma série de notícias relativas a este subsistema de assistência na saúde dos trabalhadores da Administração Pública e seus familiares, que têm causado grave preocupação em muitos dos servidores
públicos nossos associados, os quais nos têm vindo a contactar pedindo-nos esclarecimentos e revelando o seu descontentamento pelo significativo acréscimo de despesas com que se irão confrontar. Traduzindo-se, na prática, na perda do respetivo poder de compra.
Além do mais, parte destes professores queixam-se de que ao tentarem marcar atos médicos, junto de alguns prestadores de saúde convencionados, os mesmos lhes referem telefonicamente que o ato fica agendado, mas não lhes precisam quanto ele irá custar, pois só no dia da sua realização ficarão a saber,
dependendo da modalidade e ao abrigo de que regime o mesmo será prestado.
Tais situações, além de configurarem uma total ausência de transparência, geram nas pessoas um clima de receios, de instabilidade e criam nos pacientes e suas famílias uma enorme insegurança, que urge acautelar.
A tudo isto acresce o facto de, há alguns anos atrás, ter aumentado consideravelmente o montante do desconto mensal dos trabalhadores para este subsistema de saúde, tendo tido a ADSE, no ano anterior, um acumulado de 140 milhões, aos quais acrescem poupanças de quase mil milhões de euros.
Em face do supra aduzido, a Federação Portuguesa de Professores solicitou – com caráter urgência – uma audiência, pessoal, com a Senhora Ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública de modo a poder obter os esclarecimentos que se mostrem pertinentes e representar, de viva-voz, os direitos e interesses dos professores seus associados, convictos da defesa da classe em geral.

Lisboa, 22 de setembro de 2021
P’la Direção Nacional
O Presidente
Filipe do Paulo

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/federacao-portuguesa-de-professores-reclama-junto-de-ministra-sobre-adse/

Cartoon do dia – 6200€ por aluno…

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/cartoon-do-dia-6200e-por-aluno/

Professores de Educação Física de escola de Guimarães recusam-se a dar aulas

 

Professores de Educação Física de escola de Guimarães recusam-se a dar aulas

Os professores de Educação Física da Escola EB 2/3 João de Meira, em Guimarães, recusam-se a dar aulas. Os docentes acusam a Câmara Municipal de ter sido informada e de não dar resposta aos problemas existentes no pavilhão. Para estes professores, a falta condições de segurança chegou a uma “situação limite”.

Os professores de Educação Física da Escola EB 2/3 João de Meira fizeram esta segunda-feira o anúncio à comunidade escolar que não irão lecionar aulas práticas da disciplina, devido às más condições do pavilhão da escola.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/professores-de-educacao-fisica-de-escola-de-guimaraes-recusam-se-a-dar-aulas/

Como aprender utilizando canais educacionais do YouTube e plataformas acadêmicas?

O avanço da tecnologia faz com que cada dia mais ferramentas digitais para auxiliar alunos, professores, pesquisadores e profissionais estejam disponíveis para uso.

Além de programas, softwares e ferramentas digitais em si, existem inúmeros sites e plataformas digitais acadêmicas que possuem uma função essencial no desenvolvimento, aprendizado e comunicação científica e educacional.

Há, por exemplo, diversas plataformas que oferecem serviços acadêmicos realizados por freelancers profissionais, como por exemplo aulas, plantões de dúvidas e até o acompanhamento e a realização de trabalhos.

Um grande exemplo disso é a www.mystudybay.com.br que oferece consultas às regras da ABNT, formatações em formatos acadêmicos oferecidas por profissionais certificados e até o acompanhamento para o desenvolvimento de projetos como TCC, iniciações científicas e diversos outros.

Logo, se limitar a aprender e estudar apenas de maneiras convencionais em pleno 2021 não é o mais indicado para seu sucesso acadêmico.

Óbvio que não é para deixar os tradicionais livros e artigos de lado, mas sim para se explorar outras possibilidades e vertentes de estudo que possam funcionar melhor para você.

Canais educativos no YouTube

O YouTube é uma das plataformas digitais mais acessadas de todo o mundo, contando com mais de 2 bilhões de usuários e cerca de 4 bilhões de vídeos executados todos os dias.

Ainda há estatísticas que mostram que a cada minuto, são vistas 300 horas de vídeos no YouTube, mundialmente.

Portanto é inegável, o YouTube é sim uma plataforma gigantesca que, atualmente, abriga diversos conteúdos. Então por que não utilizar o YouTube a seu favor para aprender coisas úteis?

Alguns canais nacionais e internacionais educativos do YouTube são:

VSauce

O primeiro canal que iremos citar é também um dos mais originais de todo o YouTube,  tendo sido criado e estabelecido em meados de 2010 pelo educador Michael Stevens.

Hoje, o bordão ‘’Hey VSauce, Michael here.’’ se tornou um dos mais populares e utilizados em toda a rede.

Em seu canal, Michael trata de maneira descontraída e lúdica de temas extremamente vastos, como por exemplo:

  • Física
  • Biologia
  • Percepção de tempo
  • Psicologia
  • Experimentos práticos
  • Matemática
  • Curiosidades

Logo, se você é uma pessoa curiosa ou apenas que busca um pouco mais de produtividade em frente a tela de seu computador, tente dar uma olhada nos conteúdos do Michael.

Kurzgesagt – In a nutshell!

Outro canal educativo sensacional presente no YouTube é o Kurzgesagt, que é um canal alemão, porém, cujos vídeos são editados todos em língua inglesa, visando a acessibilidade ao público.

O canal foi fundado por Philipp Dettmer e atualmente conta com cerca de 15 milhões de inscritos.

Atualmente é um canal tão reconhecido por seu conteúdo científico e também criação artística, que Philipp já trabalhou com diversas empresas renomadas, como:

  • Audi
  • Australian Academy of Science
  • Bill Gates Foundation

Ainda, no canal são abordados diversos temas, de maneira similar ao VSauce, tendo vídeos sobre biologia, psicologia, hábitos, evolução, degradação ambiental e educação.

Nerdologia

Quando falamos de divulgação científica de maneira lúdica, acessível e interativa no Brasil, não podemos deixar de falar do canal Nerdologia.

Idealizado pelo microbiologista Átila Iamarino, o canal se pautava inicialmente em análises científicas, físicas e biológicas de personagens e obras populares, assim como:

  • Como funciona o Omnitrix do Ben-10
  • As Individualidades de My Hero Academia
  • A Dobra de Raios de Avatar
  • A Poção do Amor de Rick And Morty

Logo, os vídeos de Átila são extremamente embasados cientificamente, porém, dialogam de maneira clara, simples, lúdica e ilustrativa com um público mais jovem, realizando um trabalho excepcional de divulgação científica e educação.

Ainda, atualmente o canal Nerdologia possui alguns segmentos:

  • Nerdologia Tech
  • Nerdologia História
  • Nerdologia Ensina

Cada um destes segmentos do canal possui suas próprias particularidades e especificidades. O Nerdologia História, por exemplo, conta com seu próprio apresentador; o historiador Felipe Figueiredo, que inclusive possui um podcast incrível chamado Xadrez Verbal.

Considerações finais

Existem diversas maneiras de se obter conhecimento na Internet, através de canais educativos, plataformas que oferecem aulas e serviços acadêmicos e utilizando de plataformas de busca de artigos científicos, como o Google Scholar.

Esta maneira de aprendizado é essencial para o seu desenvolvimento, sobretudo em um período de provas de vestibular, concursos e possibilidade de ingressar em uma universidade.

Portanto não perca tempo, se você precisa de aulas, plantões e até auxílio para desenvolver seus projetos, não deixe de conferir a MyStudybay

Se você está pensando em aprender de maneira mais lúdica e interativa, também não deixe de acessar os canais do YouTube citados aqui pois eles podem ser uma boa fonte de aprendizado.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2021/09/como-aprender-utilizando-canais-educacionais-do-youtube-e-plataformas-academicas/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: