E Para Quando a Mobilidade Por Doença?

Já se sabe que o despacho da Mobilidade por doença foi novamente colocado para audiência dos interessados, após negociação com as organizações sindicais.

Existem estes prazos que quando há interesse são cumpridos, mas não o foram quando da negociação do calendário escolar.

Já disse que desconfio deste interesse do Ministério da Educação para este atrasado da publicação deste despacho. Se a primeira proposta da Mobilidade por doença tinha quotas por agrupamento, a versão final, já negociada com os sindicatos, elimina essa quotas e permite voltar ao anterior modelo onde o professor faz uma opção por um único agrupamento e deixa de estar sujeito a essa quotas. Mas não será que este atraso na publicação do despacho mais não serve do que contornar essas quotas fazendo com que muitos professores não consigam o pedido de Mobilidade por doença por terem os seus médicos a gozarem as suas férias?

Qual a justificação para este atraso no pedido?

 

 

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/07/e-para-quando-a-mobilidade-por-doenca/

10 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,


  1. Eu se não puder até ao dia,15 deste mês levar o relatório médico para assinar, terei de arranjar outro médico. Não vai ser fácil….


  2. E os sindicatos, o que dizem?

    • alfredo on 4 de Julho de 2016 at 21:29
    • Responder

    Obrigado por relembrar isso. A situação é mesmo urgente e já nada o justifica! A audiência de interessados cessou a 26/6 de que estão à espera? Há médicos já em férias no SNS. Outros irão entrar nos próximos dias…

    • Helena on 5 de Julho de 2016 at 9:58
    • Responder

    Para os jornais, já!

      • Silva on 5 de Julho de 2016 at 16:15
      • Responder

      Conhece uma forma de fazer chegar esta notícia aos jornais?


      1. Hoje o diário de notícias faz capa com esta notícia.

    • Silva on 5 de Julho de 2016 at 16:11
    • Responder

    Se o ME estiver a protelar o pedido de mobilidade por doença com o intuito de os docentes terem os médicos de férias quando sair o diploma, está agindo de má fé. Assim sendo temos de agir. Como?Quem tem conhecimento nos jornais? Por favor, Temos de nos unir para que sejamos ouvidos.


  3. Informaram me que a dgae aguarda publicação do despacho para abrir a plataforma.
    Estejam atentos e vão marcando consulta nos vossos médicos para o final desta semana, mas principalmente para o indie da próxima.
    Boa sorte.


    1. Queria dizer início da próxima.


  1. […] visto que ouve negociação prévia com essas organizações, mas o mesmo não ocorreu com a Mobilidade por Doença e o documento negociado e aceite foi alvo dessa auscultação, com a justificação que a lei deveria ser […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog