13 de Julho de 2016 archive

Relatório Médico Disponível

Conforme mostra a imagem.

Entrar aqui com número de utilizador e palavra chave.

 

relatório médico

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/07/relatorio-medico-disponivel/

Mobilidade por Doença 2016/2017

Aberto o procedimento de mobilidade por doença da responsabilidade da Direção-Geral da Administração Escolar, a realizar numa só fase.

 

Despacho 9004-A/2016 de 13 de Julho

Mobilidade por Doença

Aviso de Abertura Mobilidade por Doença 2016/2017

 

Mobilidade por Doença 2016/2017 – Relatório Médico

Aplicação disponível até às 18.00h de Portugal Continental do dia 1 de agosto

md

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/07/mobilidade-por-doenca-20162017/

Mobilidade Estatutária Art.º 67 (13/07/2016)

Artigo n.º 67 n.º 2 alínea a).pdf

Serviços da administração central, regional ou local

Artigo n.º 67 n.º 2 alínea b).pdf

Estabelecimentos de ensino superior

Artigo n.º 67 n.º 2 alínea c).pdf

Educação ou ensino não estatal

Artigo n.º 67 n.º 2 alínea d).pdf

Federações desportivas

Artigo n.º 67 n.º 2 alínea e).pdf

Empresas dos sectores público, privado ou cooperativo

Artigo n.º 67 n.º 2 alínea f).pdf

Comissões e grupos de trabalho

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/07/mobilidade-estatutaria-art-o-67-13072016/

Reestruturação da Rede Escolar na Madeira

Basicamente é uma junção de escolas do pré-escolar com escolas do 1º Ciclo.

E em cada uma dessas escolas haverá um coordenador de estabelecimento que terá o mínimo de 10 horas para esse cargo e não terá turma atribuída.

Um bom exemplo que devia ser seguido no continente.

 
fusões madeira

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/07/reestruturacao-da-rede-escolar-na-madeira/

Afixados Hoje os Resultados dos Exames, E…

Alunos do secundário saíram-se pior a Português e Matemática e melhor a Biologia

 

 

Resultados da 1.ª fase dos exames nacionais do ensino secundário já foram divulgados. Dos oito exames com mais inscritos, foi a História A que correu pior: média nacional não passou dos 9,5.

 

exames2

 

Nesta quarta-feira é dia de os alunos portugueses saberem os seus resultados nos exames nacionais do ensino secundário. Em 22 disciplinas alvo de prova, 14 apresentam piores classificações médias do que no ano passado, sete melhoram e uma fica igual.

Vamos por partes. A média de Português (mais de 58 mil alunos fizeram o exame) baixou de 11 valores para 10,8 (numa escala que vai até 20) e a de Matemática A (quase 33 mil avaliados) de 12 para 11,2. Isto tendo apenas em conta os alunos internos (aqueles que frequentaram a escola ao longo de todo o ano 2015/2016), que são a esmagadora maioria dos avaliados.

Já Biologia e Geologia, outro dos exames com muitos inscritos, importante para aceder a muitos dos disputados cursos superiores de Saúde, melhora: a nota média passou de 8,9 para 10,1 valores.

Filosofia baixa ligeiramente, de 10,8 para 10,7. Enquanto a Física e Química os estudantes saíram-se melhor este ano: a média passou de 9,9 para 11,1 valores.

Continuando a olhar para o conjunto das oito provas com mais alunos inscritos, o melhor resultado global está no exame de Matemática Aplicada às Ciências Sociais (cerca de 7600 alunos): 11,4 valores de classificação média, contra, ainda assim, 12,3 no ano lectivo passado.

História A (com cerca de 14 mil inscritos) apresenta-se com o pior resultado nacional, das oito disciplinas com mais alunos: 9,5 valores, apenas, menos 1,2 do que no ano passado.

As classificações obtidas pelos alunos autopropostos (aqueles que fizeram exame mas não frequentaram a escola ao longo do ano, pelo menos até ao fim do ano) são, como acontece todos os anos, mais baixas em todas as “cadeiras”.

Os exames do ensino secundário servem para concluir esta etapa da vida escolar (contam apenas 30% para a nota final de cada disciplina do ensino secundário) sendo também usados como provas de ingresso ao ensino superior (cada instituição de ensino superior define que provas de ingresso exige e quais as notas mínimas que os candidatos a alunos devem ter).

Os dados fornecidos nesta quarta-feira pelo Ministério da Educação mostram feitas as contas às notas no exame e às atribuídas pelos professores ao longo do ano, foi a Matemática A que mais alunos não conseguiram o suficiente para passar: a taxa de reprovações foi de 15% entre os alunos internos, mais 4 pontos do que no ano lectivo passado.

Em relação a 2014/15 foram mais os alunos inscritos na 1.ª fase de exames (352.301, contra cerca de 344 mil) e menos os que faltaram (6%, menos um ponto percentual do que há um ano).

A 2.ª fase dos exames arranca para a semana, dia 19. Destina-se, por exemplo, a quem não tenham obtido aprovação na 1.ª fase ou a quem quer tentar uma melhoria de nota.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/07/afixados-hoje-os-resultados-dos-exames-e/

Só Para Lembrar que a Manifestação de Preferências Termina (MESMO) Hoje às 18 Horas

Depois de um alargamento no prazo em 24 horas.

 

E que existe uma operação essencial para se manterem em concurso.

 

SUBMETER AS PREFERÊNCIAS

 

E só ficam em concurso para a Contratação Inicial/Reserva de Recrutamento se colocarem a vossa palavra chave no fim de tudo.

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/07/so-para-lembrar-que-a-manifestacao-de-preferencias-termina-hoje-as-18-horas/

Opinião – Santana Castilho – Quando Deus é o mercado e a religião é o dinheiro

 

Teoricamente livres, usamos a nossa liberdade para permitirmos que nos condicionem. Tudo é mercadoria, educação inclusa. Preferimos estar sujeitos a mecanismos de controlo social a criar mecanismos de oposição ao sistema e de desenvolvimento de outro tipo de desejos: o desejo de visitar a vida, de cooperar com os outros.

Os sistemas de educação deixam as nossas crianças sem tempo para serem crianças. Porque lhes definimos rotinas e obrigações segundo um modelo de adestramento que ignora funções vitais de crescimento. O ritmo de vida das crianças é brutalmente acelerado segundo o figurino errado de vida que a sociedade utilitarista projecta para elas. Queremos que elas cresçam depressa. A pressa marca tudo e produz ansiedade em todos. Não lhes damos tempo para errar e aprender com os erros, quando o erro e a reflexão sobre ele é essencial para o desenvolvimento dos jovens. É a ditadura duma sociedade eminentemente competitiva e utilitária, mas pobre porque esqueceu a necessidade de formar os seus, também, pelas artes, pela estética e pela música.

Muitos dizem que temos a geração mais preparada de sempre. Mas será que temos? Ou será que temos, tão-só, uma geração com uma relação elevada entre o número dos seus elementos e os graus académicos que obtiveram? E preparada para quê? Para responder ao “mercado” ou para responder às pessoas? É que há uma diferença grande entre qualificar e certificar, preparar e diplomar.

(clicar na imagem) in Público

Santana Castilho

 

Link permanente para este artigo: http://www.arlindovsky.net/2016/07/opiniao-santana-castilho-quando-deus-e-o-mercado-e-a-religiao-e-o-dinheiro/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: