28 de Julho de 2016 archive

Por Incrível que Pareça

Há professores que já submeteram a sua candidatura, concorrendo em 2ª prioridade, e agora à tarde receberam a informação da escola que deviam concorrer por ausência da Componente Lectiva, 1ª prioridade.

 

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/07/por-incrivel-que-pareca/

Aplicação AEC – 2016/2017

AEC – “Atividades de enriquecimento curricular para o ano letivo 2016/2017”

 

 

AEC

 

 

Aplicação disponível a partir do dia 28 de julho de 2016

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/07/aplicacao-aec-20162017/

Sobre a constituição de turmas de Inglês no 1º ciclo…

No próximo ano letivo vamos assistir a mais uma aberração no 1º ciclo. As turmas mistas na disciplina de Inglês. Em turmas com dois anos de escolaridade os docentes do Grupo 120 vão ter que recorrer à diferenciação pedagógica, tal como já fazem os docentes do Grupo 110. Nem para uns nem para outros, esta opção, é a que favorece o trabalho a realizar com os alunos. Já para não falar nos “benefícios” que os alunos poderão ter com esta situação.

Para uma politica de sucesso, isto não é, nem nunca será a melhor opção…

Fica aqui uma troca de e-mails entre uma docente e a DGAE para melhor se compreender a situação…

 

Ex.mos Senhores

Venho por este meio questionar a legalidade e viabilidade da situação que de seguida passo a descrever:

Consta-se (já alguns diretores de Agrupamentos de Escola o adiantaram) que, no próximo ano letivo, as escolas pretendem juntar os alunos de 3.° e 4.° ano, provenientes de diferentes turmas mistas, para que o Inglês curricular seja lecionado pelo mesmo professor, à mesma hora, num total de 120 minutos semanais, nos dois anos/níveis.

Juntando-se os níveis (3º e 4º ano) cada professor teria que repartir a aula de 60 minutos, em 30 minutos para cada nível o que não vai ao encontro do que está preconizado na Matriz Curricular do 1º CEB que contempla, um mínimo de 2 horas ( 120 minutos) para cada nível.

Ora, tendo em conta que, como já foi referido acima, na Matriz Curricular do 1.° ciclo, a carga horária semanal atribuída à disciplina de Inglês é de 120 minutos para cada ano de escolaridade e tendo em conta a extensibilidade das Metas Curriculares, não esquecendo que se trata da lecionação de uma língua estrangeira, questiono a legalidade desta situação, caso se venha de facto a verificar.

Os alunos ficarão gravemente prejudicados, uma vez que na verdade apenas usufruirão, de metade da carga letiva a que têm direito.
Como poderão os alunos adquirir as competências necessárias para transitarem para o 5º ano?
A iniciação  de uma língua estrangeira é um assunto demasiado sério e misturar níveis no ensino curricular de uma língua estrangeira, nesta faixa etária, é prejudicial para estes alunos, que necessitam, claramente, do mínimo de 120 minutos em cada nível, para adquirirem as competências mínimas desejáveis, nomeadamente as competências do domínio da interação oral, da produção oral e da compreensão oral, que com dois níveis diferentes na mesma sala de aula e à mesma hora, serão muito difíceis, senão quase impossíveis, de trabalhar.

Os professores de Inglês estão plenamente conscientes de que a existência de turmas mistas é uma realidade no 1.° CEB, nomeadamente na lecionação das outras disciplinas curriculares, no entanto, essas disciplinas são lecionadas pelos professores titulares, em regime de monodocência, o que permite gerir a aula  e a diferenciação pedagógica de uma forma que não é possível fazer em aulas de Inglês com a duração de apenas uma hora cada.

Agradeço que tudo o exposto alerte Vossas Excelências para o grave prejuízo que esta situação (de junção de níveis na disciplina de Inglês) irá trazer para a aprendizagem e sucesso dos alunos que são a nossa preocupação.

Solicito um esclarecimento desta situação e que sejam tomadas medidas para que tal situação não se venha a verificar, sob pena de comprometer o processo de ensino e aprendizagem da disciplina de Inglês Curricular.

Atentamente

Pede deferimento,

A professora, XXXXXXXXXXXX

 

Exma. Sr.ª

 

Uma vez autorizada a constituição da turma formada por alunos de 3.º e 4.º anos de escolaridade, e tendo em consideração que a disciplina de Inglês faz parte integrante do currículo do 1.º ciclo, esta deve ser lecionada com recurso à diferenciação pedagógica, à semelhança das outras componentes do currículo lecionadas pelo professor titular de turma. No entanto, o diretor pode optar por dividir os alunos caso tenha recursos para o fazer, isto é, sem recorrer a contratação.

 

Note-se que esta questão se está a referir a uma turma “mista” com alunos matrículados em mais do que um  ano de escolaridade e não à associação de alunos provinientes de mais do que uma turma.

 

Atentamente,

XXXXXXXXXXXXXXX

Diretor de Serviços de Desenvolvimento Curricular

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/07/sobre-a-constituicao-de-turmas-de-ingles-no-1o-ciclo/

Aplicação e Manual do Utilizador Disponível para a Mobilidade Interna

Códigos de Agrupamentos de Escolas e Escolas não Agrupadas, Manifestação de Preferências MI – 2016/2017

Códigos das Escolas de Hotelaria e Turismo (EHT) e Horários disponíveis para MI – 2016/2017

Códigos de Estabelecimentos Militares de Ensino (EME) e Horários disponíveis para MI – 2016/2017

Manual de Instruções – Candidatura a Mobilidade Interna – 2016/2017

Protocolo de cooperação entre o Ministério da Defesa e o Ministério da Educação

Protocolo de cooperação entre o Ministério da Economia e do Emprego e o Ministério da Educação e Ciência

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2016/07/aplicacao-e-manual-do-utilizador-disponivel-para-a-mobilidade-interna/

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores:

x
Gosta do Blog