Ribeiro e Castro Demite-se da Comissão Parlamentar de Educação

Para continuar com graçolas enquanto presidente da comissão parlamentar de educação não se perdeu grande coisa.

 

Ribeiro e Castro demite-se da presidência da Comissão Parlamentar de Educação

 

Ex-líder centrista não explicou ainda as razões da decisão, dizendo apenas que tem que ver com o CDS-PP.

 

O deputado democrata-cristão Ribeiro e Castro renunciou neste domingo ao cargo de presidente da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura, alegando razões relacionadas com o seu partido, o CDS-PP.

“As razões da demissão que apresentei têm que ver com o meu partido. Lamento despedir-me desta forma, facto que fica a dever-se unicamente a um contratempo ocorrido no último dia em que estivemos reunidos e à circunstância de, entretanto, termos estado em período de campanha eleitoral”, afirmou Ribeiro e Castro, numa carta enviada aos colegas da comissão parlamentar, a que a Lusa teve acesso.

Contactado pela Lusa, Ribeiro e Castro não quis prestar declarações, por ser dia de eleições.

Na carta, José Ribeiro e Castro agradeceu aos coordenadores dos partidos da maioria PSD/CDS-PP “nunca terem questionado a independência” com que exerceu as suas funções na presidência da comissão.

Segundo indica na carta, a demissão de presidente da Comissão Parlamentar de Educação tem efeitos a partir desta segunda-feira, dia 30 de Setembro.

Link permanente para este artigo: https://www.arlindovsky.net/2013/09/ribeiro-e-castro-demite-se-da-comissao-parlamentar-de-educacao/

1 comentário

    • Ana Margarida Valada on 30 de Setembro de 2013 at 17:50
    • Responder

    A demissão terá certamente a ver com os apoios aos colégios privados, vulgo cheque ensino. Portas é o pai da medida. provavelmente virão outras por aí semelhantes e Ribeiro e Castro não terá gostado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Seguir

Recebe os novos artigos no teu email

Junta-te a outros seguidores: